Ano após ano, Neil Gaiman se torna um dos nomes mais célebres do entretenimento contemporâneo e, em quase 40 anos de carreira, deu origem a alguns dos títulos multimidiáticos mais aclamados de todos os tempos.

O autor inglês é a brilhante mente por trás da série de quadrinhos ‘The Sandman, bem como as obras ‘Stardust’‘Deuses Americanos’‘Coraline’ e a colaboração ‘Belas Maldições’ ao lado de Terry Pratchett (uma das grandes surpresas da década de 1990 que foi redescoberta anos mais tarde por uma geração sedenta por histórias originais).

Dono de inúmeros prêmios literários e artísticos, Gaiman, assim como o mestre do terror Stephen King, é constantemente revisitado, e suas obras, adaptadas para o cinema e para a televisão.

Pensando nisso e celebrando seu 61º aniversário, comemorado hoje, 10 de novembro, separamos uma breve lista com as melhores releituras dos escritos de Gaiman. Para tanto, não montamos um ranking, e sim um compilado de produções que não merecem nossa atenção.



Confira:

STARDUST – O MISTÉRIO DA ESTRELA (2007)

Aproveite para assistir:

O livro ‘Stardust – O Mistério da Estrela’ foi lançado em 1999 – e levou meros oito anos até que Matthew Vaughn se apaixonasse pelo mágico e envolvente enredo e transformasse as belíssimas páginas em uma produção de tirar o fôlego.

Gaiman revelou que a narrativa foi escrito sob a tradução pré-tolkieana: embebeida no pináculo da fantasia inglesa, o enredo ambientado em Stormhold e na Cidade do Muro é inspirado por autores como Lord DunsanyHope Mirrless e foi levada aos cinemas com o carisma e o talento de Claire DanesMichelle PfeifferCharlie CoxRobert De Niro. A trama acompanha as avenutras de um jovem moço que, buscando encantar sua pretendente, cruza caminho com uma estrela cadente.



CORALINE E O MUNDO SECRETO (2009)

Honestamente, Coraline e o Mundo Secreto se tornou não apenas uma memorável animação, mas uma das melhores produções do século. Baseado no romance homônimo de 2002, o filme foi encabeçado por Henry Selick e caiu no gosto do público e da crítica – conquistando, inclusive, uma indicação ao Oscar.

Contando com um elenco que inclui Dakota FanningTeri HatcherJennifer Saunders e muitos outros, a história acompanha a personagem titular que, após se mudar para um enorme casarão com sua família, descobre uma porta que leva a outra dimensão – uma dimensão em que pessoas que parecem com seus pais têm botões no lugar dos olhos e que escondem um segredo sinistro e mortal.

LUCIFER (2016 – 2021)

Lucifer ascendeu ao patamar de uma das séries mais bem-sucedidas da Netflix (anteriormente da Fox) e, até hoje, continua conquistando fãs ao redor do mundo. Destrinchada em seis temporadas, a produção é baseada nos personagens criados por Gaiman, Sam KiethMike Dringenberg – retirado dos quadrinhos ‘The Sandman e levado ao selo Vertigo, da DC Comics.

A adaptação, estrelada por Tom Ellis, gira em torno de Lucifer Morningstar, que abandona o Inferno e se muda para Los Angeles, onde toma conta de uma balada noturna chamada Lux e se torna consultor para o Departamento de Polícia local. Além de Ellis, o elenco também conta com Lauren GermanKevin AlejandroD.B. WoodsieLesley-Ann Brandt e outros.

AMERICAN GODS (2017 – 2021)



Apesar da 2ª e da 3ª temporadas de American Gods não serem tão espetaculares quanto o ciclo de estreia, a série permanece como uma das melhores adaptações do panteão criado por Gaiman.

Baseado no livro de mesmo nome lançado em 2001, a história é considerada por inúmeros fãs e especialistas como a mais insana do autor inglês. No geral, o enredo é centrado em Shadow Moon (Ricky Whittle), um ex-presidiário que volta para casa e descobre que a esposa morreu num acidente de carro. Pouco depois, ele é arrastado para uma jornada sobrenatural e perigosa em que os Velhos e os Novos Deuses batalham pela supremacia e pelo controle do mundo.

GOOD OMENS (2019 – PRESENTE)

Em 1990, Gaiman se aventurava na comédia fantástica mais uma vez com ‘Belas Maldições’, assinando o aclamado romance ao lado de Pratchett. Quase trinta anos mais tarde, a Amazon Studios e a BBC Studios adquiriram os direitos intelectuais da obra e deram vida à elogiada minissérie ‘Belas Maldições’.

Protagonizada por Michael SheenDavid Tennant, a produção amalgama inúmeros temas e figuras da mitologia cristã e tem como principal foco narrativo as aventuras espetaculares e hilárias do anjo Aziraphale e do demônio Crowley – que transcendem os próprios laços quando o apocalipse é anunciado. O sucesso foi tamanho que, quase dois anos mais tarde, a Amazon anunciou uma segunda temporada do show.


BÔNUS: SANDMAN

Tudo bem, Sandman nem ao menos estreou no catálogo da Netflix, mas já um título que merece nossa atenção por ser uma das produções mais ambiciosas da plataforma. Considerada a criação mais popular de Gaiman, a história é centrada no ser mítico Sonho, parte de um grupo conhecido como Os Perpétuos ou Os Sem Fim. Como seu nome indica, o protagonista dos quadrinhos reina sobre o mundo dos sonhos. A trama tem início quando ele escapa de seu cativeiro, que durou 70 anos, e encontra seu reino dilapidado nos dias atuais.

Com estreia prevista para 2022, o elenco será formado por Tom Sturridge (Sonho), Gwendoline Christie (Lúcifer), Vivienne Acheapong (Lucienne), Boyd Holbrook (Coríntio), Charles Dance (Roderick Burgess), Asim Chaudhry (Abel), Sanjeev Bhaskar (Cain), Kirby Howell-Baptiste (Morte), Mason Alexander Park (Desejo), Donna Preston (Desespero), Jenna Coleman (Johanna Constantine), Niamh Walsh (Ethel Cripps) e Joely Richardson (Ethel).

Comentários

Não deixe de assistir: