Prática é bastante corriqueira na indústria

Uma notícia que certamente era há muito esperada pela comunidade gamer é a de que os três primeiros títulos da franquia GTA na era 3D (GTA III, Vice City e San Andreas) podem ganhar uma remasterização em 2022. A informação foi passada primeiramente pela Kotaku e confirmada pelo jornalista Tom Henderson, famoso por suas ligações com desenvolvedoras de jogos como Call of Duty e Battlefield.

Apesar dos nomes envolvidos (tanto do veículo quanto do jornalista) a informação ainda é tratada como rumor, uma vez que a desenvolvedora da franquia, Rockstar Games, não veio a público com uma data de lançamento, ou sequer de que a trilogia remasterizada exista, formalmente. Mesmo assim, esse não só é um sonho de longa data dos fãs da franquia como também reforça mais uma vez a tendência da indústria de jogos por franquias remasterizadas.

5) The Last of Us

Lançado em 2013, a obra do estúdio Naughty Dog é considerada por alguns como simplesmente o maior jogo da história. Clássico absoluto do Playstation 3 o título apresentou uma jornada emocionalmente poderosa do mercenário Joel e da jovem Ellie em um EUA devastado após uma infecção em larga escala; o protagonista inicialmente deve levar a menina para o outro lado do país, mas as coisas não saem conforme o planejado e não demora até que a natureza selvagem do homem se mostre para eles.



Uma jornada que conquistou todos os corações.

A versão remasterizada do clássico foi lançada em julho de 2014 para o Playstation 4 (até então a nova geração de consoles) com melhorias gráficas e no volume de áudio, alguns dos poucos pontos negativos da primeira versão, aprimorada consideravelmente. Uma nova versão para Playstation 5 é esperada também.

4) Arkham Asylum

Com a cada vez maior atenção das desenvolvedoras à produção de novos jogos baseados em quadrinhos, fica fácil esquecer como esse gênero ganhou tamanha importância. Foi em 2009 que a então desconhecida Rocksteady iniciou um projeto ousado: lançar a experiência definitiva de jogar com o Batman. O investimento também não foi tímido; foram chamados Kevin Conroy e Mark Hamill (Batman e Coringa respectivamente) para repetir seus icônicos trabalhos de dublagem imortalizados na série animada dos anos 90.

Aproveite para assistir:

O Coringa lidera uma rebelião dos pacientes no Asilo Arkham.

O roteiro ficou a cargo do veterano Paul Dini que viu no cenário do Asilo Arkham de Gotham, local famoso nos quadrinhos do Homem-Morcego, uma oportunidade em que o herói estaria em desvantagem e em um local tomado por seus maiores inimigos. A remasterização veio em 2016 sob o nome de Return to Arkham no qual tanto o primeiro título como sua sequência, Arkham City, tiveram visíveis melhorias visuais.

3) Skyrim

The Elder Scrolls é uma das franquias mais importantes do gênero de RPG nos jogos, tendo ajudado a estabelecer o modelo ocidental como um concorrente direto ao estilo japonês. Desenvolvido desde sempre pela Bethesda, cada jogo da franquia se situou em uma localidade diferente do mundo fictício de Tamriel e tendo cada enredo contado independente do anterior.



As pretensões da escala em Skyrim mudaram tudo para o gênero de RPG ocidental.

Para muitos o quinto título da franquia, Skyrim, não só é o mais popular como também o melhor, tendo sido a porta de entrada para muitos. O sistema refinado de upgrades somado ao enorme mapa, sempre muito dinâmico em questão de quests inesperadas, tornou o jogo um item essencial para o Playstation 3. 

Em outubro de 2016 foi lançado o remaster para Playstation 4 e Xbox One, trazendo as melhorias técnicas esperadas, bem como mais recentemente foi anunciado o lançamento de uma nova edição especial em comemoração aos dez anos do jogo com lançamento previsto para novembro.

2) Resident Evil 4

Nascida na segunda metade da década de 90, a franquia Resident Evil marcou época e fincou bandeira no gênero survival horror. Suas mecânicas de puzzles e ação misturadas ao clima opressivo e intimidador de cenários como a mansão Spencer (no primeiro jogo) ou as ruas infestadas de zumbis de Raccoon City (no segundo jogo e em Resident Evil: Nemesis) garantiu um lugar cativo no coração de toda uma geração.

A missão era para salvar Ashley, porém haviam ocasiões que mudanças poderiam ocorrer….

Da mesma forma, seus personagens são parte importante desse sucesso; todos compartilhando de altas doses de carisma que os alçaram a postos de heróis clássicos dos jogos. Dentre eles, é Leon Scott Kennedy quem costumeiramente é citado como o favorito de alguns fãs, porém não por sua estreia no segundo título mas sim no quarto. Foi ali que ele surgiu como um agente secreto altamente capacitado, dotado de grande autoconfiança e praticamente agenda como um exército de um homem só para resgatar a filha do presidente.

Resident Evilteve múltiplas versões lançadas ao longo dos anos; do GameCube ao Playstation 2, passando pelo Windows e chegando até o sistema operacional Android. Não importa qual seu aparelho, provavelmente existe uma versão do clássico para ele também.

1) Mass Effect: Legendary Edition

Apesar do tema medieval ser quase predominante quando se fala de RPG em games, existe um espaço reservado para a ficção cientifica também; nesse campo ninguém é mais soberano que Mass Effect. Lançado inicialmente em novembro de 2007 a trilogia da Bioware conquistou um lugar no coração dos jogadores tanto pelo vasto universo construído quanto pelo elenco de personagens cativantes.



Entretanto, após o desastroso lançamento da mais recente edição, Mass Effect: Andromeda, a desenvolvedora precisou voltar seus olhos para o que deu certo no passado. Com isso foi lançada a trilogia remasterizada da franquia, sonho antigo dos fãs, incluído também todos os pacotes de expansão de cada jogo.

O que se nota é que o trabalho de remasterização mais profundo foi no primeiro título, já que envelheceu muito mal para os padrões atuais da indústria. Desde a iluminação até a dirigibilidade do Mako (veículo de quatro rodas utilizado para exploração de planetas) foi retrabalhado.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: