Há algum tempo, David Ayer revelou que os executivos da Warner Bros. haviam arruinado o que Esquadrão Suicida deveria ter sido – dizendo que o corte para os cinemas não se assemelha em nada ao que ele tinha em mente.

Desde então – e seguindo os passos do Snyder Cut -, os fãs do diretor e os defensores do filme fizeram uma campanha para o lançamento da nova versão do longa-metragem.

E, como James Gunn está assumindo o roteiro e a direção do próximo filme da equipe, ele conversou com a Empire e foi questionado sobre o anterior.

Em reposta, Gunn elogiou o trabalho de Ayer e apoiou o lançamento de seu corte da adaptação.



“Ouça, David Ayer é um cara extremamente criativo e compromissado com o que faz. Não acho que o fracasso [de ‘Esquadrão Suicida’] seja culpa dele. Nós sabemos que foi uma produção envolvida em vários problemas internos. O que eu sei é que o filme não saiu como David queria que saísse.”

Aproveite para assistir:



Ele continuou:

“Mas sei que ele fez uma coisa muito, muito boa quando escolheu o elenco. Ele trouxe atores fantásticos para trabalhar com ele e lidou com a construção de seus personagens de uma forma realmente profunda e destemida. É algo pelo qual David definitivamente merece ser elogiado, e eu gostaria de ver sua visão original sobre a trama.”

E aí, você acha que um dia essa versão pode ganhar sinal verde como o Snyder Cut de ‘Liga da Justiça‘?

Para aumentar as expectativas de um possível lançamento, Ayer respondeu a um fã no Twitter e disse que assistiu ao próprio corte pela primeira vez, comentando que está simplesmente incrível.



Confira:

“Encarei os erros como um bom soldado quando o corte do estúdio foi lançado. É quem eu sou. Eu assisti ao meu primeiro corte pela primeira vez desde seu abandono. Está incrível. […] É o tom do trailer da Comic-Con”, ele escreveu.

Ayer afirmou que Geoff Johns, na época presidente e Chefe do Gabinete Criativo da DC Entertainment, comprometeu a linha temporal narrativa do filme. A revelação vem em resposta a um questionamento feito por um fã.

Na ocasião, um fã teria sugerido que a falha narrativa na forma como Arlequina e Coringa se conheceram não seria, necessariamente, culpa de Ayer.



Para os que não se recordam, quando a personagem é introduzida no longa, um texto afirma que ela seria uma “cúmplice da morte do Robin”. Mas a informação é contraditória. Pois se o vilão matou o herói e havia colocado a famosa armação de metal em seus dentes antes mesmo de ter conhecido a doutora Harleen Quinzel, como isso seria possível?

Em resposta, Ayer revelou que o “texto extra” fora uma ideia de Johns, o que teria prejudicado sua linha temporal narrativa.

Lembrando que recentemente, a AT&T, dona da Warmer, deu a entender que o lançamento do “Ayer Cut” também é uma possibilidade.

Após um fã iniciar a campanha#ReleaseTheAyerCut, a AT&T respondeu:



“Tudo é possível, só é preciso um pouco de magia”. 

Lembrando que o novo ‘O Esquadrão Suicida‘ tem estreia prevista para 06 de agosto de 2021.

Margot Robbie (Harley Quinn), Viola Davis (Amanda Waller) e Jai Courtney (Capitão Boomerang) irão reprisar seu papéis.



Nathan Fillion (Arm-Fall-Off-Boy), Pete Davidson (Blackguard), Michael Rooker (Savant), Flula Borg (Javelin), Sean Gunn (Weasal) e Mayling Ng (Mongal) são as novas adições ao elenco.

 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE