Em seu perfil do Twitter, o rapper Kanye West acusou sua própria esposa, Kim Kardashian, de tentar ‘interná-lo’ num hospital psiquiátrico após suas polêmicas declarações durante um comício como possível candidato à presidência dos EUA.

O astro ainda disse que se sentiu como um personagem de ‘Corra!‘, filme de terror psicológico no qual pessoas negras são sequestradas e se tornam vítimas de lavagem cerebral.

Kim estava tentando viajar para Wyoming com um médico para me internar como no filme ‘Corra!‘, só porque eu chorei para salvar a vida as minhas filhas”, escreveu ele, revelando que tinha pedido para a esposa abortar North West, a primeira filha do casal.

Em seguida, West acusou a sogra, Kris Jenner, de tramar contra sua vida e afastá-lo dos filhos.

Aproveite para assistir:

Kris, não brinque comigo. Não quero você e aquele Calmye [namorado de Kris] perto das minhas crianças. Vocês tentaram me prender. Todo mundo sabe que o filme ‘Corra!‘ é sobre mim.”

Mudando de assunto, ele provocou a esposa ao mencionar um vídeo íntimo dela que acabou vazando há alguns anos:

“Eu ponho minha vida na linha de frente pelos meus filhos para que a mãe de North nunca venda sua sex tape. Eu deixo nas mãos de Deus, que ela nunca fotografe North fazendo a Playboy.”


Na última frase, o astro se referiu ao reality ‘Keeping Up With the Kardashians’, no qual Kris aparece fotografando Kim para a revista masculina.

Após as revelações, Kanye cessou os ataques e disse que iria focar na carreira musical de agora em diante.

“Vou focar na música a partir de agora.”

Vale lembrar que o site TMZ já divulgou que West foi diagnosticado com transtorno bipolar e costuma ter crises de personalidade ao longo dos meses, o que pode ter sido o motivo das declarações.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE