Sylvester Stallone revela que Dolph Lundgren quase o matou em 'Rocky 4'



'Rocky IV' provou o quão mortal era Ivan Drago (Dolph Lundgren), ao matar Apollo Creed (Carl Weathers) apenas com seus punhos. A ameaça de morte pairou sobre o confronto entre Rocky Balboa (Sylvester Stallone), e Drago durante todo o filme. E não foi apenas no filme, já que Lundgren quase matou Stallone enquanto eles filmavam sua luta.

"Ele me bateu com tanta força que quase parou meu coração", disse Stallone a uma multidão em Cannes, segundo o Vulture. "Eu disse a ele: 'Por que não fazemos isso? Apenas tente me derrubar. Se solte o mais forte que puder’. Isso foi uma coisa realmente estúpida para dizer. Eu acordei em um avião em baixa altitude, indo para a sala de emergência, onde fiquei em tratamento intensivo por quatro dias. E havia todas essas freiras por lá”.

Stallone também lembrou sua reação inicial ao encontro com Lundgren.


Aproveite para assistir:


"E então Dolph Lundgren entrou, e eu o odiei imediatamente... Eu tive que encontrar um ser sobre-humano como um oponente, alguém que seria esmagador."

O ator ainda explicou porque teve uma reação tão negativa a Lundgren, dizendo:

"Isso mesmo, ele é perfeito... Isso é o que eu imagino que eles fariam com um atleta - alguém que é literalmente perfeito. Indestrutível. Ombros, antebraços, pernas gigantes, pescoço, costas, tudo."

Stallone confirmou queCreed II seria sua última aparição como Rocky e o filme também deu a Lundgren a oportunidade de reprisar seu papel como Drago, treinado seu filho, Viktor Drago, para enfrentar Adonis Creed (Michael B Jordan).


COMENTÁRIOS