DEPOIS DE QUASE DEZ ANOS, OS FILMES-PARÓDIA CONTINUAM NA MESMA

Os filmes paródia, subgênero do qual a série Todo Mundo em Pânico faz parte, se utilizam de um humor terceirizado. Ou seja, seu roteiro baseia-se apenas na imitação cômica de variados filmes de sucesso. O fato torna impossível qualquer espécie de análise crítica mais aprofundada, já que a obra é apenas uma sucessão de piadas e esquetes nos quais a maioria dos elementos que fazem parte de todo filme, não se tornam necessários, como fotografia, trilha sonora, atuações, etc..

A única questão aqui é saber se você gosta desse tipo de filme. Se a resposta for sim, então muito provavelmente você irá gostar de Todo Mundo em Pânico 5, já que dentro do padrão estabelecido a produção não é das piores. Sem dúvidas é consideravelmente superior a alguns exemplares hediondos do subgênero, como EspartalhõesUma Comédia Nada Romântica, e as paródias recentes da série Crepúsculo. A série Todo Mundo em Pânico, mesmo vindo de um hiato de sete anos, pode ser considerada o que há de melhor no subgênero. O que realmente não quer dizer muito.

2


Verdade seja dita, tal subgênero é atraente basicamente para os jovens. Os mais velhos e pessoas com um humor mais refinado, e gosto um pouco mais sofisticado, sabem que esse tipo de filme perdeu a força lá atrás, na década de 1990. Filmes precursores como Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu…Corra que a Polícia Vem Aí, e até mesmo Top Gang, marcaram época e cravaram seu lugar na história do cinema com um humor non-sense.

Mas acima de tudo, o que tais filmes possuíam eram cenas que funcionavam, atores que vendiam bem a ideia, e milhares de gags por frame. O primeiro Todo Mundo em Pânico tentou revitalizar o subgênero para a última década, mas mesmo lá notávamos um teor muito maior de piadas de baixo calão. Coisa que continua até hoje, tendo perdido seu gás rapidamente há muito tempo. A ideia agora parece ser chocar com um humor sujo o tempo inteiro, e piadas envolvendo basicamente tombos, coisas caindo em cabeças, e todo tipo de briga ou acidentes.

Aproveite para assistir:

3

É um tipo de humor muito infantil para os maiores de idade se importarem. Sobram as paródias, que até exibem certa criatividade e graça na hora de desmistificar produções recentes de sucesso, e quem dera se empenhassem mais nisso e menos em panelas batendo em cabeças. O que recai em outro quesito: depende de você ter assistido aos filmes dos quais estão tirando sarro, já que os filmes-paródia podem ser considerados um festival de spoilers (aqui basicamente reprisam o final do recente terror Mama).

Além de Mama, os filmes “homenageados” da vez são Atividade ParanormalPlaneta dos Macacos – A OrigemEvil Dead – A Morte do DemônioCisne NegroA OrigemHistórias Cruzadas, e até mesmo o famoso livro 50 Tons de Cinza. O início com Charlie Sheen e Lindsay Lohan, dois renegados de Hollywood, é a melhor parte e brinca em cima de seu atual status (mais uma vez funciona apenas se você estiver a par da situação dos atores).

5


A jovem Ashley Tisdale, oriunda de produções da Disney para a TV, tem como missão substituir a antiga protagonista da série, Anna Faris. Tisdale exibe carisma e mostra que merece mais, assim como seus companheiros de Disney, Vanessa Hudgens e Zac Efron.

E para quem execrou o filme Para Maiores, lançado no início desse ano, e que reunia diversos esquetes grosseiros e incorretos, pensemos pelo seguinte lado: Para Maiores faz uso de um elenco melhor e de um humor ao menos original em relação aos filmes paródia.

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE