‘Cine Holliúdy 2’ desbanca a Marvel no Ceará e lidera ranking de público no estado

‘Cine Holliúdy 2’ desbanca a Marvel no Ceará e lidera ranking de público no estado



Em cartaz nos cinemas do Nordeste e de Brasília desde 21 de março, ‘Cine Holliúdy 2 – A Chibata Sideral‘ fechou o primeiro final de semana com números promissores.

Pelo quinto dia consecutivo, o longa lidera o ranking de público no Ceará, à frente de ‘Capitã Marvel‘. Mais de 50 mil espectadores já foram aos cinemas do estado conferir a comédia, que tem a média de público por sala de 1483 pessoas. Protagonizado por Edmilson Filho e dirigido por Halder Gomes, o longa estreou em 89 telas e fez quase 50% das bilheterias cearenses. Dentre todos os filmes em cartaz, foi o único com crescimento em relação ao domingo: um salto de 21%.

O público acumulado em todas as praças em que o filme está em exibição é de 70 mil espectadores. No circuito geral, ‘Cine Holliúdy 2‘ também se destaca com a melhor média por sala do país (264 pessoas por sala) e aparece em quarto lugar no ranking.

No dia 4 de abril, o longa chega às salas do Sudeste e Norte do país, em praças como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Manaus, Belém e Rio Branco.

O editor-chefe Renato Marafon entrevistou o diretor Halder Gomes e os astros Edmilson Filho e Samantha Schmütz. No vídeo, eles explicam as gírias e as palavras “cearenses” do vocabulário riquíssimo do Ceará, que é uma das coisas mais engraçadas do filme. Mama na Égua! 

Assista:

Aproveite para assistir:


Crítica | Cine Holliúdy 2 – A Chibata Sideral – Humor porreta que faz gargalhar sem ofender 

“Nós temos uma história que é nossa e nunca foi contada nos cinemas”. É com esse lema em mente que Francis decide abraçar uma nova missão. Sem rumo e desolado por ter que fechar as portas de seu Cine Holliúdy, ele tem uma experiência alienígena e se depara com um disco voador. Envolvido com a situação, Francisgleydisson decide fazer um filme em que Lampião enfrenta extraterrestres. Para integrar o elenco, convoca os moradores de Pacatuba e recorre aos duvidosos Prefeito Olegário (Roberto Bomtempo) e primeira-dama Justina Ambrósio (Samantha Schmütz).

“E, no Ceará, filme de ET não tem medo de concorrência hollywoodiana não. Pense numa produção de sucesso de bilheteria medonha. Muito maior do que aquele calango véi (sic). Como é o nome? Godzilla”, promete Francis no vídeo.

Totalmente falado em “cearensês”, o primeiro filme foi exibido com legendas em português para traduzir o amplo vocabulário regional, e levou mais de 500 mil brasileiros aos cinemas.

O filme já está em exibição nos cinemas.



COMENTÁRIOS