Nesta última quinta-feira (10), a Justiça francesa confirmou uma acusação contra o ator Gérard Depardieu, de 73 anos, por “estupro” e “agressão sexual” contra a atriz Charlotte Arnould (‘A Arte do Crime‘) em agosto de 2018, acusações que o ator nega.

O artista é um dos principais nomes do cinema francês, com filmes de sucesso como ‘O Conde de Monte Cristo‘ e ‘Astérix e Obélix‘.

O Ministério Público divulgou o seguinte comunicado: “A câmara de inquérito [do tribunal de recurso] considera que existem, nesta fase, indícios graves, ou concordantes, que justifiquem que Gérard Depardieu continue sendo investigado”.

A atriz Charlotte Arnould, nascida em 1995, acusa o ator de vários estupros e agressões sexuais que teriam ocorrido entre os dias 7 e 13 de agosto de 2018 na casa do artista, em Paris.


Arnould conseguiu que um juiz de instrução reabrisse o caso em agosto de 2020 e, em dezembro do mesmo ano, acusasse o ator de “estupro” e “agressão sexual”.

Gérard Depardieu recorreu da acusação em maio de 2021, mas, após a decisão desta quinta-feira, “o caso volta agora” para o juiz de instrução, acrescenta o comunicado do procurador-geral de Paris, Rémy Heitz.

Aproveite para assistir:



“Minha cliente está especialmente aliviada e confiante em que a justiça foi feita hoje”, disse à AFP Carine Durrieu-Diebolt, advogada da atriz.

Emocionada, Charlotte se recusou a responder às perguntas dos repórteres presentes no tribunal.


Não deixe de assistir: