Após a morte de Yondu (Michael Rooker) em ‘Guardiões da Galáxia Vol. 2‘, diversos fãs continuam suas campanhas para que James Gunn traga o pai adotivo de Peter Quill (Chris Pratt) de volta à vida.

No entanto, o diretor revelou em seu Twitter que o personagem só poderia retornar em um flashback ou numa história ambientada antes dos eventos do segundo filme.

Quando um fã perguntou se Gunn poderia ‘arrumar um jeito’ de trazê-lo de volta, o cineasta respondeu:

“A menos que estejamos falando de algum tipo de pré-sequência ou flashback, acredito que isso anularia o sacrifício de Yondu.” 

Em 2018, Gunn já havia dito ao Comic Book que:

Aproveite para assistir:

“Yondu nunca será ressuscitado enquanto eu estiver à frente da franquia. Foi um sacrifício doloroso, trazê-lo de volta tornaria tudo isso patético. Sua morte precisa significar algo.”

Pelo visto, os fãs do personagem precisam ficar satisfeitos com essa resposta.

Vale lembrar que o diretor revelou ao ComicBook.com que a sequência será a despedida de Rocket nas telonas.

Além disso, ele é o único membro dos Guardiões que ainda não morreu de alguma forma. Groot se sacrificou pela equipe, Gamora foi morta por Thanos, e os outros membros ‘morreram’ no estalar de dedos do vilão.

De qualquer forma, ainda há bastante tempo de planejamento, já que o filme não está programado para a próxima fase da Marvel Studios.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE