Desde que a WarnerMedia confirmou o lançamento do corte do diretor de ‘Liga da Justiça’, vários fandoms começaram a realizar petições exigindo a versão original de diversos longas-metragens – sendo o mais recente deles o de Esquadrão Suicida, de David Ayer.

Conforme a comoção ganha as redes sociais, Ayer também aproveita para revelar alguns detalhes da produção. Segundo ele, o corte cinematográfico é bem diferente do que ele havia imaginado, incluindo a representação de Coringa (Jared Leto).

Em resposta a um fã em seu Twitter oficial, o diretor escreveu que: “Jared foi bem maltratado durante isso. Ninguém viu sua performance. Foi praticamente arrancada do filme”.

Confira:

Ayer também aproveitou para divulgar algumas informações sobre a versão, dizendo que o tom do filme é tão dark quanto o do aclamado e premiado Coringa.

“Isso foi regravado, porque o tom é ‘muito obscuro’ – meu primeiro ato foi um filme normalmente construído. Peguei inspiração de [Christopher] Nolan. Havia cenas reais com atuação incrível entre Jared [Leto]Margot [Robbie]. Coringa era assustador. Arlequina era complexa”, ele escreveu.

Aproveite para assistir:

Após as diversas críticas do diretor David Ayer à Warner, por ter interferido criativamente emEsquadrão Suicida‘, a diretora Cathy Yan fez um polêmico comentário revelando que “entende como ele se sente”.

No post, Ayer diz:

Esquadrão Suicida foi refilmado porque o tom era ‘muito obscuro’ – meu primeiro ato foi um filme normalmente construído. Tirei minha inspiração de Nolan. Havia cenas reais com atuação incrível entre Jared e Margot. Coringa era aterrorizante. Harley era complexa.”, afirmou.

A diretora respondeu:

“Sinto muito que isso tenha acontecido com você, David. Eu conheço a dor.”

Pelo visto, o estúdio também interferiu criativamente no filme.

Confira:

Nas redes sociais, o diretor afirmou que o tom do filme mudou após as críticas negativas de ‘Batman vs Superman‘ e do sucesso de ‘Deadpool‘. Os executivos quiseram tirar o tom obscuro e adicionar mais humor.

“O primeiro trailer acertou o tom e a intenção do filme que fiz. Metódico. Em camadas. Complexo, bonito e triste. Depois, as críticas de BVS e o sucesso de Deadpool chocaram a liderança da época – e meu drama comovente foi transformado em uma ‘comédia'”, afirmou.

Nas redes sociais, os fãs iniciaram a campanha #ReleaseTheAyerCut. Confira:

Ayer afirmou que não apenas o “Ayer Cut” existe, como ele já está praticamente pronto.

“Claro que existe. E está quase completo, menos alguns efeitos visuais”.

Lembrando que recentemente, a AT&T, dona da Warmer, deu a entender que o lançamento do “Ayer Cut” também é uma possibilidade.

Após um fã iniciar a campanha#ReleaseTheAyerCut, a AT&T respondeu:

“Tudo é possível, só é preciso um pouco de magia”.

Confira:

 

Além disso, James Gunn, diretor de ‘O Esquadrão Suicida‘, afirmou que apoia o lançamento da versão de David Ayer.

Ao ser questionado por um fã quanto ao seu apoio, Gunn revelou no Twitter que não teria problema em ver o “Ayer Cut” sendo lançado e que está de acordo com qualquer decisão que a Warner e o diretor decidam tomar:

“Eu ficaria bem com qualquer coisa que o David Ayer e a Warner queiram lançar, sem problema algum”.

A respeito veio da seguinte pergunta feita por um usuário:

“James Gunn, você seria contra o lançamento da versão do David Ayer para Esquadrão Suicida? Você acha que isso diminui o seu filme ou ajuda a aumentar o interesse, ou não tem efeito nenhum?”

Lembrando que o novo ‘O Esquadrão Suicida‘ tem estreia prevista para 06 de agosto de 2021.

Margot Robbie (Harley Quinn), Viola Davis (Amanda Waller) e Jai Courtney (Capitão Boomerang) irão reprisar seu papéis.

Nathan Fillion (Arm-Fall-Off-Boy), Pete Davidson (Blackguard), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Sean Gunn (Weasal) e Mayling Ng (Mongal) são as novas adições ao elenco.

 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE