Assustador é pouco pra definir esse filme semi-independente que ganhou os cinemas do mundo todo em poucas semanas. Acompanhamos Heather, Josh e Mike durante as filmagens na floresta e compartilhamos cada gota de suor frio escorrendo pela testa, cada grito de pavor e desespero dos personagens. O clima de tensão e suspense criado é tão grande que chega a deixar os espectadores sufocados. A direção (em clima de vídeo amador) colabora pra essa sensação.

E tudo culmina naquele final (sem dúvida o ponto alto do filme), de deixar intrigado até o mais cético espectador. Tanto é, que a cena final foi indicada como Melhor Cena de Ação no MTV Movie Awards 2000.


Blefe ? Farsa ? Mentira ? Não… A Bruxa de Blair é “apenas” um filme de terror genial com uma campanha de marketing idem (e simples também, cujo único meio de propagação foi a Internet).

É um filme único, onde o medo impera 

Aproveite para assistir:

 

Crítica por: Diego Sapia Maia

 

 


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE