Britney Spears é uma das popstars mais conhecidas do planeta – e dona de alguns hits memoráveis das últimas décadas, como “I Wanna Go”, “Toxic” “…Baby One More Time”.

Depois de um complicado período que teve em função de sua saúde mental, a artista voltou aos holofotes, mas não do jeito que podemos imaginar: na verdade, Spears foi a mais recente celebridade a ser tachada de comunista depois de uma postagem em seu Instagram oficial que pedia por greves e por distribuição de renda em meio ao surto do coronavírus.

Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Communion goes beyond walls 🌹🌹🌹

Uma publicação compartilhada por Britney Spears (@britneyspears) em

A foto postada traz uma frase da escritora Mimi Zhu, que diz o seguinte:

“Durante este período de isolamento, precisamos de conexão mais do que nunca. Ligue para as pessoas amadas, escreva cartas de amor virtuais.Tecnologias como comunicação virtual, streaming e broadcasting são parte da nossa colaboração comunitária. Nós vamos aprender a amar e abraçar uns aos outros pelas ondas da internet. Nós vamos alimentar uns aos outros, redistribuir riquezas, fazer greves. Nós vamos entender a própria importância de continuar no lugar em que estamos. A comunhão se move para além de muros. Nós ainda podemos ficar juntos.”

Não demorou muito para que algumas pessoas começassem a chamá-la de “camarada Spears”, fazendo menção ao partido comunista da extinta União Soviética. O canal FOX News, declaradamente apoiador da ideologia direitista, foi além nas especulações e falou em rede nacional que os emojis utilizados na publicação eram mais do que meramente ilustrativos.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE