Por conta da Pandemia do Coronavírus, diversas redes de cinemas pelo mundo foram obrigadas a fechar as portas para evitar a propagação da doença.

Uma delas foi a Cinemark, que encerrou suas atividades desde 16 de março nos EUA e na América Latina.

No entanto, como o contágio está sendo controlado em alguns países, o cenário pode ser mais otimista pelos próximos meses.

Durante uma entrevista para o The Hollywood Reporter, Mark Zoradi, presidente da Cinemark, disse que os cinemas da rede ao redor do mundo (incluindo o Brasil) devem voltar a funcionar a partir do dia 1º de julho de 2020.

“O retorno à normalidade pode demorar vários meses devido aos limites impostos pelos governo locais, horários de trabalho reduzidos e o distanciamento social.”, disse Zoradi. “Além disso, as pessoas ainda terão medo de sair de casa por um bom tempo. Não temos certeza absoluta, mas estamos planejando de um a três meses para retomar nossas atividades a partir de 1º de julho.”

Em junho, a companhia vai recontratar os funcionários suspensos para adiantarem os preparativos da reabertura com a exibição de títulos já lançados nos últimos meses.

Um retorno financeiro imediato pode não ser uma garantia, mas Zoradi está confiante que os amantes de filmes vão retornar aos cinemas de forma gradual.

“As pessoas estão ansiosas para aproveitar uma forma de entretenimento fora de casa. Acreditamos que conteúdos cinematográficos de qualidade vão atrair o público ao longo dos meses após a reabertura.”

Lembrando que o Coronavírus já infectou mais de 2,6 milhões de pessoas pelo mundo, deixando pelo menos 183.000 mortos. No Brasil, há mais 46.000 casos confirmados.

Aproveite para assistir:

A Agência Saúde, do governo nacional, emitiu as seguintes medidas de precaução:

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar bem as mãos (dedos, unhas, punho, palma e dorso) com água e sabão, e, de preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las. Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, teclados, cadeiras, maçanetas, etc. Para a limpeza doméstica recomenda-se a utilização dos produtos usuais, dando preferência para o uso da água sanitária (em uma solução de uma parte de água sanitária para 9 partes de água) para desinfetar superfícies.

Utilizar lenço descartável para higiene nasal é outra medida de prevenção importante. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas. Para a higienização das louças e roupas, recomenda-se a utilização de detergentes próprios para cada um dos casos. Destacando que é importante separar roupas e roupas de cama de pessoas infectadas para que seja feita a higienização à parte. Caso não haja a possibilidade de fazer a lavagem destas roupas imediatamente, a recomendação é que elas sejam armazenadas em sacos de lixo plástico até que seja possível lavar.

Além disso, as máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus. Também é importante que as pessoas comprem antecipadamente e tenham em suas residências medicamentos para a redução da febre, como ibuprofeno e paracetamol, controle da tosse, como xaropes e pastilhas, além de medicamentos de uso contínuo. Produtos de higiene também devem ser comprados e armazenados como uma medida de prevenção. No caso das crianças, recomenda-se que os pais ou responsáveis, adquiram fraldas e outro produtos em uma maior quantidade para que se evite aglomerações em supermercados e farmácias.

 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE