Gal Gadot veio ao Brasil divulgar ‘Mulher-Maravilha 1984‘ e o CinePOP traz um vídeo exclusivo que mostra a atriz falando sobre violência domestica e revelando uma novidade inédita sobre a sequência.

Dessa vez, Diana Prince NÃO usará seu escudo e sua espada.

“A Mulher-Maravilha não carrega uma arma. Nossa intenção foi abandonar a espada, pois havia uma ideia muito agressiva nela. Se você tem uma espada, significa que você tem que usá-la. Nós queríamos abandonar isso!”, afirmou.

Assista:

Aproveite para assistir:

A entrevista completa será divulgada em breve.

Vale lembrar que o trailer exibido no painel de ontem é diferente do vídeo divulgado na internet, com cenas a mais que não estão presentes na internet. E aqui vamos descrevê-las para você.

Na realidade, são três momentos de maior destaque que não estão no trailer divulgado oficialmente pela Warner, além de trechos mais alongados, como o eletrizante (literalmente) desfecho com a heroína pegando carona em raios nos céus de uma tempestade. Este trecho está mais curto no trailer divulgado online. Confira abaixo.

Maxwell Lord

O vilão interpretado pelo ótimo Pedro Pascal aparece como um magnata que pretende fazer o sonho de todos se tornar realidade. Um barão da mídia. Ao que tudo indica, a prévia está de acordo com o roteiro vazado por um usuário do site Reddit. No trailer exibido na CCXP, vemos a Mulher-Maravilha indo acertar as contas com Lord, junto com seu crush renascido Steve Trevor (Chris Pine). Na mansão do vilão, a heroína laça o sujeito com seu objeto da verdade, ao que ele retruca algo como: “Você é mesmo incansável”. O que é a mais pura verdade. Vemos ao longo do trailer também mais cenas da protagonista usando seu laço, os braceletes e a tiara, o que reforça a ideia de nada de armas dessa vez – ou seja, a heroína não fará mais uso da espada e do escudo como anunciado pela diretora.

Primeira Aparição da Mulher Leopardo

Ainda não conseguimos ver o visual completo da vilã interpretada por Kristen Wiig. E isso não foi divulgado nem para os fãs da CCXP. Mas o que pudemos ver foi a primeira aparição da personagem em sua fase de transformação. Corroborando novamente com o roteiro vazado, a personagem de Wiig é uma mulher que idolatra a Mulher-Maravilha. E seu desejo é ser exatamente como ela. Assim, para a surpresa da heroína, Barbara Minerva (sua verdadeira identidade) ressurge sensual, confiante e… com superpoderes, como os da Mulher-Maravilha, o que inclui super-força. Ela empurra a protagonista, que simplesmente voa pra longe sem acreditar no que aconteceu. Ao se levantar, as duas se encaram, num standoff de arrepiar. Neste trecho, podemos notar o início da transformação da vilã – que como afirmou a diretora Patty Jenkins no painel, terá em sua composição uma mistura de efeitos práticos (maquiagem e próteses) e CGI.

Mulher-Maravilha sem Poderes

Novamente, de acordo com o roteiro vazado, os desejos realizados pelo artefato de Max Lord terão um preço, uma espécie de efeito colateral. O desejo de Barbara Minerva em ser uma “Mulher-Maravilha”, a transformará inadvertidamente na Mulher Leopardo. Já a Princesa Diane, cujo desejo foi trazer seu amado Trevor de volta à vida, terá que encarar a perda de seus poderes. Ou parte deles. Como pudemos ver no trailer exibido na CCXP, ela fica vulnerável e quando uma bala acidentalmente passa por seus reflexos e a atinge no ombro, ela sangra – e fica surpresa com a dor – precisando ser salva pelo companheiro.

Nem precisa ser dito que o trailer, exibido duas vezes para os fãs, fez a plateia vir abaixo em gritos, choro e muita felicidade. Agora, é esperar para ver o quão fiel está o roteiro vazado em comparação com a versão que será de fato lançada nos cinemas.

Mulher-Maravilha 1984 estreia no dia 4 de junho de 2020 no Brasil.