A pandemia do Coronavírus pelo mundo afetou o cinema de uma maneira inédita na história. De acordo com o The Hollywood Reporter, estima-se que a indústria do entretenimento pode gerar aproximadamente 120.000 demissões, e que toda a indústria está tentando se adaptar à nova realidade, mas é uma situação assustadora.

Mais de 30 filmes tiveram seus lançamentos adiados, e mais estão por vir.

Porém, a produção que mais sofreu foi a adaptação de Bloodshot.



O filme arrecadou apenas US$ 9,1 milhões em seu primeiro final de semana nos EUA, pois causa da pandemia, que foi responsável pelo fechamento da maioria dos cinemas do país.

No mercado internacional, a produção se saiu um pouco melhor, com US$ 15.1 milhões através de 50 mercados (conquistando o topo em metade deles), totalizando uma estreia global de US$ 25.6 milhões.

E foi isso. Após a primeira semana do filme, os cinemas começaram a fechar suas portas e a arrecadação estancou. Com um orçamento de US$ 45 milhões, o filme precisava faturar no mínimo US$ 135 milhões para se pagar – o que não vai acontecer.



“O resultado foi causado por uma época desafiadora, marcada pelo fechamento de diversos cinemas em múltiplos mercados”, afirmou a Sony Pictures.

Aproveite para assistir:



Agora, o estúdio adota uma estratégia parecida com a da Universal Pictures e anunciou que a adaptação de ‘Bloodshot‘ será lançada antecipadamente no formato digital.

Tentando remediar os danos, a Sony irá disponibilizar a compra digital de ‘Bloodshot‘ a partir do dia 24 de março, a um preço de US$19,99.

Em declaração, a Sony afirmou:



“A Sony Pictures está comprometida com a exibição nos cinemas e nós apoiamos o tempo de espera [para o lançamento digital]. Essa é uma situação sem precedentes em que os cinemas do país se encontram fechados e ‘Bloodshot’ está inalcançável ao público. Os espectadores agora terão a chance de comprar o filme e vê-lo em casa, onde nós devemos passar O tempo. Estamos confiantes que – como outros negócios que foram atingidos de forma pesada pelo vírus – os cinemas voltarão com ainda mais força, e nós estaremos lá para apoiá-los.”

Confira nossa crítica e a entrevista com Vin Diesel:

O longa já está em exibição nos cinemas nacionais!

Uma bala atravessando a cabeça de sua esposa é tudo o que Ray Garrison (Vin Diesel) consegue ver antes de sua morte. Quando acorda, também se torna a única coisa que consegue se lembrar. Garrison não está morto, mas também não está vivo da forma tradicional. Ray acabou sendo utilizado como cobaia para o experimento do Dr. Emil, que substituiu seu sangue por uma nano tecnologia que lhe permite se recuperar de graves lesões. A partir desse momento, Ray Garrison se torna o poderoso Bloodshot, uma máquina de matar que tenta se lembrar de seu passado e buscando vingança por acontecimentos recorrentes em seus pensamentos.

O elenco ainda conta com Eiza Gonzalez, Toby Kebbell, Michael SheenTalulah Riley, Alex Hernandez e Sam Heughan.



Dirigido por Dave Wilson, o longa é baseado nos quadrinho homônimo criado por Kevin VanHook, Yvel Guichet, Don Perlin e Bob Layton.

Comentários

Não deixe de assistir:

🚨 INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE 🚨http://bit.ly/CinePOP_Inscreva

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE