‘Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro’ recebe baixa classificação por ‘imagens perturbadoras’

‘Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro’ recebe baixa classificação por ‘imagens perturbadoras’



O terror ‘Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro‘ recebeu uma baixa classificação (PG-13) indicativa nos EUA, por “terror/violência, imagens perturbadoras, linguagem e rápidas referências sexuais”.

Há algumas semanas, o diretor André Øvredal  já havia revelado que esse sempre foi o plano da produção.

“Não há sangue nesse filme. Nós não queríamos fazer algo infantil, mas queríamos honrar o fato de que os livros foram feitos para um público jovem. Queríamos honrar o material e as histórias.”

Guillermo Del Toro completa, “Nós queríamos fazer uma aventura familiar. Queria que esse filme fosse um terror para ser assistido com a família. Em muitos filmes, as crianças são esteriótipos fofos, além de personagens cheios de frases de efeitos que nunca são mortos. Nos meus filmes, crianças morrem. Elas são mais frágeis, mas também são mais complexas. Elas conseguem ver essa escuridão e isso é explorado no filme.”

Dirigido por André Øvredal (‘A Autópsia‘), o filme é baseado em um livro de contos publicado em 1981.

Aproveite para assistir:


A trama segue um grupo de adolescentes que precisa resolver o mistério por trás das repentinas e macabras mortes que estão acontecendo em sua pequena cidade.

O elenco inclui Zoe Colletti, Michael Garza, Gabriel Rush, Austin Abrams, Dean Norris, Gil Bellows, Lorraine Toussaint, Austin Zajur Natalie Ganzhorn.

O longa será lançado nos cinemas nacionais no dia 8 de agosto.



COMENTÁRIOS