Depois que o estado da Califórnia registrou um aumento no número de infectados pelo Coronavírus na última semana, a Disney anunciou que irá adiar a reabertura do Walt Disney World Resort e dos demais parques temáticos ao redor do mundo.

Através do Twitter, a companhia disse:

“Anunciamos anteriormente uma proposta de reabertura em fases de nossos parques temáticos a partir de 17 de julho, enquanto estávamos desenvolvendo protocolos de saúde e segurança para o elenco e os convidados no Shanghai Disney Resort, na Disylândia de Hong Kon, e no Walt Disney World Resort, o que nos permitiria reabrir de maneira responsável.”

“No entanto, o estado da Califórnia já indicou que não emitirá diretrizes de reabertura de parques temáticos até pouco depois de 04 de julho, e não temos escolha a não ser adiar a reabertura de nossos parques temáticos e resorts até recebermos a aprovação de funcionários do governo. Quando tivermos uma compreensão mais clara de quando as diretrizes serão divulgadas, esperamos poder comunicar uma data de reabertura.”

Confira:

Lembrando que os parques da Disney fecharam suas portas desde o dia de 12 março, o que resultou na suspensão de milhares de funcionários.

Aproveite para assistir:

De acordo com o USA Today, 43 mil contratos de trabalho foram suspensos em abril, mas os funcionários afastados foram beneficiados com planos de saúde e odontológico, além de seguros de vida até o fim do período de licença ou por até um ano.

Somente as funções consideradas essenciais foram mantidas, e cerca de 200 trabalhadores continuam exercendo suas rotinas, mas através de regimes rotatórios e com redução salarial.

A suspensão foi anunciada por meio de um acordo entre a Disney e o Service Trades Council, o agrupamento de sindicatos que representa os funcionários da companhia.

“O acordo sindical oferece proteções e benefícios mais fortes a 43.000 funcionários da Disney do que qualquer outro trabalhador dispensado ou demitido nos Estados Unidos. Estamos trabalhando para encontra a melhor forma de ter nossas rotinas normalizadas e vamos respeitas as restrições do governo para amenizar o avanço do COVID-19 para que tudo volte a ser como era antes. Evitem aglomerações e protejam-se.”, diz o anúncio do sindicato.

Inicialmente, a Disneylândia e o Walt Disney World Resort seriam fechados até o fim de março, mas o prazo foi prorrogado desde que os EUA se tornaram o país com a maior taxa de infectados no mundo.

Até o momento, mais de 2,4 milhões de pessoas foram diagnosticadas com o vírus no país, que já contabiliza 123.000 mortos devido aos sintomas.

Ao redor do mundo, outros parques da companhia também vão seguir as ordens de isolamento até que a situação seja controlada.

Confira o comunicado:

“Como resultado dessa pandemia sem precedentes e alinhada às orientações de especialistas em saúde e funcionários do governo, o Walt Disney World Resort permanecerá fechado até novo aviso. Embora ainda haja muita incerteza em relação aos impactos do COVID-19, a segurança e o bem-estar de nossos hóspedes e funcionários continuam sendo a principal prioridade da Walt Disney Company. Continuaremos a avaliar cuidadosamente a situação com todo cuidado.”

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE