Finalmente, uma comédia de verdade com sabor de originalidade. Depois de sermos mentalmente violentados com algumas baboseiras nacionais do gênero que invadiram o cinema, podemos respirar aliviados com a estréia de Amor a Toda Prova (Crazy, Stupid Love), o novo filme da dupla Glen Ficarra e John Requa.
Calcados em uma premissa até batida – nerd, caretão que foi trocado por outro pela mulher que muda radicalmente de estilo depois de ser “treinado” por um expert em sedução -, os diretores conseguem construir cenas bem originais e realmente engraçadas com o grande suporte dos diálogos criativos do roteirista Dan Fogelman e das atuações perfeitas do elenco estelar que se encaixou como uma luva em seus papéis.

Steve Carrel, excelente como o nerd; Juliane Moore, linda e perfeita como a esposa e Ryan Gosling, soberbo como o professor sedutor, são os alicerces que nos guiam para uma deliciosa equação de risos que ainda conta com participações excelentes de Kevin Bacon, Marisa Tomei e Emma Stone.


Assim sendo, nada contra o cinema nacional, pelo contrário, acho apenas que filmes como esse deveriam servir de inspiração para as próximas produções brasileiras não duvidarem da inteligência do espectador e parassem de os lobotomizar devido à preguiça de exercitar mais os neurônios dos donos das carapuças.

 

Aproveite para assistir:

 

 

Crítica por: Rod Carvalho

 


 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE