Poder sem Limites‘ foi lançado em 2012 e foi uma grata surpresa para os fãs do gênero de super-heróis, apresentando uma trama surpreendente a partir de um orçamento de apenas US$ 12 milhões.

Depois de arrecadar US$ 126,6 milhões pelo mundo, tudo indicava que o longa ganharia uma continuação.

No entanto, o diretor Josh Trank revelou ao Polygon que fez de tudo para impedir a realização da sequência, porque não tinha nada a ver com o filme original.

“A ideia até que parecia boa, mas não tinha nada a ver com a mensagem que eu quis passar com o primeiro filme. Eu sabia que seria ruim, então sabotei as reuniões sobre o desenvolvimento, eu fiz muita merda para garantir que não fizessem a sequência. Eu não queria aquela história relacionada com o filme original. Acabou que desistiram depois de tudo o que eu fiz… E eu garanti que nenhum outro diretor quisesse trabalhar no filme. Esse foi meu pior pesadelo.”

Josh Trank se preparando para a gravação de uma cena

Além disso, o roteirista Max Landis foi acusado acusado de abuso sexual e psicológico por oito mulheres, na época, o que agravou a situação.

Para a alegria de Trank, parece que a ideia para a sequência foi enterrada de vez.

Aproveite para assistir:

Além de se tornar um sucesso comercial, Poder sem Limites‘ acumulou 85% de avaliações positivas no Rotten Tomatoes.

Estrelado por Dane DeHaan, Michael B. Jordan, e Alex Russell, a trama acompanha um trio de amigos que ganham super-poderes depois de serem expostos a uma pedra radiotiva no subsolo de uma área isolada.

No entanto, a energia radiotiva acaba afetando a mente de um deles, que acaba se tornando uma bomba relógio prestes a explodir.

Assista ao trailer:

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE