Filme sobre Whitney Houston causa briga



O canal de TV Lifetime contratou Angela Bassett para dirigir um filme sobre a vida da cantora Whitney Houston, que morreu em 11 de fevereiro de 2012,  aos 48 anos.

Porém,  a família da cantora está furiosa com o anúncio, pois “sentem que a história de vida de Whitney é grande demais para um filme feito para TV”. A família está tão chateada que considera uma ação judicial para proibir a produção.

O canal tem planos de lançar a produção na TV norte-americana em 2015, e mostrar a turbulenta relação da cantora com Boddy Brown, ex-marido e pai de sua filha, desde o momento em que eles se conheceram até o auge do seu sucesso, na década de 90.

Aproveite para assistir:


O TMZ afirma que a família atualmente trabalha em um filme sobre a vida da cantora para ser lançado nos cinemas, seguindo a linha do documentário ‘This is It‘, sobre Michael Jackson.

“Certamente Whitney é digna de mais do que um filme para a televisão. Se Whitney estivesse aqui hoje, isso não estaria acontecendo.”, afirma Pat Houston.

Houston faleceu em decorrência de afogamento acidental, devido a um problema cardíaco e consumo de cocaína. Outras drogas e medicamentos foram detectados no organismo da cantora, mas não a níveis letais.

A cantora e atriz faleceu aos 48 anos, dia 11/02/2012. Seu corpo foi encontrado em uma banheira no quarto do hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, por um membro de sua equipe. Ela teria participado de uma festa “pesada” com alguns amigos.

Desaparecida das telonas desde 1996, quando estrelou ‘Um Anjo em Minha Vida‘ com Denzel Washington, Houston passou por vários problemas com drogas e violência doméstica. Seu último filme foi o remake do musical ‘Sparkle‘.

Um álbum e DVD com as últimas apresentações ao vivo de Whitney Houston serão lançado em novembro, quase três anos depois de sua morte, informou seu produtor nesta terça-feira.



COMENTÁRIOS