O especial de Natal do Porta dos Fundos para a Netflix está realmente dando o que falar. Intitulado ‘A Primeira Tentação de Cristo‘, a comédia não tem sido recebida com bons olhos por uma grande parcela do público.

Um grupo de cristãos criou um abaixo-assinado no Change.org exigindo que a Netflix retire o filme de seu catálogo. A petição já conseguiu mais de 1 milhão de assinaturas.

“Pelo impedimento do filme de Natal da Netflix e porta dos fundos, por ofender gravemente os cristãos”, diz a descrição do abaixo-assinado.

Confira o abaixo assinado.

A petição tomou força após o deputado federal Eduardo Bolsonaro postar em sua conta do Twitter uma crítica ao especial de Natal, dizendo que o filme o deixou indignado por trazer um “Jesus Cristo gay” que se recusa a pregar “a palavra de Deus”.



“A Netflix acaba de lançar um ‘Especial de Natal’ onde Jesus Cristo (Gregório Duvivier) é gay e tem relações com Fábio Porchat, além de se recusar a pregar a palavra de Deus. Somos a favor da liberdade de expressão, mas vale a pena atacar a fé de 86% da população? Fica a reflexão”, postou.

Logo depois, o astro Gregório Duvivier comemorou a repercussão que o filme tem recebido:

Aproveite para assistir:



“Caramba, tá todo o mundo assistindo mes-mo! Foda”, brincou.

Confira:

O especial já está disponível na plataforma.

Confira o trailer:



Comentários

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE