O confronto na justiça entre Johnny Depp e sua ex-esposa Amber Heard continua! Em testemunho recente, Melissa Saenz, policial de Los Angeles, revelou que não havia sinais de ferimentos visíveis na atriz após ela ter feito sua ligação para a emergência.

A ligação aconteceu no dia 21 de maio de 2016, e, segundo a policial, Heard não apresentava sinais de ter sofrido abuso físico.

“Eu fiz uma busca no local por um suspeito,” afirmou Saenz em testemunho gravado. Ela declarou que, apesar das buscas, nenhum suspeito foi encontrado – e não havia danos na propriedade. Quando perguntada sobre as marcas vermelhas no rosto da atriz, Saenz disse que Heard parecia corada como se tivesse chorado, mas não havia sinais de ferimentos.

Saenz, uma veterana de 12 anos do LAPD, acrescentou que não registrou um boletim de ocorrência e considerou o incidente como “encerrado” porque, em sua opinião, não houve crime.


“Nós nos encontramos com a vítima. Checamos o local, o marido não estava lá, e a vítima nos disse que ela apenas havia tido uma discussão e que não daria mais nenhuma informação. Por não termos identificado um crime, nós demos nosso cartão a ela, avisando que ela podia nos contatar posteriormente caso quisesse cooperar,” afirmou Saenz.

Aproveite para assistir:



Anteriormente, Howard Stern, famoso humorista e locutor americano, disse que Johnny Depp está se mostrando um tremendo narcisista e exagerando em seu testemunho contra Heard no julgamento por difamação do ex-casal.

“A razão pela qual ele queria que isso fosse televisionado é o tipo de coisa que os narcisistas fazem. Eles acham que podem se livrar de qualquer coisa”, disse Stern em seu programa de rádio SiriusXM, em um trecho reproduzido pela Variety.

Que continuou dizendo: “Acho que Johnny Depp é um grande narcisista e o que quero dizer com isso é algo como: ‘Vou colocar isso na TV porque sou tão persuasivo e tão inteligente, sou um cara maravilhoso’. Ele está atuando e exagerando porque está escrevendo tudo aquilo”.


O humorista ainda disse que acha um erro o ator ter decidido transmitir o julgamento e que isso não salvará sua carreira: “Não está soando bem para você, não está soando bem para ela. Não está soando bem para ninguém. Vocês soam como duas crianças brigando”, completou.

Johnny Depp concluiu seu interrogatório na última segunda-feira (25), o oitavo dia de audiências do processo.

Entenda melhor o caso de Deep e Heard:

Johnny Depp iniciou a ação de difamação na Justiça contra Amber Heard após a atriz relatar experiências de violência doméstica em um texto para o Washington Post. Nos últimos três anos, ambos compartilharam detalhes de supostas agressões.

Agora, em 2022, após ocuparem inúmeras manchetes na mídia nos últimos anos, Depp e Heard estão oficialmente se enfrentando na Justiça. O processo de julgamento do casal começou em 11 de abril, na Virgínia, Estados Unidos.


Não deixe de assistir: