O terror ‘Halloween Kills‘ finalmente teve a sua estreia nos cinemas brasileiros e a produção marca o retorno do serial killer Michael Myers, que fará de tudo para assassinar Laurie e sua família.

Mas o que muitos não sabiam é que o final da produção seria um pouco diferente da versão lançada nas telonas. A primeira opção – que acabou sendo descartada pela Universal Pictures – traria um final um pouco mais misterioso.

E o site Comicbook.com divulgou um trecho do roteiro que detalha as diferenças entre o final original e a versão lançada nas telonas.

Lembrando que o material possui VÁRIOS SPOILERS, então leia por sua própria conta e risco!



O final de Halloween Kills lançado nos cinemas:

Halloween Kills termina onde tudo começou: no quarto da velha casa de Myers, onde Michael de seis anos assassinou sua irmã mais velha, Judith Myers, na noite do Halloween de 1963. Desta vez, a vítima de Michael é Karen, filha de Laurie, morta por um ataque violento no mesmo local onde Judith morreu décadas antes.

Depois que Michael mata Karen, a cena corta para Laurie olhando para as luzes vermelhas e azuis da polícia piscando no Hospital Haddonfield, longe do horror e da carnificina que aconteceu na casa da família Myers, onde Allyson e Karen pensavam que um reinado de terror de quatro décadas havia finalmente se encerrado. Mas você não pode matar o bicho-papão.

Aproveite para assistir:

O filme termina com a máscara queimada e ensanguentada de Michael Myers olhando pela janela de Judith, com a tela escurecendo e o título Halloween Kills surgindo na tela – provocando um confronto inevitável quando a saga se encerrar, em 2022.

O final de Halloween Kills que quase aconteceu:

Mas Kills foi originalmente programado para terminar com Laurie sabendo da morte de Karen e empunhando a faca que Allyson deixou ao lado de sua cama no início do filme, pronta para uma luta final até a morte com Michael. Apesar do mote “o mal morre esta noite” estar presente em Halloween Kills, o mal não morrerá até que Laurie e Michael se encontrem novamente pela última vez em Halloween Ends.



Na página final do roteiro de Kills, escrito pelo diretor David Gordon Green e pelos co-roteiristas Danny McBride e Scott Teems, Michael mata Karen, e seu cadáver jaz assustadoramente no mesmo local onde Judith Myers morreu.

Michael atende o telefone de Karen que está tocando e que indica ser uma “chamada desconhecida”. Descobrimos que Laurie estaria ligando de um telefone fixo de dentro do hospital. “Nada além de uma profunda respiração é ouvida do outro lado da linha”, diz um trecho do roteiro. “O rosto de Laurie diz tudo. MEDO”, encerra o material.

Lembrando que o filme segue em exibição nos cinemas brasileiros!

O terror será lançado nos cinemas nacionais no dia 14 de outubro.

Os novos filmes trarão diversos personagens conhecidos da franquia, tais como Lindsey Wallace (Kyle Richards), Tommy Doyle (Anthony Michael Hall), Marion Chambers (Nancy Stephens), Leigh Brackett (Charles Cyphers) e Lonnie Elam (Robert Longstreet).



Recentemente, foi divulgado que a sequência terá alta classificação etária e poderá ser assistida apenas por maiores de idade ou menores acompanhados por um responsável.

O terror foi classificado por “forte violência sangrenta, imagens macabras, linguagem e uso de drogas”.

Jamie Lee Curtis estrela ambas sequências, que também trará o retorno de Robert Longstreet, Kyle Richards e Anthony Michael Hall. Judy Greer e Andi Matichak também voltam.

Não deixe de assistir: