Este ano, o primeiro filme do personagem Homem-Aranha nas telonas completa 20 anos de lançamento. Lançada em 3 de maio de 2002 nos EUA (e 17 de maio no Brasil), a obra responsável pela consolidação do gênero dos super-heróis – que domina as bilheterias atualmente – se transformou num fenômeno que geraria uma franquia que já soma nada menos do que 8 longas blockbusters nestas duas décadas desde seu lançamento, incluindo o recente Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, o maior sucesso de 2021.

O primeiro Homem-Aranha, dirigido por Sam Raimi, bateu inúmeros recordes de bilheteria em seu lançamento. Foi, por exemplo, na época o filme que mais arrecadou em seu primeiro fim de semana de estreia – com quase US$50 milhões em cofre. Foi também o primeiro filme a atingir a marca de US$100 milhões de forma mais rápida. Como forma de comemorar esse aniversário mais que especial de uma das mais queridas superproduções do cinema, seguimos para uma nova matéria nesta série (as demais você pode conferir abaixo). Dessa vez, iremos focar no vilão da história, afinal o que seria de um herói sem seu super vilão? Interpretado pelo grande Willem Dafoe, Norman Osborne/Duende Verde rouba boa parte do espetáculo e o sucesso foi tanto que o personagem retornou nas formas do ator para o recente Homem-Aranha: Sem Volta para Casa. Mas as formas do vilão poderiam ter sido bem diferentes, já que antes de Dafoe, outros atores foram cogitados para o personagem. Descubra abaixo.

Leia também: Homem-Aranha (2002) Completa 20 Anos | Conheça as Mais Diferentes Versões do Filme que QUASE Aconteceram

Billy Crudup



Começamos a lista com o ator que chegou mais perto de vestir o uniforme do vilão Duende Verde na primeira adaptação do Homem-Aranha para o cinema. Na época, saído do sucesso Quase Famosos (filme indicado para 4 Oscar e vencedor de melhor roteiro), Billy Crudup chegou inclusive a se desligar de outros projetos que faria na época a fim de se concentrar unicamente no trabalho em Homem-Aranha, que estava muito perto de se concretizar. No entanto, os realizadores (em especial o diretor Sam Raimi) chegaram à conclusão de que Crudup, então com 34 anos, era muito novo para dar vida ao vilão cuja identidade secreta é a de um rico magnata. E como sabemos, a opção foi pelo incrível Willem Dafoe. Já Crudup atuaria em um filme de heróis em 2009, no alternativo Watchmen – O Filme.

Aproveite para assistir:



Mel Gibson

Na época do lançamento de Homem-Aranha, o astro Mel Gibson ainda não havia sido cancelado e sua carreira estava em alta. No mesmo ano do filme do herói aracnídeo, Gibson lançava sucessos como Fomos Heróis e Sinais. O ator sempre foi visto como o herói em seus filmes, vide as franquias Mad Max e Máquina Mortífera, e talvez por isso ainda não se visse como o antagonista em uma superprodução. Mel Gibson foi um dos atores que disse não ao papel do Duende Verde quando a Columbia (Sony) o convidou para o projeto. Depois de seu cancelamento – que ocorreu antes mesmo da era do cancelamento extremo que vivemos (o ator foi um dos que estreou ser cancelado) -, por motivo de comentários antissemitas, ser preso bêbado e ameaçar matar a esposa em uma ligação furiosa, Gibson começou a aceitar papeis de vilão em filmes como Machete Mata (2013) e Os Mercenários 3 (2014).

Leia também: Homem-Aranha (2002) Completa 20 Anos | Conheça 10 Atores que QUASE Viveram o herói no Filme


Robert De Niro

O mestre Robert De Niro também era visado pelo estúdio para personificar o maior vilão das histórias do Homem-Aranha, o Duende Verde. A esta altura, De Niro já tinha 6 indicações ao Oscar e 2 estatuetas decorando a sua casa. Desta forma, é claro que o blockbuster se beneficiaria em ter o grande ator impulsionando a produção com sua presença. Mas ele foi outro astro consagrado que disse não ao projeto, já que na época os filmes de super-heróis não eram o que são hoje, e ainda eram vistos como um grande risco – na década de 1990, mais fracassos do que sucessos foram feitos no gênero. No mesmo ano de Homem-Aranha, De Niro estrelaria três fracassos de sua carreira (Showtime, O Último Suspeito e A Máfia Volta ao Divã). Não se pode ganhar sempre. O ator ainda receberia outro convite, para viver o vilão Doutor Octopus na sequência Homem-Aranha 2, o qual novamente recusou. Anos mais tarde, participaria do sucesso Coringa (2019).

Nicolas Cage

Tendo passado anos em baixa devido a escolhas duvidosas de projetos, o astro Nicolas Cage voltou às boas com o sucesso graças ao alucinado O Peso do Talento – filme em que ele interpreta a si mesmo. Mas voltando 20 anos no passado, a carreira de Nicolas Cage ia de vento em popa, com o ator ainda considerado um dos maiores nomes da indústria no período. Para termos uma ideia, no fim dos anos 1990, Cage protagonizava algumas das maiores produções de ação da época, vide A Rocha, Con Air – A Rota da Fuga e A Outra Face. No mesmo ano de Homem-Aranha, Cage receberia sua segunda indicação ao Oscar por Adaptação. Aficionado por histórias em quadrinhos e super-heróis, o ator era um que fazia campanha ferrenha para viver o vilão Duende Verde. Ele quase havia sido o Superman, num projeto cancelado de Tim Burton, e depois foi o Motoqueiro Fantasma, da Marvel, duas vezes, o Big Daddy de Kick-Ass: Quebrando Tudo, e dublou um dos Homem-Aranha em Homem-Aranha no Aranhaverso (2018).

John Travolta


Por falar em A Outra Face, o parceiro de cena de Nicolas Cage no filme citado, John Travolta, foi outro que era visado pelo estúdio para interpretar o vilão máximo do Homem-Aranha em sua estreia nas telonas. E Travolta também foi outro que disse um sonoro NÃO para a produção. Um não que temos certeza se o astro se arrependeu. Ainda mais porque na época Travolta vivia fracassos homéricos do nível de A Reconquista e Bilhete Premiado. Isso demonstra que pouca gente levava fé na versão cinematográfica de Homem-Aranha, com muitos o considerando um possível fracasso e desejando se manter bem longe. Ainda mais atores que já vinham de fracassos como Travolta. Eventualmente o astro de Os Embalos de Sábado à Noite seria pego na onda dos filmes de super-heróis que tomava o início da década de 2000, e viveria finalmente um vilão do gênero, como o mafioso Howard Saint em The Punisher – O Justiceiro (2004).

John Malkovich

É dito que o ator duas vezes indicado ao Oscar (Um Lugar no Coração e Na Linha de Fogo), John Malkovich, estava entre os finalistas para o papel do Duende Verde em Homem-Aranha. É dito também que o ator já começava a trabalhar ao lado do diretor Sam Raimi na pré-produção, como se o papel garantido lhe estivesse. No fim das contas, o personagem ficou mesmo com Willem Dafoe, e quem ganhou foram os fãs. Mas Malkovich havia impressionado tanto o diretor Sam Raimi, que o cineasta lhe prometeu um outro vilão: o Abutre. E ficaria tentando encaixa-lo em alguma das continuações. Quando finalmente parecia que o Abutre de Malkovich seria o antagonista certo para o terceiro filme, os produtores optaram pelo Homem de Areia e Venom. Então, o Abutre e Malkovich entrariam no quarto filme… que como sabemos, por motivo de algumas desavenças, nunca chegaria a acontecer. Ou será que ainda vai?

Bill Paxton

Por falar em atores finalistas, Sam Raimi por muito pouco não optou pelo saudoso Bill Paxton (falecido em 2017 aos 61 anos) para a vaga do vilão Duende Verde no primeiro Homem-Aranha. Paxton começou a carreira nos filmes de James Cameron (como O Exterminador do Futuro, Aliens – O Resgate) e de sua então espoa Kathryn Bigelow (Quando Chega a Escuridão). Nos anos 90, colecionou sucessos como Predador 2, Tombstone, True Lies, Twister e Titanic. Na mesma época do primeiro Homem-Aranha, o ator estreava atrás das câmeras na função de diretor, com o terror psicológico A Mão do Diabo – elogiada produção independente. O ator tinha 47 anos quando quase atuou no blockbuster da Marvel/Sony.


Brad Dourif

Terminando a lista dos atores que por pouco não participaram de Homem-Aranha no papel do vilão, você já imaginou como seria se o Duende Verde tivesse a voz do boneco assassino Chucky? Ficaria bom ou ruim em sua opinião? Parece loucura imaginar isso, certo? Mas saiba que o fato quase ocorreu. É que dentre os atores visados para o papel duplo do Duende Verde e de seu alter-ego Norman Osbourne, estava ninguém menos do que o próprio Brad Dourif, mais conhecido por interpretar a versão humana do boneco Chucky e também ceder a voz para todos os seus filmes (tirando o remake de 2019), e também na recente série do Star Plus, Chucky. Dourif, porém, é o nome menos conhecido da lista e talvez por isso não tenha sido aprovado no fim das contas.

Não deixe de assistir: