Neste momento em que escrevo este texto, Shazam! é a sexta maior bilheteria de 2019 no mundo – isso com menos de duas semanas em cartaz. De ontem para hoje, a superprodução ultrapassou as arrecadações de Nós e Vidro, e agora segue colada em Dumbo (prevejo que até o fim de semana, o elefantinho estará comendo poeira do herói).

O fato traz de volta a esperança para os fãs, mostrando que a rival da Marvel não está morta, muito pelo contrário, com os sucessos de Mulher-Maravilha, Aquaman (o primeiro filme do universo estendido da casa a ultrapassar a barreira de US$1 bilhão) e agora Shazam!, a DC mostra que a Marvel tem concorrência também no cinema.

E é claro que a coisa não irá parar por aí. Pensando nisso, o CinePOP resolveu atualizar para você o status de desenvolvimento e lançamento das obras que levam o selo da DC no cinema. Vem com a gente conhecer.



2019

Coringa

Com o lançamento de Shazam! e o adiamento da continuação de Mulher-Maravilha para o ano que vem, este é o último lançamento da DC para 2019. Mas nem por isso menos importante. Ao contrário, Coringa, filme solo do palhaço do crime, é uma das produções que mais despertam a curiosidade para a segunda metade do ano. O trailer maravilhoso, que mistura com perfeição melancolia, poesia e insanidade fez os fãs clamarem a chegada de uma obra-prima. Será que vem indicação ao Oscar para Joaquin Phoenix? O filme tem lançamento programado para o dia 3 de outubro por aqui.

Aproveite para assistir:

2020

Aves de Rapina



Uma das produções mais apressadas da casa (e dos últimos anos), a Warner/DC correu com o andamento deste filme, para um lançamento que passou na frente inclusive do segundo Mulher-Maravilha. Será que a intenção é apagar da nossa memória Esquadrão Suicida (2016) o mais rápido possível, com um bom filme da Arlequina? A musa Margot Robbie reprisa o papel que a transformou em ícone da cultura pop, desta vez dirigida por uma mulher (Cathy Yan) e num filme protagonizado por mulheres. A amalucada personagem terá a companhia da Caçadora (Mary Elizabeth Winsted) e da Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell) para libertar uma menina das garras do vilão Máscara Negra (Ewan McGregor). A estreia é no dia 7 de fevereiro de 2020 nos EUA.

Mulher-Maravilha 1984

Com Aves de Rapina e este filme, a DC promete ter um 2020 muito girl power. A vida da continuação do enorme sucesso de 2017 é fácil e difícil ao mesmo tempo. Fácil por já ter se provado uma unanimidade de crítica e público, e ter sua diretora e protagonista completamente abraçadas. Elas também sabem onde erraram com o primeiro longa desta vez, e podem se concentrar em melhorias para tais falhas. No entanto, viver à altura do original pode ser uma tarefa amarga, já que muitas continuações costumam ser bem inferiores a seus primeiros filmes – na verdade, poucas conseguem superá-los. A favor está a época retratada, os anos 1980, quem virou uma das eras mais cult para produções audiovisuais. E teremos também a humorista Kristen Wiig na pele da vilã Mulher Leopardo – que ainda é uma incógnita. A estreia é prometida para o dia 5 de junho de 2020 nos EUA.



Tropa dos Lanternas Verde

Sim, este é um dos maiores mistérios do ano. Em desenvolvimento há tempos e quase nada revelado (ou divulgado), é bem provável que o filme seja adiado e empurrado ao menos um ano para frente. O fato é que o filme exibe na maior cara de pau a data de estreia para o dia 24 de julho de 2020, para quem quiser ver no Imdb. E é só isso o que temos mesmo – nada de diretor ou atores. Bem, temos também os produtores, encabeçados por Geoff Johns (o Kevin Feig da DC), o roteiro assinado por Justin Rhodes (do inédito Exterminador do Futuro: Destino Sombrio) e a sinopse que fala sobre um grupo de humanos sendo recrutado para a tropa dos lanternas verde, uma força policial intergaláctica. E sim, o filme irá ignorar a abominação estrelada por Ryan Reynolds em 2011 .

2021

The Batman

O ano de 2021 marcará o retorno de filmes não tem bem sucedidos inicialmente no DCU. Primeiro, é a volta do Homem-Morcego em seu primeiro filme solo dentro das novas produções da casa. Ben Affleck aposentou a capa do herói, após malfadadas investidas em sequência na pele do personagem – três no total, nos filmes Batman VS Superman (2016), Esquadrão Suicida (2016) e Liga da Justiça (2017). Então, estamos à caça de um novo Cavaleiro das Trevas – aparentemente, Jake Gyllenhaal recusou o papel. O que queremos mesmo é um filme sombrio e de conteúdo para o herói – o ideal seria uma mescla entre os primeiros filmes de Tim Burton, com a ação dos filmes de Christopher Nolan. Seria pedir demais? Certeza até agora só da direção de Matt Reeves (Planeta dos Macacos: A Guerra) e do primeiro tratamento do roteiro, do próprio Ben Affleck. O lançamento é para 25 de junho de 2021.



O Esquadrão Suicida

Falando em projetos malfadados… sim, Esquadrão Suicida terá continuação! Ou será um reboot? Bem, brincadeiras à parte, acreditamos que todos merecem uma segunda chance – e levamos fé que esta segunda investida nesta ideia muito boa será satisfatória. É claro que a DC aprendeu com seus erros passados, e sob a visão de Geoff Johns a coisa vai vingar.

Quando o cineasta James Gunn foi demitido da Marvel, a DC tratou de contratar o sujeito, justamente para esta produção. Daí os ânimos foram de zero a cem. O problema é que Gunn foi recontratado pela Marvel para dirigir Guardiões da Galáxia 3 (previsto para 2022). Não sabemos que tipo de acordo vai existir entre os dois mega estúdios, mas à primeira vista, Gunn teria que lançar O Esquadrão Suicida antes – que conta com roteiro seu também. A curiosidade é que, segundo o Imdb, a direção de Gunn no filme da DC ainda é um rumor, enquanto Guardiões já está em fase de pré-produção. Seja como for, estão confirmadas as presenças Viola Davis, Idris Elba (em personagem ainda não divulgado) e Jai Courtney – tudo segundo o Imdb também. Já Margot Robbie e Jared Leto são esperados de volta igualmente, mas suas participações ainda não foram confirmadas. O lançamento é para 6 de agosto de 2021.

2022

Aquaman 2



Achou que o filme mais lucrativo da DCU não teria continuação… (insira aqui o famoso jargão que segue a frase – você sabe qual). A DC parece ter aprendido a não botar o carro na frente dos bois. Antes de fazer o filme com uma superequipe, que tal desenvolver cada personagem e seu universo de forma separada? Deu certo com Mulher-Maravilha, Aquaman e Shazam. Agora, todos eles poderão ganhar continuações – e vão – onde poderão ter seus universos ainda mais expandidos, além de se transformarem em grandes franquias bilionárias. Aquaman, como dito, é o maior sucesso da casa até o momento, e o estúdio tratou de rapidamente confeccionar um novo filme, que trará de volta os protagonistas Jason Momoa e Amber Heard, além do diretor James Wan – já confirmados. Fora isso, a única outra coisa que se sabe é a data de lançamento para o dia 16 de dezembro de 2022. Pelo visto dezembro será a casa do herói submarino, já que em time que está ganhando não se mexe.

Sem Data Definida

Shazam 2

Com o sucesso que só cresce do primeiro filme, obviamente a DC já está confeccionando uma continuação. Em entrevistas, os produtores disseram que não podem demorar muito nesta janela de tempo e que vão apressar a sequência. O motivo é só um: as crianças na faixa dos 16 anos estão crescendo, e seria fatal para o desenvolvimento da trama que começassem a parecer mais velhas. Assim, já foi confirmado o retorno do roteirista Henry Gayden, e certamente teremos as voltas do elenco liderado por Zachary Levi e do diretor David F. Sandberg. Resta saber se a DC irá querer apressar o filme solo do antagonista Adão Negro antes da continuação de Shazam.

Adão Negro

Há alguns anos em desenvolvimento, o filme solo do grande vilão do herói Shazam, ainda não saiu do papel. Curiosamente, a concepção dos filmes do Adão Negro e Shazam começaram juntas, inclusive com o ator Dwayne Johnson (o The Rock) criando uma enquete para que seus fãs respondessem qual personagem queriam que ele vivesse nos cinemas. Os fãs escolheram o vilão. Colocado na gaveta em prol do filme solo do herói – e muito possivelmente aos inúmeros compromissos do astro The Rock, Adão Negro pode ganhar um gás em sua produção após o sucesso de Shazam! Seria muito legal ver este universo costurado. Inclusive chegou a ser especulado por um tempo, se Adão Negro não seria o vilão de Esquadrão Suicida 2. Seria estranho ver o vilão enfrentando outros vilões antes de seu arqui-inimigo. Seja como for, tudo o que temos do projeto até o momento é a presença de Dwayne Johnson no papel principal.

Os Novos Deuses

Um dos projetos mais insanos da DC, Os Novos Deuses é uma história que fala sobre seres espaciais, conflitos interplanetários e todo tipo de mitologia de ficção científica intrincada. Uma escolha inusitada para um próximo filme da casa, que ainda está construindo seus alicerces. Comparativamente, seria como querer colocar uma banheira de hidromassagem ou outro item luxuoso em sua casa que ainda está no esqueleto da estrutura e sequer tem paredes. Seja como for, o fato fez com que a rival Marvel – que não é boba nem nada – anunciasse um projeto semelhante com Os Eternos, tratando inclusive de escalar a estrela Angelina Jolie. Os Novos Deuses é um projeto ambicioso para a DC, mas que pode vir a ver a luz do dia só daqui a alguns anos, já que não tem data definida, elenco, e está apenas anunciado. A certeza é a direção da talentosa Ava DuVernay, uma boa cineasta quando o tema é histórico e social. Porém, num filme de proposta ambiciosa similar, Uma Dobra no Tempo, a diretora não se saiu tão bem. É esperar para ver.

The Flash/Flashpoint

Tão conturbado quanto qualquer outro projeto da DC, o filme solo do herói Flash parece ter avançado muito pouco desde seu anúncio – na verdade, podemos afirmar que o filme regrediu. E um filme que fala sobre o homem mais rápido do mundo, ir para trás ao invés de para frente não é um bom começo. A verdade é que após a recepção morna de Liga da Justiça (2017), um banho de água fria foi dado nos planos de filmes solo dos heróis. Como de água o Aquaman entende, seu filme mostrou que era possível. Batman e Flash (não esqueçamos do Homem de Aço) não tiveram a mesma sorte e estão no inferno dos desenvolvimentos. O filme solo do veloz herói teria como base e título Flashpoint, uma trama sobre um universo paralelo – ideia sustentada por um tempo. Ezra Miller, o intérprete do protagonista, iria inclusive participar do roteiro. Logo após, a notícia que recebemos foi a de que Miller, assim como seu colega Ben Affleck, estava abandonando o papel. Agora não sabemos se o roteiro irá utilizar qualquer ideia do ator, se investirá mesmo na linha narrativa de Flashpoint, ou se trará a gracinha Kiersey Clemons como Iris, seu interesse amoroso.

Sereias de Gotham

Outro filme estacionado, sem muita divulgação é Sereias de Gotham, o filme pelo qual David Ayer trocou a direção de Esquadrão Suicida 2. Curiosamente, a trama é muito parecida com a de Aves de Rapina, e juntaria a Arlequina (Margot Robbie) a outras duas figuras femininas – desta vez ao invés de heroínas e anti-heroínas, vilãs (muito provavelmente a Mulher Gato e a Era Venenosa). Resta saber se o sucesso de Aves de Rapina, ou pior, um fracasso, colocaria um fim ou ao menos adiaria de forma indefinida este projeto. De qualquer forma, dá para perceber que a DC está investindo todas as fichas em personagens que deram certo – e a Arlequina de Robbie é um dos carros-chefe da casa.

Filme do Coringa e Arlequina

Falando nela, este é outro projeto anunciado pela DC. Aqui temos inclusive os diretores confirmados: John Requa e Glenn Ficarra, que trabalharam com Robbie em Golpe Duplo (2015). A ideia é criar um filme solo para o romance entre a amalucada personagem e o palhaço do crime. Inicialmente, a proposta era trazer Robbie novamente ao lado de Jared Leto, que poderia mostrar de verdade desta vez o que pode fazer com o personagem. Mas sua participação em Esquadrão Suicida teve repercussão tão negativa, que talvez o próprio Leto (dependendo de seu contrato) queira se manter de fora. Por outro lado, boatos começam a colocar Robbie ao lado do Coringa de Joaquin Phoenix – esse sim perturbador como nos quadrinhos e não um galã do hip hop. Tal substituição viria bem a calhar.

Batgirl

Este é outro projeto da DC engavetado, infelizmente. Os fãs criaram grande expectativa quando o diretor Joss Whedon esteve à frente do projeto, não faz muito tempo. O cineasta iria roteirizar e dirigir o filme da heroína adolescente de Gotham – levando em conta sua experiência com o seriado Buffy – A Caça-Vampiros, a ideia não poderia melhorar. Porém, algo ocorreu neste meio tempo, e Whedon deixou o projeto, que caiu na gaveta, sem qualquer notícia relevante sobre o filme. Em setembro do ano passado, sites divulgaram que a heroína poderia receber sua própria série pelo streaming da DC, seguindo os passos dos Titãs – o que faz sentido, já que a personagem faz parte de um universo menor, que cabe perfeitamente na TV. Isso provavelmente colocaria panos numa produção cinematográfica. No entanto, em dezembro surgiu a notícia de que Kristen Stewart estaria sendo visada para o papel – resta saber se para a série ou para o cinema.

Liga da Justiça 2

O plano inicial era para dois filmes interligados, com um espaço de tempo curto entre eles. Bem, não vou falar nada – mas sim, seria exatamente igual como a Marvel conseguiu fazer com seus mais recentes Vingadores. Após o resultado morno do primeiro filme da Liga, o eventual segundo foi colocado na geladeira. Junte a isso também a saída de Zack Snyder frente aos projetos e a reestruturação dos filmes da casa. O projeto, porém, ao que tudo indica ainda está de pé, com Gal Gadot, Jesse Eisenberg e Joe Manganiello como o Exterminador, além do roteiro de Snyder em parceria com Chris Terrio ainda vinculados. Mas sabe-se lá para quando – ainda mais com as saídas de Ben Affleck, Ezra Miller e possivelmente Henry Cavill.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE