Cuidado: muitos spoilers à frente.

Stranger Things retornou recentemente com uma quarta temporada bombástica e que, apesar dos deslizes, respondeu diversas questões sobre a mitologia arquitetada pelos Irmãos Duffer. Agora, estamos ansiosos para assistir ao quinto e último ciclo dessa saga oitentista que vem encantando fãs desde 2016.

Mas o que podemos esperar dos episódios finais?

Para aqueles que não se recordam, o principal antagonista da iteração foi Vecna (Jamie Campbell Bower) que, como descobrimos, foi responsável por “enviar” as criaturas do Mundo Invertido para Hawkins, assolando a cidade e causando inúmeras mortes. Mais do que isso, Vecna, antes de se transformar no monstro como o conhecemos, foi a primeira criança admitida no laboratório do Dr. Brenner (Matthew Modine) e tem uma longa história com Eleven (Millie Bobby Brown). E, nesse meio tempo, Hopper (David Harbour) e Joyce (Winona Ryder) se reencontram na prisão da União Soviética, depois de lutarem contra Demogórgons; metade da nossa equipe protagonista vai até o Mundo Invertido e, aparentemente, destrói Vecna – abrindo espaço para diversas linhas narrativas.


Dessa forma, a presente matéria procura explorar o que poderemos ver no futuro da série, incluindo possíveis tramas e como será o season finale.

ONDE ESTÁ VECNA?


Aproveite para assistir:



No último episódio, Eleven e seus amigos conseguem destruir Vecna – ou é o que pensamos. Apesar de ter sido totalmente queimado pelas mãos de Nancy (Natalia Dyer), Robin (Maya Hawke) e Steve (Joe Keery), o corpo do vilão simplesmente desapareceu. E os esforços, aparentemente, foram em vão, considerando que ele conseguiu cumprir o objetivo de abrir quatro portais em Hawkins e dar início ao plano de fundir ambas as dimensões e pintar o mundo a seu bel-prazer. Não é surpresa que a cena final da 4ª temporada tenha revelado uma nuvem avermelhada gigantesca se erguendo da cidade e prenunciando o que parece ser o fim do mundo.

Com um gancho tão gigantesco quanto este, é apenas normal que estejamos animados para ver a conclusão da saga. Afinal, enquanto boa parte dos moradores de Hawkins estão fugindo dessa ameaça inexplicável, Eleven e os outros retornaram para lá para finalmente combaterem o mal que se aproxima – mergulhando de cabeça em uma batalha final de proporções épicas e que pode trazer diversas despedidas tocantes (de personagens principais, quem sabe, e não apenas de participações pontuais que parecem descartáveis como um pedaço de plástico).


Por enquanto, é impossível ter certeza do que vai acontecer. Mas alguns elementos espalhados pelos episódios nos dão alguma pista do desenrolar da trama.

STEVE, O MÃO SANGRADA

Pode parecer estranho abrir um tópico apenas para Steve Harrington nesta matéria – mas acontecimentos envolvendo seu arco podem ter dado margem para uma importância inestimável na batalha contra as forças do Mundo Invertido.

No sexto episódio, “The Dive”, Steve, Robin, Nancy, Eddie (Joseph Quinn) e vários outros estão em busca de receptáculos eletromagnéticos que indiquem entradas para o Mundo Invertido e canais através dos quais Vecna consegue coletar suas vítimas. O grupo, então, encontra uma dessas fendas no lago de Hawkins – e, durante a exploração, Steve é arrastado para a outra dimensão. Antes de Robin, Nancy e Eddie mergulharem para ajudá-lo, ele é atacado por um enxame de criaturas que se assemelham a morcegos, que mordem pedaços de seu corpo antes de serem afugentados pelos outros. Felizmente, Steve não morre, mas a breve sequência pode ter premeditado a aparição de um personagem do clássico jogo ‘Dungeons & Dragons’: Kas, o Mão Sangrada.

E por que pensamos nisso? Ora, Kas, no cânone do jogo, foi, por muitos anos, servo leal de Vecna. Entretanto, ele eventualmente o traiu, convencido pelo poder da própria espada a destruí-lo e usurpar seu poder. Mas isso não é tudo: depois de vagar pelo multiverso, ele entrou em contato com o Plano da Energia Negativa e se tornou um vampiro – mudando seu nome para Kas, o Destruidor.


Isso significa que Steve irá se transformar em um vampiro? Não necessariamente. Porém, não podemos descartas nenhuma possibilidade da mente frenética dos Irmãos Duffer, que podem torná-lo uma criatura que lidou diretamente com as criaturas do Mundo Invertido e que ganhou algumas habilidades essenciais no embate contra Vecna – motivo pelo qual tem grandes chances de ser uma das peças-chaves na próxima temporada.

O QUE OS OLHOS NÃO VEEM

Uma das personagens que mais sofreu no quarto ciclo foi, sem sombra de dúvida, Max (Sadie Sink). Além de lidar com a morte brutal do irmão, Billy (Dacre Montgomery), que foi dilacerado pelo Devorador de Mentes, ela enfrenta as consequências de um trauma atormentador e vira alvo de Vecna pela culpa que carrega de tê-lo deixado morrer. Por várias vezes, ela se vê presa no Mundo Invertido, prestes a ser consumida pelos poderes obscuros do antagonista – e, eventualmente, sente a energia ser drenada de seu corpo e morre. Cabe a Eleven tentar salvá-la, custe o que custar, e, como vemos no season finale, Max volta à vida, mas entorpecida em um coma profundo, com os membros quebrados (e a visão bastante comprometida, provavelmente).

Sink fez um trabalho ótimo como a icônica e adorada personagem, caindo no gosto do público e da crítica por seu carisma rebelde e sua apaixonante personalidade. Logo, livrar-se dela seria um movimento ousado e quebraria o coração de muitos espectadores – o que nos leva a refletir que Max pode ter um papel significativo no próximo ciclo. Por ser a única a ter sido atacada por Vecna e “sobrevivido” para contar a história, Max pode voltar com habilidades que a ajudem a traçar um plano de combate contra o vilão (ou até mesmo alguns poderes psíquicos reminiscentes de Vecna). Como já dito, ainda é muito cedo para confirmar quaisquer dessas teorias – mas não custa nada imaginar o que nos espera no vindouro ano.

E você? O que acha que vai acontecer na próxima temporada?


Não deixe de assistir: