Mulan estreia nos Estados Unidos nesta sexta-feira, 04 de setembro, no catálogo do Disney+ – e, enquanto alguns usuários ficaram felizes com a notícia, outros não tiveram uma recepção tão caloroso com o fato de terem de pagar 30 dólares adicionais para conferir a produção.

De qualquer forma, o Screen Rant revelou recentemente que, caso os internautas não queiram pagar a taxa extra, poderão assistir ao longa-metragem de graça três meses depois da estreia oficial – ou seja, no dia 04 de dezembro.

Diferente do que se esperava, Mulan não será lançado no Brasil através do Disney+ em novembro. A expectativa é que o estúdio lance o filme nos cinemas por aqui, e só o adicione ao catálogo em 2021.

A versão live-action é dirigida por Niki Caro e é estrelada pela chinesa Liu Yifei,também conhecida como Crystal Liu, uma das atrizes mais populares desta geração no país.

Aproveite para assistir:

Donnie YenJet LiGong LiJason Scott LeeYoson AnSusana Tang e outros completam o elenco.

Em entrevista ao Digital Spy, Caro revelou alguns detalhes sobre o aguardado longa-metragem e explicou a decisão de tirar as sequências musicais de sua versão, dizendo que “ninguém canta na guerra”!

“Eu pensei nessa adaptação do ponto de vista mais realista, e quem é que canta no meio da guerra? Os personagens estão em guerra, entre espadas e flechas…”, disse ela. “Não sou contra a animação, não é isso, mas são aspectos diferentes. As músicas são brilhantes e vamos honrá-las de uma maneira muito significativa. Mas eu me concentrei no drama de uma menina que está enfrentando uma guerra como um soldado.”


Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE