Segundo o Deadline, a Disneyland de Honk Kong fechará seus portões mais uma vez.

A decisão foi feita pelas autoridades locais e sanitárias em virtude do aumento dos casos de COVID-19, principalmente por causa da insurgência da variante Ômicron (que vem premeditando mais uma onda da doença no mundo inteiro).

As informações indicam que os parques temáticos, os voos e outros serviços de viagem e lazer serão interrompidos para impedir a rápida disseminação do vírus. As paralisações irão ocorrer entre os dias 07 e 20 de janeiro – as duas semanas recomendadas pelos especialistas da área de saúde para estratégias de isolação e/ou quarentena serem eficazes.

Esta é a quinta vez que a Disneyland em Hong Kong irá fechar desde o início da pandemia na região (no fim de 2019/começo de 2020).



Na região, o primeiro caso da variante Ômicron foi confirmado em 31 de dezembro de 2021, obrigando as autoridades a outorgarem emendas imediatas para frear a doença – em uma campanha intitulada COVID Zero.

Voos também foram suspensos para oito países internacionais, incluindo os Estados Unidos e o Reino Unido. Já na China, duas cidades também impuseram o lockdown para a mesma semana, depois de casos de COVID-19 começarem a crescer.

Aproveite para assistir:

Enquanto isso, os parques da Disney nos EUA permanecem aberto, ainda que mais de 800 mil novos casos tenham sido confirmados entre os feriados de Natal e de Ano Novo.

COMENTÁRIOS

Não deixe de assistir: