De acordo com o Comic Book, mais de 1.500 galões de sangue foram usados durante as gravações de ‘A Morte do Demônio – A Ascensão‘, do diretor Lee Cronin.

Como os fãs já sabem, a franquia de terror é uma das mais sangrentas do gênero, e o novo título promete ultrapassar os limites estabelecidos anteriormente.

Em seu perfil do Twitter, Cronin já havia dito que foram gastos 6.500 litros de sangue falso durante a produção, que foi finalizada no último fim de semana.

Além disso, o cineasta também compartilhou novas imagens sangrentas dos bastidores.



Confira:

“Oito meses, uma quarentena de COVID, 6500 litros de sangue e mais memórias do que o meu cérebro pode processar. Terminamos as filmagens do novo ‘A Morte do Demônio’. É hora de voltar para casa e começar o processo de edição,” revelou Cronin.

Aproveite para assistir:

A trama seguirá duas irmãs distantes, interpretadas por Alyssa SutherlandLily Sullivan, cujo reencontro é interrompido quando demônios são libertados, colocando-as em uma batalha primitiva pela sobrevivência enquanto enfrentam a versão mais terrível de família que se pode imaginar.



Gabrielle Echols (‘Caminhos da Memória’), Morgan Davies (‘O Caçador) e Nell Fisher completam o elenco.

Sam RaimiBruce Campbell, diretor e astro, respectivamente, da trilogia original, serão os produtores da nova versão.

Em 2013, o aclamado cineasta Fede Alvarez investiu em um remake que, arrecadou US$ 100 milhões pelo mundo, a partir de um orçamento de US$ 16 milhões. Além disso, garantiu uma recepção sólida pela crítica especializada, acumulando 62% de avaliações positivas no Rotten Tomatoes.

Não deixe de assistir: