O tóxico relacionamento entre Johnny DeppAmber Heard já se estende por quase três anos e, ao que tudo indica, essa tumultuada disputa entre os dois atores está longe de acabar.

Agora, segundo o ComicBook.com, Heard (que é conhecida por seu papel como Mera em Aquaman) pode ser presa por falsificação de evidências contra Depp. As novas alegações indicam que a atriz forjou os ferimentos que culminaram na conquista de sua ordem de restrição e, caso isso seja verdade, a justiça norte-americana pode encarcerá-la por três anos.

Recentemente, novas mensagens trocadas entre o ex-casal mostraram declarações de amor proferidas pelos dois, em conversas particulares com o agente Christian Carino.

Na transcriação, Depp revelou seu grande amor por Heard, afirmando que estaria disposto a resolver os problemas:

“Parece um sonho e um pesadelo de uma vez só, foi difícil não morrer quando nossos olhos se encontraram. Eu não tenho escolha a não ser mergulhar na piscina dos seus olhos verdes. Eles representam cada milissegundo que nós tivemos. Sinto falta dela. Eu a amo. Sempre amarei, assim como ela também. Houveram algumas dificuldades que tivemos que engolir, mas ou nós engolimos ou nos engasgamos”.

Em outra mensagem, Depp comenta sobre o seu desejo de um recomeço:

“O que eu queria era um novo começo com a minha esposa, o que eu achava que ela também queria. Ela deveria fazer o que realmente quer…Se sua prioridade não é nós, então eu seguirei em diante com o que preciso fazer. Não vou insistir mais”.

Já em uma de suas mensagens, Heard comentou com Carino como toda a confusão estaria lhe trazendo muito sofrimento:

“Eu tenho medo de estar caindo de novo. Foi tão difícil deixá-lo, eu passei por coisas demais. E eu não vejo futuro nisso. E todas as vezes que o vejo é como se meu peito se rasgasse e cada pedaço da minha alma estivesse destruído no chão. Desde quando o vi em São Francisco, eu estou um caco. Eu, literalmente, tenho chorado o dia todo e à noite toda”.

Não há nenhuma comprovação oficial de que tais transcrições seriam genuinamente de mensagens trocadas entre os atores e seu agente, portanto, trate tudo como rumores.

Aproveite para assistir:

 

 

Enquanto isso, os fãs de Depp continuam divulgando um abaixo-assinado para que Heard seja demitida de ‘Aquaman 2‘ por conta da disputa judicial.

O abaixo-assinado pede que a intérprete de Mera seja substituída por outra atriz na sequência.

Publicado no Change.org, o documento ultrapassou 375.000 assinaturas, e parece estar ganhando força.

Confira na íntegra o pedido dos criadores:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. Em seu processo de U $ 50 milhões, Johnny Depp descreve muitos incidentes de abuso doméstico que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa Amber Heard, incluindo um incidente em que ela o socou duas vezes no rosto e outro em que quebrou o dedo com uma vodca garrafa, e seu dedo teve que ser recolocado cirurgicamente. Ele carregará a cicatriz disso pelo resto da vida. 

Amber Heard também foi presa em 2009 por abusar de uma ex-parceira doméstica, Tasya Van Ree, demonstrando um padrão repetido de abuso por Amber Heard.

Desde o divórcio de Heard e Johnny Depp, ela tem sistematicamente criado uma jornada para arruinar Depp em Hollywood, repetindo vários relatos de incidentes falsos nos quais ela havia realmente abusado de Johnny Depp, mas mentiu e criou relatos falsos de que ele era o agressor. Sobre o incidente durante o qual ela quebrou os ossos no dedo de Johnny Depp e quase o esfaqueou, fazendo com que Depp necessitasse de uma cirurgia para recolocá-lo e repará-lo, Heard apresentou uma história falsa alegando que ele próprio cortou o dedo, mergulhou-o em tinta e rabiscou obscenidades por todas as paredes. 

Da mesma forma, Heard relata incidentes fabricados de Johnny Depp batendo na cara dela quando ela, de fato, o deu um soco. Embora a equipe e os vizinhos do prédio onde ela morava relatassem não ter visto marcas no rosto nas horas e dias depois que ela diz que Johnny Depp havia batido nela, ela apareceu no tribunal seis (6) dias depois com hematomas no rosto, pedindo uma ordem de restrição temporária, que foi concedida. Fotos de Heard desde o dia seguinte mostram seu rosto cheio, sem maquiagem e sem um hematoma.

Como Amber Heard é uma abusadora doméstica conhecida e comprovada, a Warner Brothers e a DC Entertainment devem demitir Heard de Aquaman 2. Eles não devem ignorar o sofrimento das vítimas de Heard e não devem fascinar um agressor doméstico. 

Os homens são vítimas de violência doméstica, assim como as mulheres. Isso deve ser reconhecido e devem ser tomadas medidas para impedir que uma agressora conhecidaseja celebrado na indústria do entretenimento.

Faça a coisa Certa. Demita Amber Heard de Aquaman 2.” 

A sequência tem estreia marcada para dezembro de 2022.  

Lançado em 2018, ‘Aquaman‘ arrecadou US$ 1,148 bilhão pelo mundo, tornando-se um dos maiores sucessos financeiros da DC em parceria com a Warner Bros.

Assista à nossa crítica:

Comentários