SAIR, FICAR

Estamos chegando ao final. Vamos mudar a dinâmica, dedicando um texto para cada um dos eps. finais.

O ep. 09 é menos “intimista” do que o 07. Dylan (Max Thieriot) levou um grupo para se hospedar no Motel, agradando Norma (Vera Farmiga). Contudo, ela fica histérica ao ver o grupo fumando um beck! Hum, hum! Na verdade, esse grupo é responsável pelo refino da droga produzida pelos chefes de Dylan.

Bates Motel 1


Norma gira como um pião. Ela busca desesperadamente uma tentativa de sair da cidade. Pesquisa os locais mais seguros dos Estados Unidos, tenta conseguir reaver o dinheiro do Motel, etc. Seu desespero cresce com as ameaças sutis de Jake Abernathy (Jere Burns). Ameaças que deixam de ser sutis no final do ep., quando Jake exige que Norma entregue o dinheiro da venda das escravas. Ela não tem a menor ideia de onde está essa pequena fortuna. Mas, Norma não seria ela mesma sem prometer entregá-lo. Ora, porra, essa mulher tem o que na cabeça??!! Não, olha, eu digo, uma forma eficiente de humanizar uma personagem é expondo sua burrice!

Alguns vão dizer que ela não tinha alternativa com uma arma no pescoço. Mas, Norma não prometeu entregar o dinheiro por isso apenas. Ela falou porque sempre acha que encontrará um jeito de resolver tudo. Ela é estúpida. Por isso humana!

Aproveite para assistir:

A vontade de Norma de mudar de cidade foi recusada por Norman (Freddie Highmore). Esse diálogo foi um dos grandes momentos da séria. O esforço de Norman para confrontar a mãe, a indignação e vitimização desta. Repito, a série alcança o topo nos conflitos desses dois.

Bates Motel 6

Ao menos neste ep., Norman teve bom desempenho escolar. SIM! Sua professora elogiou sua redação, ajudou a melhorá-la, estimulou sua publicação, orientou que ele omitisse a publicação de sua mãe para que não houvesse confusão e rolou uma tensão sexual entre eles. Enfim, nada de anormal na vida de Norman Bates.

Mereceram destaques as relações entre Dylan e Bradley (Nicola Peltz). Começa a rolar um clima. Mas, aposto que isso trará prejuízos à Dylan. Afinal, diante de uma mulher fatal, até o homem mais maduro e cínico torna-se fundamentalmente um nerd virgem.

Bates Motel 4

Mas, o momento deboche do ep. vai para Emma (Olivia Cooke). Trabalhando na recepção do motel, foi orientada a impedir o fumo no motel. Acontece que acaba rolando um clima entre ela e o hospede, que lhe deixou um bolinho de presente. O problema, o bolinha estava com maconha. Já está entre a galeria de momentos antológicos Emma lombrada!

Foi um ep. muito bom, mas acima de tudo, revelador das personalidades de Norma e Norman. Agora é aguardar o ep. 10. Que os roteiristas não decepcionem!

Bates Motel 3


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE