Em entrevista ao Variety, Guillermo del Toro falou sobre o que irá diferenciar sua versão de ‘Pinóquio‘ das outras lançadas anteriormente.

“Para mim, Pinóquio é como Frankenstein, ele é uma tela em branco na qual aprende o que é o mundo e o ser humano, e isso é muito atraente para se fazer uma história. Eu me sinto muito atraído pelo projeto porque, tematicamente é sobre algo que está em todos os meus filmes – que é a escolha. Esse é um tema que é muito querido para o meu coração.”

Ele continua, “Acho que [as versões anteriores] da história, a versão de [Carlo] Collodi em particular, são muito repressivas. É essencialmente uma fábula muito brutal sobre o pecado da desobediência. E acho que a desobediência é o começo da vontade e o começo da escolha. Acredito que há algo muito atraente em ver a desobediência como uma virtude ou como o começo de uma virtude.”

Guillermo del Toro irá escrever e dirigir a versão em stop-motion, que é baseada no clássico de animação criado por Carlo Collodi.

A trama será ambientada na Itália, durante os anos 30, um momento histórico particularmente carregado, em uma época que o fascismo estava em ascensão e Benito Mussolini estava consolidando o controle do país.

O projeto está sendo desenvolvido pelo cineasta há anos e parece que finalmente sairá do papel.



Novas informações devem ser divulgadas em breve.

Comentários

Não deixe de assistir: