Obra foi um divisor de águas na indústria de TV a cabo

Hoje em dia o canal, e agora serviço de streaming, HBO é mundialmente conhecido pela qualidade ímpar nas produções; sejam elas séries, filmes ou documentários. Esse status é sempre perceptível pelo visual das obras (sejam em escalas gigantescas como Game of Thrones ou menores como em True Detective) e pela presença tarimbada de nomes do primeiro escalão de Hollywood.

Ainda assim, a HBO não nasceu essa força consagrada, muito pelo contrário. A tecnologia de TV a cabo foi criada ainda nos anos 50 como uma forma de levar a transmissão televisiva para comunidades do interior. Sua função era facilitar a transmissão de alguns canais para esses pontos isolados, que por si só não possuíam suas próprias estações. Em 8 de novembro de 1972, com a tecnologia a cabo tendo progredido um pouco mais, foi lançada a HBO.

Sua proposta foi revolucionária para a época: oferecer o primeiro canal pago da televisão, no conceito de “canal premium”, em que ao se tornar assinante o espectador não mais precisaria enfrentar hordas de comerciais e as produções originais teriam mais liberdade criativa, sem precisar se sujeitar à processos de censura. Pouco depois eles também utilizariam a nova tecnologia de transmissão via satélite (que nos anos 80 seria a essencial para o nascimento de outros canais a cabo como a CNN).



Foi seguindo essa linha de liberdade criativa somada à renda que vinha de assinantes, que a HBO iniciou a produção, no início dos anos 80, do seu primeiro longa: A Força de um Campeão. O roteiro foi assinado por Edward Hume, que tinha como obra mais recente até então o impactante The Day After que conta a história de como uma tensão entre as forças da OTAN e do Pacto de Varsóvia escalonam em direção a uma guerra nuclear. 

A saga por superação de Terry Fox foi inspiração para o primeiro filme da HBO.

A direção ficou com Ralph L. Thomas, brasileiro de nascimento, mas criado no Canadá, cuja carreira, de maneira similar a Hume, tem ligações estreitas com a televisão. O diretor então assumiu o novo projeto tendo no currículo um prêmio de melhor filme concedido no Genie Awards (o equivalente canadense do Oscar) à sua obra anterior, Ticket to Heaven.

Aproveite para assistir:

A trama de A Força de um Campeão gira em torno da história real do corredor canadense Terry Fox que, após receber a notícia de que um tumor se desenvolveu em seu joelho direito, é obrigado a passar por uma cirurgia de amputação do membro. Em 1980 ele decide correr utilizando uma prótese a Maratona da Esperança, cujo percurso árduo passava por boa parte do território do Canadá e tinha o objetivo de angariar fundos para a pesquisa do câncer.

O esforço empregado na maratona acelerou seu quadro clínico que se deteriorava e, em 1981, Terry Fox faleceu aos 22 anos. Após seu lançamento, A Força de um Campeão foi saudado pelo respeito demonstrado à memória de Fox e, principalmente, viabilizando futuras produções da HBO. Por ser uma coprodução EUA – Canadá, o filme também foi nomeado à oito Genie Awards e ganhou seis.  



 

Comentários

Não deixe de assistir: