Emily Blunt é uma das atrizes mais adoradas e conhecidas da atualidade – e já encarnou diversos papéis icônicos ao longo de sua carreira. Desde sua performance em O Diabo Veste Prada até a homenagem à Julie Andrews no bem-recebido O Retorno de Mary Poppins, a artista possui uma versatilidade invejável que a coloca continuamente no centro dos holofotes e no gosto do público e da crítica.

Em celebração ao seu 38º aniversário, que celebra hoje, 23 de fevereiro, o CinePOP separou uma breve lista com dez de suas melhores interpretações. Para tanto, não estamos analisando em forma de ranking, e sim colocando-os em ordem de lançamento.

Confira abaixo nossas escolhas e conte para nós qual o seu papel favorito da atriz:

A FILHA DE GIDEON (2005)

Personagem: Natasha

Em um de seus primeiros papéis, antes de dominar o mundo com seu carisma e suas potentes atuações, Blunt interpretou a jovem Natasha no telefilme A Filha de Gideon. Trabalhando ao lado de Bill Nighy, a atriz deu vida à personagem titular, uma adolescente mal-humorada à beira de um colapso nervoso. Não é surpresa que ela tenha ganhado seu primeiro e único Globo de Ouro pela atuação.



O DIABO VESTE PRADA (2006)

Personagem: Emily Charlton

Garantindo uma segunda indicação ao Globo de Ouro e outra ao BAFTA, Blunt deu vida a uma das antagonistas mais memoráveis da década passada na pele de Emily Charlton. A icônica assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep) em O Diabo Veste Prada trouxe diversão e dinamismo ao longa-metragem – isso sem comentar de sua química com Anne Hathaway no papel de Andy Sachs.

Aproveite para assistir:



A JOVEM RAINHA VITÓRIA (2009)



Personagem: Rainha Vitória do Reino Unido

Um dos principais papéis que ajudaram a alavancar a carreira de Emily BluntA Jovem Rainha Vitória a colocou no centro dos holofotes ao interpretar a jovem monarca titular, que, aos 17 anos, lutava pelo poder como a herdeira da realeza britânica. Aclamada pela crítica por sua transfiguração performática em cena, a personagem lhe rendeu mais uma indicação ao Globo de Ouro.

CINCO ANOS DE NOIVADO (2012)

Personagem: Violet Barnes

A comédia romântica Cinco Anos de Noivado parece como qualquer outra dos últimos vinte anos e, apesar da morna recepção crítica, o longa-metragem vale a pena por seu elenco, principalmente por Blunt. Aqui, ela interpreta Violet Barnes, uma mulher que percebe que seu relacionamento com Tom (Jason Segel) está se deteriorando por um motivo bem simples: nenhum dos dois consegue sair de um longo noivado para finalmente se casarem.



NO LIMITE DO AMANHÃ (2014)

Personagem: Rita Vrataski

Não é costumeiro ver Blunt se envolver com papéis de ação – mas, quando resolve dar uma reviravolta em sua carreira, a faz com maestria. No aclamado thriller sci-fi ‘No Limite do Amanhã’, a atriz interpreta a poderosa e impiedosa sargento Rita Vrataski, que ajuda o personagem interpretado por Tom Cruise a combater uma invasação alienígena na Terra. Ela inclusive levou para casa uma estatueta do Critics’ Choice Awards por sua rendição impecável.

CAMINHOS DA FLORESTA (2014)

Personagem: Mulher do Padeiro


O divertido e modesto Caminhos da Floresta não fez o barulho que prometeu à época do lançamento, mas Emily Blunt fez uma aparição memorável como a Mulher do Padeiro. No longa-metragem, a personagem tem um destino trágico após uma jornada de altos e baixos e, mais uma vez, a atriz foi relembrada no Globo de Ouro para uma indicação merecida.

SICARIO: TERRA DE NINGUÉM (2015)

Personagem: Kate Macer

Considerado por muitos como uma das melhores interpretações da carreira de Blunt, Kate Macer é um dos pontos-chaves do thriller de ação ‘Sicario: Terra de Ninguém’. Kate trabalha para o FBI e se une a outros agentes para combater o contínuo tráfico de drogas na fronteira entre os Estados Unidos e o México. A competente e crua rendição da personagem colocou Emily em um patamar honrável que a aproximou cada vez mais de lendas do cinema.

A GAROTA NO TREM (2016)

Personagem: Rachel Watson

A Garota no Trem pode ter sido um fracasso crítico, mas sem sombra de dúvida trouxe o melhor de Emily Blunt à tona. No thriller psicológico, ela interpreta uma problemática e psicótica mulher chamada Rachel Watson, que se torna obcecada por um casal que observa de longe, toda vez que pega o trem para ir à Nova York. Sua interpretação foi aplaudida pelos especialistas e pelo público, rendendo-lhe uma indicação ao SAG Awards e outra ao BAFTA.

UM LUGAR SILENCIOSO (2018)

Personagem: Evelyn Abbott

Facilmente um dos melhores filmes da década passada, Um Lugar Silencioso reviveu o gênero do terror de forma surpreendente. No longa, Blunt dá vida à Evelyn Abbott e contracena ao lado de seu marido, John Krasinski. Literalmente movida pelo silêncio e por expressões e detalhes performáticos de tirar o fôlego, a performance de Blunt foi novamente ovacionada e lhe garantiu uma estatueta do SAG Awards.

O RETORNO DE MARY POPPINS (2019)

Personagem: Mary Poppins

“Praticamente perfeita de todos os jeitos” é a frase que resume a personalidad Mary Poppins, uma das personagens mais lendárias do panteão Disney e da própria literatura inglesa. E, depois de Julie Andrews encarnar a babá encantada com maestria, chegou a vez de Blunt fazer um trabalho honrável 55 anos depois do longa-metragem original. Com charme, carisma e uma voz irretocável, sua interpretação lhe rendeu inúmeras indicações e honrarias.

Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE