Grandes filmes fazem grandes estrelas. Desde o surgimento do cinema, o público se vê fascinado pelas mulheres lindas que desfilam em tela, tidas anteriormente como inatingíveis. Hoje, estas intérpretes se mostram gente como a gente, em especial devido à proximidade do público provida pelas redes sociais. Seus nomes podem ser capazes de arrastar uma verdadeira multidão, mas nem de longe são infalíveis.

Pensando em como nem mesmo os mais quentes nomes femininos da atualidade em Hollywood, donas de altos cachês, estão acima de ter em sua filmografia produções que a maior parte do público sequer ouviu falar (e alguns filmes são verdadeiramente bons), o CinePOP resolveu criar sua nova lista. Então prepare-se, estes são os filmes recentes de grandes estrelas que passaram sem você ver.

Margot Robbie | Os Últimos na Terra (2015)

Quer ver a musa Margot Robbie morena pela primeira e única (até o momento) vez nas telas? Então esse é o filme para você. Robbie está em cartaz atualmente em Aves de Rapina, no qual interpreta pela segunda vez a personagem amalucada Arlequina. Antes de viver o papel pela primeira vez, no filme Esquadrão Suicida (2016), no entanto, ela protagonizou este drama pós-apocalíptico com doses de suspense, que passou batido pelos cinemas brasileiros direto no mercado de home vídeo. Na trama, uma Robbie totalmente desglamourizada é uma das últimas sobreviventes na Terra após um evento catastrófico dizimar grande parte do planeta. Ao seu lado, os personagens de Chris Pine e Chiwetel Ejiofor.

Scarlett Johansson | A Noite é Delas (2017)

Este ano, a estrela ScarJo viverá pela oitava vez a personagem Natasha Romanoff, vulgo Viúva Negra, nas telonas – ao menos assim esperamos. Mas algo está diferente na superprodução da Marvel. É que pela primeira vez, a personagem será a protagonista de um filme só seu. Há três anos, porém, a atriz era a protagonista de um outro filme, uma comédia, que os brasileiros não viram passar pelos cinemas. A Noite é Delas é uma produção de humor impróprio que mostra que as mulheres podem ser tão sacanas e incorretas quanto os homens. Pense em um Missão Madrinha de Casamento (2011) mais jovem, com uma despedida de solteira saindo terrivelmente errado, com direito a muita droga, bebida, sexo e até mesmo assassinatos.

Gal Gadot | Vizinhos Nada Secretos (2016)

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

Outra estrela que esperamos ver em breve nas telas em 2020 – se o ano não for cancelado – é Gal Gadot em Mulher-Maravilha 1984, continuação do sucesso de 2017. A atriz israelense começou a carreira nos filmes da franquia Velozes e Furiosos, e fez sua primeira aparição como a personagem da DC em Batman Vs. Superman (2016). No mesmo ano, ela interpretava uma agente secreta que ao lado do marido (papel de Jon Hamm) fingem ser o típico casal dos subúrbios norte-americanos, sem que seus vizinhos (Zach Galifianakis e Isla Fisher) desconfiem de suas verdadeiras identidades. A Fox até planejou o lançamento da comédia nos cinemas, com trailers e cartazes, mas depois voltou atrás, jogando o filme direto no sistema de home vídeo no Brasil.

Brie Larson | Um Sonho na Índia (2017)

A protagonista de Capitã Marvel (2019) tem fama de não ser muito simpática em suas entrevistas. Mas ao menos nas telonas, a vencedora do Oscar por O Quarto de Jack (2015) tenta mostrar seu lado mais doce. Bem, só tenta mesmo, já que este filme é outro que quase ninguém viu e por aqui sequer nos cinemas passou. Um musical feito nos moldes de Bollywood, e inclusive passado na Índia, este é o filme para você que sempre sonhou em ver Brie Larson cantando e dançando. A obra, no entanto, não desceu redondo para muitos e foi acusada de ser o velho estereotipo da mulher branca que chega para salvar uma raça que não é a sua, gerando certa polêmica. Curiosamente, fora das telas Larson é porta-voz de causas sociais, como o abuso contra as mulheres.

Emily Blunt | É o Bicho! (2017)

Outra atriz de grande prestígio, a talentosíssima Emily Blunt poderá ser vista em breve no terror Um Lugar Silencioso – Parte II e na aventura da Disney, Jungle Cruise, isto é, se o coronavírus deixar. Mas engana-se quem pensa que a franquia Um Lugar Silencioso foi a primeira colaboração do casal Emily Blunt e John Krasinski nas telonas. Bom, no Brasil até foi, já que a animação É o Bicho! não chegou a ver a luz do dia, ou as telas de cinema, em nosso país. O casal interpreta, bem, um casal que herda um circo e descobre o segredo mágico por trás do espetáculo: biscoitos em forma de animais com o poder de transformar quem os come em animais de verdade. O elenco de dubladores tem ainda Danny DeVito, Sylvester Stallone e Ian McKellen.

Saoirse Ronan | Stockholm, Pennsylvania (2015)

Indicada este ano ao Oscar pelo drama Adoráveis Mulheres, a jovem estrela é uma das atrizes mais prestigiadas de sua geração. De origem irlandesa, a atriz que está em vias de completar 26 anos em abril, já soma 33 créditos em sua carreira e quatro indicações ao Oscar, incluindo a citada deste ano. Mesmo assim, um de seus filmes mais recentes fugiu do radar. No mesmo ano de sua segunda indicação ao Oscar (por Brooklyn), Ronan protagonizou o suspense dramático Stockholm, Pennsylvania, onde interpretou uma jovem mulher sequestrada ainda criança e criada em cativeiro. Quando ela é libertada e devolvida à sua família, não consegue se readaptar no local devido à condição conhecida como síndrome de Estocolmo. Por esta sinopse podemos perceber a semelhança com um certo O Quarto de Jack, lançado no mesmo ano, e entendermos um pouco mais o motivo deste ter passado em branco.

Kristen Stewart | Lizzie (2018)

Ao contrário de todos os outros itens da lista, Lizzie chegou a ser exibido nos cinemas brasileiros. Mas o fato de sua curta carreira nas telonas fez com que a maioria sequer notasse sua passagem no circuito. Existe vida após Crepúsculo? Para Kristen Stewart sim, e a atriz apostou muito no circuito independente/alternativo. Alguns renderam frutos muito legais, vide Acima das Nuvens e Personal Shopper. Outros terminaram passando ser serem notados. É o caso deste suspense dramático que relata um dos crimes mais notórios e parte do folclore da história dos EUA, satirizado até mesmo em um episódio de Os Simpsons: o assassinato da família Borden. No melhor estilo Suzane von Richthofen, em pleno ano de 1892, Lizzie Borden foi a principal suspeita de ter assassinado sua própria família, seu pai e a madrasta, à machadadas. No filme, Chloë Sevigny vive Lizzie e Stewart interpreta a empregada Bridget Sullivan, a única outra pessoa presente no local quando os corpos foram encontrados.

Anne Hathaway | Uma Canção (2014)

Tudo bem que Anne Hathaway não tem tido muita sorte ultimamente nas telonas, engatando escorregadas consecutivas como em Oito Mulheres e um Segredo (2018), Calmaria (2019) e As Trapaceiras (2019). Seu grande acerto do ano passado foi na TV, com o fantástico episódio Take me as I Am, Whoever I Am, da ótima série da Amazon, Amor Moderno. Este ano ela terá a chance de se redimir no remake de Convenção das Bruxas. Antes disso, no entanto, ao voltarmos alguns anos, podemos perceber um filme da atriz que passou totalmente em branco por aqui. Trata-se do drama romântico Uma Canção, que como o nome diz envolve muita música. Uma mistura de Apenas Uma Vez (2006) e Força para Viver (2014).

Natalie Portman | Lucy in the Sky (2019)

Este é o item mais recente da lista, e novamente temos em foco uma jovem vencedora do Oscar. Natalie Portman levou seu prêmio da Academia por Cisne Negro (2010). Ano passado, a atriz fez as pazes com a Marvel e foi confirmada como a nova Thor, em Thor: Love and Thunder – com estreia para 2021. Seu último filme lançado, no entanto, chegou recentemente direto no sistema de home vídeo, sem que a maioria percebesse. Exibido em festivais de cinema, como sua estreia em Toronto, Lucy in the Sky é uma ficção científica que traz Portman no papel de uma astronauta. Sem dúvida um papel inédito na carreira da moça. Ela volta do espaço após sua última missão e não consegue se conectar mais com nossa realidade, achando tudo muito pequeno. No elenco, outra jovem atriz do momento, Zazie Beetz. O curioso aqui é o nome de sua personagem, Lucy Cola – quase um novo refrigerante.

Evan Rachel Wood | No Escuro da Floresta (2015)

Em cartaz atualmente com a nova temporada de Westworld (a terceira), Evan Rachel Wood viu sua carreira ser alavancada em popularidade novamente devido ao programa da HBO. Antes da estreia da primeira temporada em 2016, no entanto, Wood dividiu as telas com outra jovem atriz talentosa, Ellen Page, num suspense dramático que ninguém viu. Na trama, Wood e Page vivem irmãs tendo que sobreviver por conta própria em sua casa na floresta, após um estranho evento que causou a falta de energia em massa nas redondezas.

Bônus:

Amber Heard | London Fields (2018)

Se tem um filme que resume perfeitamente toda a treta ocorrida entre o ex-casal Johnny Depp e Amber Heard, este filme é London Fields. Produção problemática que começou no ano do casamento da dupla, em 2015 – com Depp aceitando um papel no longa para ajudar a impulsionar a carreira de sua então jovem esposa rumo ao estrelato. O filme é baseado no livro do autor britânico Martin Amis e fala sobre a vidente Nicola Six (Heard), uma típica femme fatale saída diretamente de uma história noir moderna. O problema é que o lançamento foi engavetado devido a processos e brigas judiciais entre o diretor Mathew Cullen e os produtores. E quando London Fields finalmente estava pronto para a estreia em 2018, Depp e Heard se encontravam no meio de sua própria briga judicial e de um escândalo dos mais cabeludos, incapazes e pouco dispostos a divulgar o longa.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE