Para quem não sabe, Jada Pinkett Smith, além de atriz, tinha uma banda de Metal no início dos anos 2000 chamada Wicked Wisdom, esta que até chegou a participar de uma edição do Ozzfest.

De acordo com Will Smith, que detalhou o caso em seu livro de memórias, o convite para o grupo tocar no evento de Ozzy Osbourne partiu da companheira do roqueiro, Sharon Osbourne. Onde na Metal Hammer, Will, que também já se envolveu com a música, mas seguiu pelo caminho do Rap/Hip Hop, descreveu o festival como “hilário para porra” e o comparou com o curling, esporte popular nas Olimpíadas de Inverno.

Ozzfest… o encontro de todas as vertentes do Metal. Thrash, industrial, hardcore punk, deathcore, metalcore, post-hardcore, alternativo, death, gótico e nu. Sharon [Osbourne, organizadora do festival] viu a banda de Jada e uma parte dela entendeu. As duas ficaram amigas e Sharon colocou a Wicked Wisdom no Ozzfest no verão de 2005. Ozzfest é o evento menos afro-americano [que já vi] tirando aquela coisa com uma vassoura e um taco de hockey gigante com disco que eles têm nas Olimpíadas…”, falou o astro.



A banda liderada por Jada era, realmente, a única a ter algum artista negro em posição de relevância na escalação daquele ano. Ainda hoje o gênero dispõe de poucos musicos negros.

Não deixe de assistir: