terça-feira, julho 23, 2024

‘Coringa 2’: Joaquin Phoenix e Lady Gaga receberão cachê MILIONÁRIO para a sequência; Saiba quanto!

Joaquin Phoenix vai retornar em ‘Joker: Folie à Deux’ (‘Coringa: Loucura a Dois’), sequência do visceral Coringa‘, após uma longa negociação com a Warner Bros. E o ator vai faturar alto pelo filme.

Quando ele interpretou pela primeira vez o vilão mais infame de Gotham em ‘Coringa‘ de 2019, Phoenix ganhou US$ 4,5 milhões. O filme arrecadou mais de US$ 1 bilhão e rendeu ao ator um Oscar.

Agora, o ator pediu um aumento significativo para a Warner Bros. Para colocar Phoenix de volta na maquiagem de palhaço, o estúdio teve que desembolsar US$ 20 milhões mais participações nos lucros das bilheterias. O valor foi revelado pelo Hollywood Reporter.

Além de Phoenix, a sequência terá a atriz e cantora vencedora do Oscar Lady Gaga, que ganhará US$ 10 milhões para viver a Arlequina.

O diretor Todd Phillips retorna e também ganhará US$ 20 milhões, mesmo valor do protagonista.

Enquanto o primeiro filme custou US$ 70 milhões, a sequência terá orçamento de altos  US$ 150 milhões.

Vale lembrar que o anúncio da escalação de Gaga parou as redes sociais e encantou os fãs da icônica artista – que logo expressaram sua animação em assistir ao longa-metragem.

Confira algumas das reações:

Não deixe de assistir:

A Warner anunciou que lançará o filme nos cinemas em 4 de outubro de 2024.

A sequência será um musical.

Em ‘Coringa‘, Arthur Fleck (Joaquin Phoenix) trabalha como palhaço para uma agência de talentos e, toda semana, precisa comparecer a uma agente social, devido aos seus conhecidos problemas mentais. Após ser demitido, Fleck reage mal à gozação de três homens em pleno metrô e os mata. Os assassinatos iniciam um movimento popular contra a elite de Gotham City, da qual Thomas Wayne (Brett Cullen) é seu maior representante.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS