EXCLUSIVO! ‘Bate Coração’: Aramis Trindade reflete sobre as principais lições do filme

EXCLUSIVO! ‘Bate Coração’: Aramis Trindade reflete sobre as principais lições do filme


A nova produção do diretor Glauber Filho, intitulada Bate Coração, traz algumas lições importantes relacionadas à homofobia e à doação de órgãos e para o ator Aramis Trindade, intérprete da travesti Isadora Sunshine, a essência da comédia dramática está exatamente na dimensão do que é o amor.

Durante uma entrevista exclusiva à jornalista Rafa Gomes, do CinePOP, o protagonista refletiu sobre os simbolismos do longa:

“A lição mais importante é o amor. E dentro disso, vários assuntos são abordados, como o respeito à comunidade LGBTQ+ e a importância da doação de órgãos. Mas a essência principal do filme é o amor em si, puro e simplesmente. E por sinal, eu sou doador. Já fiz um transplante renal, doei um rim pro meu irmão, faz uns 10 anos mais ou menos. E o filme fala disso também e esse é um tema tão importante. E parece que nos últimos seis meses já foram feitas 13 mil doações no Brasil, mas 40% das famílias brasileiras ainda não são a favor disso, o que é uma pena. Esse é um quadro que precisa ser melhorado e ao tratarmos o amor como tema central, isso também acaba se tornando um dos objetivos do filme”.

Trindade também comentou sobre sua protagonista, uma travesti que lidou com o preconceito a vida inteira, mas que não teve medo de mostrar o seu valor e sua identidade – independente da circunstância:

A personagem é muito gente boa. Essa coisa de ela querer transformar as coisas através do amor é meio Chapliniana. Essa coisa do olhar dela, essa triste alegria cômica… o Carlitos tinha esse mesmo aspecto e mesmo sendo pobre ele era feliz. E eu lembrei até mesmo de uma das falas da Isadora, em que ela reflete sobre sua identidade: ‘Felicidade não precisa de culpa’. E o mundo precisa de mais amor e essa história que queremos contar tem justamente como foco o amor, a fim de despertar isso na audiência”.

Aproveite para assistir:


Tratando temas que, naturalmente, são tão complexos, Bate Coração também visa gerar um certo nível de identificação na audiência, a fim de produzir algum tipo de reflexão sobre as temáticas abordadas. Mas segundo Aramis Trindade, a absorção dessa experiência cinematográfica é bem singular e difícil de ser decifrada, justamente por ser algo muito particular:

“É difícil dizer de que forma a audiência pode se identificar com a narrativa, eu prefiro deixar isso para o próprio público responder. Eu acho que isso faz parte do mistério da arte. Eu acho que toda obra de arte vem com uma sobrecarga de significado e esse é o grande barato! É uma palavra, uma não palavra, uma pausa dentro da trama… Eu acho que cada um terá uma experiência diferente e que isso será muito particular. Creio que a forma como o público vai receber essa narrativa vai muito da percepção singular de cada receptor”.

Confira a sinopse do filme:

Na noite de Ano Novo, o publicitário conquistador Sandro (André Bankoff) sofre um ataque cardíaco e precisa fazer um transplante de urgência. Ele acaba recebendo o coração de Isadora (Aramis Trindade), travesti dona de um salão de beleza que ​havia morrido poucos momentos antes, vítima de um atropelamento. Após o transplante, Isadora, em espírito, passa a seguir os passos do publicitário. Enquanto isso, Sandro começa a perceber mudanças de comportamento e passa a enxergar o mundo de uma maneira diferente.

Assista ao trailer:

O longa é estrelado por Aramis Trindade e André Bankoff e está em exibição nos cinemas.