Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio‘ tem sua estreia prevista para 10 de setembro, e será baseado mais uma vez em um dos casos reais solucionados por Ed e Lorraine Warren.

Dessa vez, não veremos uma casa mal-assombrada como nos dois primeiros filmes, e sim um dos casos mais assustadores e POLÊMICOS da história: a possessão demoníaca do jovem Arne Cheyenne Johnson, no caso conhecido como O Julgamento do Demônio Assassino/O Diabo Me Fez Fazer.

Em entrevista ao THR, Patrick Wilson afirmou que o terceiro filme terá um “monstro diferente” dos anteriores e indicou a possibilidade do novo filme apresentar diferentes tipos de antagonistas.

“O processo de desenvolvimento de ‘Invocação do Mal 3’ foi fantástico. Há uma sensação muito diferente dos filmes anteriores. Ainda é a mesma franquia; ainda tem Ed e Lorraine como protagonistas. Mas estamos levando os personagens para direções que ainda não havíamos explorado.

Ele completa, “Esse filme será uma ótima adição, pois definitivamente teremos um monstro completamente diferente dos outros. E o trocadilho foi de propósito.”

Aproveite para assistir:

Conheça a história:

Em 1981, Debbie Glatzel assistiu aterrorizada enquanto seu noivo de 19 anos, Arne Cheyenne Johnson, aproximou-se do proprietário de seu imóvel, Alan Bono, e cruelmente o esfaqueou várias vezes no peito, matando-o.

Meses antes do assassinato, o irmão mais novo de Debbie, David, experimentou ataques violentos de raiva e comportamento inexplicável. Convencido de que David estava sob o domínio de algo mal, a família chamou os Warren para ajudar. Os Warren afirmaram que 43 demônios residiam no menino e eles começaram a visitá-lo regularmente. O casal realizou três pequenos exorcismos para livrar o menino da possessão.

Durante o exorcismo final, Arne Cheyenne Johnson pediu ao demônio para vir para ele e possuí-lo em seu lugar. A partir desse momento, Debbie e os Warren afirmaram que ele foi possuído pelos mesmos demônios. Os Warrens teriam avisado a polícia local que uma tragédia aconteceria em breve, mas foram ignorados. Durante sua defesa no tribunal, Cheyenne Johnson afirmou que estava possuído por demônios quando assassinou Bono.

Segundo o advogado de Johnson, Bono tinha sofrido “quatro ou cinco enormes feridas”, principalmente para o peito, e uma que se estendia desde o estômago até a base do seu coração. Johnson foi encontrado 3 km do local do assassinato.

O acontecimento, que ganhou grande atenção da mídia, se tornou o primeiro caso conhecido de um acusado usando possessão demoníaca como justificativa nos Estados Unidos, e foi apelidado de “O diabo me obrigou a fazer” pela mídia.

Assustador, não é mesmo?!

Veja fotos:

Além disso, o primeiro trailer foi divulgado e trazemos a descrição para você:

O vídeo começa falando sobre o caso de um homem que esfaqueou vinte e uma vezes um colega em um canil e foi inocentado alegando uma possessão demoníaca. Os juízes chamaram dois peritos para estudarem o caso: Ed e Lorraine Warren. Vemos os dois recebendo uma ligação e viajando para uma cidade, aonde entram em um necrotério com um corpo carbonizado. A cena é aterrorizante. Quando Lorraine toca no defunto, as luzes se apagam e uma entidade assustadora surge em uma cena extremamente aterrorizante! O clima parece ser tão assustador quanto os primeiros filmes.

James Wan não retornará para a direção; Michael Chaves (‘A Maldição da Chorona‘) assume em seu lugar.

Vera Farmiga e Patrick Wilson voltam como Lorraine e Ed Warren. 

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE