De acordo com o WGTC, Chris Pratt está em negociações com a Universal Pictures para participar de alguns episódios da futura série de TV da franquia ‘Jurassic World’.

A informação veio da mesma fonte que revelou o retorno de Han Lue (Sung Kang) em ‘Velozes e Furioso 9‘ antes da confirmação oficial.

Foi dito que o estúdio pretendia contratar Pratt como um dos principais personagens da série, mas devido à falta de verba e à agenda lotada do astro, ele deve fazer breves aparições.

Até o momento, não foi revelado se Bryce Dallas Howard também irá reprisar seu papel na série, que contará com um novo elenco de protagonistas.

Lembrando que o Geek WorldWide adiantou que o projeto está em fase de pré-produção e o roteiro já está sendo escrito.

As gravações serão rodadas em Vancouver, no Canadá, mas ainda não há previsão de agenda por conta surto de Coronavírus.

Em relação à trama, parece que os eventos da série devem acontecer no mesmo período de ‘Jurassic World 3‘ e os episódios darão continuidade à narrativa do longa, que estreia apenas em 2021.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

Como a ideia ainda está nos estágios iniciais, novas informações devem ser divulgadas em breve.

Em setembro de 2019, o diretor Colin Trevorrow já havia adiantado numa convenção de cultura pop que uma série de TV estava nos planos da Universal.

Ao ser questionado sobre a possibilidade, o cineasta disse que:

“Se o público quer ver [outras histórias em live action], vamos fazer. Quem sabe mais uns filmes ou séries de TV.”

Lembrando que ‘Jurassic World 3‘ chega aos cinemas nacionais em 11 de junho de 2021.

Emily Carmichael (‘Círculo de Fogo: A Revolta‘) está escrevendo o roteiro junto com Colin Trevorrow.

Em entrevista ao site especializado na franquia, Jurassic Outpost, Trevorrow comentou sobre o que os fãs podem esperar para o terceiro filme.

“Não tenho ideia do que motivaria os dinossauros a destruir uma cidade. Eles não são organizados. Na vida real temos predadores letais que vivem nos arredores de áreas urbanas que não entram nas cidades para caçar humanos. O mundo que estou ansioso para criar é onde seja possível encontrar rotineiramente um dinossauro cruzando estradas ou um que invada seu quintal à procura de comida. Nós simplesmente não entramos em guerra com os animais. A teríamos perdido há muito tempo.”

Ele também comentou sobre como a recepção das críticas dos fãs e jornalistas ajudou na narrativa de ‘Jurassic World: Reino Ameaçado‘:

“Nós viramos para um lado mais sombrio de ‘Jurassic Park‘ naquele roteiro. O primeiro filme era uma aventura colorida e pop, já no segundo resolvemos explorar o lado feio da humanidade e o tratamento cruel com animais. Mas acho que Bayona, o diretor, nos deteve de ir longe demais, o que é algo bom. Ele abraçou os elementos sombrios, mas adicionou humor na aventura. A ideia de tornar a venda dos dinossauros em um leilão para os super ricos também foi dele. Na versão original, era algo bastante clandestino e sujo. Acho que a versão que foi para o filme funciona melhor para as crianças. Foi uma grande vantagem termos ele no time.

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE