10 Filmes sobre Mágicos e Ilusionistas

10 Filmes sobre Mágicos e Ilusionistas

COMPARTILHE!

Listamos as dez produções sobre mágicos e ilusionistas dentro dos mais variados gêneros.

Confira:

 




Oz: Mágico e Poderoso

Oz

Nessa pré-sequência do clássico O Mágico de OzJames Franco vive mágico golpista e sedutor de mulheres, no Kansas da década de 1930. O enganador entra bem quando ao fugir de um marido enfurecido, cai dentro de um poderoso tornado com seu balão. A produção foi um dos primeiros blockbusters de 2014, e tem o comando de ninguém menos do que o cultuado Sam Raimi. O castigo do protagonista se torna menor, ao cair num mundo novo e se deparar com as belezas de Mila Kunis , Rachel Weisz  e Michelle Williams .

 

O Grande Truque

Prestige




Por falar em cineastas cultuados, esse thriller é comandado por um diretor muito apreciado por todos os cinéfilos: Christopher Nolan. O criador de obras como A Origem e a trilogia O Cavaleiro das Trevas, adora trabalhar com tramas complexas, diversos personagens, e um clima sombrio. Aqui, isso não é diferente. Christian Bale  e Hugh Jackman  são dois ilusionistas rivais, que um dia já foram amigos. A competição entre eles para ver quem é o melhor mágico escala até proporções épicas. Mas o verdadeiro artista é Nolan com suas reviravoltas inesperadas. Michael Caine , Scarlett Johansson , Rebecca Hall  e o músico David Bowie  completam o elenco dessa impressionante obra.

Atos que Desafiam a Morte

Atos

A vida do famoso artista da fuga da vida real, Harry Houdini, é levada às telas. Na obra, o mágico é personificado pelo talentoso Guy Pearce (Homem de Ferro 3). A trama do filme da diretora Gillian Armstrong (Adoráveis Mulheres), no entanto, concentra-se mais no romance do ilusionista e na vida da personagem de Catherine Zeta-Jones (Terapia de Risco). Zeta-Jones vive uma mulher sofrida, que precisa sobreviver aplicando golpes ao lado da filha, vivida pela talentosa jovem atriz Saoirse Ronan (A Hospedeira), a fim de sustentá-las.

Magia Negra

Magic

Um dos principais truques de um mágico é o ventriloquismo. Antes de Chucky dar as caras em Brinquedo Assassino, o veterano Anthony Hopkins (360) ficava dividido entre o amor por Ann-Margret (Surpresa em Dobro) e seu boneco de ventríloquo, nesse thriller dramático de 1978. O filme contava ainda com o falecido Burgess Meredith (o Mickey, da série Rocky, e o Pinguim, do seriado do Batman da década de 1960). A direção é de Richard Attenborough (Um Amor para Toda a Vida).


 

O Mundo Imaginário do Doutor Parnassus

Parnassus

 

Magia e ilusionismo tem tudo a ver com o cinema alucinógeno e surreal do diretor Terry Gilliam (Brazil – O Filme e Os 12 Macacos). Aqui esses elementos se encontram, nessa obra visualmente impressionante, mas narrativamente insana. Um grupo de ilusionistas mambembe viaja pelo país se apresentando. Eles são comandados pelo personagem título, um idoso tido como imortal, vivido pelo veterano Christopher Plummer (Millenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres). Quando conhecem um viajante que se junta ao grupo, suas vidas mudam. A trama ainda mistura surrealismo e um pacto com o diabo. O filme ficou conhecido como último trabalho, não terminado, do talentoso Heath Ledger (O Cavaleiro das Trevas), que precisou ser substituído não por um, mas por três atores: Johnny Depp (Sombras da Noite), Jude Law (Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras) e Colin Farrell (Reino Escondido). O filme conta ainda com Andrew Garfield (O Espetacular Homem-Aranha) e Lily Cole (Branca de Neve e o Caçador).

O Mágico

Magico

Essa bela animação francesa é dirigida por Sylvain Chomet, do excelente As Bicicletas de Belleville. Indicado ao Oscar de animação, a obra traz Chomet trabalhando em cima de um argumento do icônico Jacques Tati (As Férias do Sr. Hulot), que havia pensado no projeto como sendo de carne e osso, protagonizado por ele. O fato nunca se concretizou, e o diretor Chomet leva às telas essa grande homenagem, criando seu personagem principal nos moldes da caracterização de Tati. Uma obra muda, que fala sobre a inocente amizade de um decadente ilusionista, com uma menina de rua; e consegue passar mais emoção e sentimentos do que a maioria dos filmes falados.


 

Truque de Mestre

truquedemestre_7

 

“Nunca confie nos truques de um ilusionista. Ele te mostra uma distração, para esconder o que não quer que veja: O verdadeiro truque”. Essa frase dita por Thaddeus Bradley, personagem do grande Morgan Freeman, serve como ideia central para todo o roteiro do novo Truque de Mestre, blockbuster da produtora Summit Entertainment (mesma casa do mega sucesso A Saga Crepúsculo).

Daniel Atlas (Jesse Einsenberg, de Para Roma, Com Amor) é um grande ilusionista, um jovem egocêntrico que visa seu status e projeção pessoal. Merritt McKinney (Woody Harrelson, de Sete Psicopatas e um Shih Tzu) é um forte hipnotizador, que pensa apenas no lucro financeiro. Henley Reeves (Isla Fisher, de O Grande Gatsby) é uma artista da fuga, assim como Houdini. E Jack Wilder (Dave Franco, de Meu Namorado é um Zumbi) é um jovem mágico de rua iniciante. Os quatro então combinam seus talentos e suas especialidades para dar um grande e impressionante show.

Com a escalação de um elenco desses, o diretor Louis Leterrier tira a sorte grande, e entrega, meio que sem querer, seu melhor filme até hoje.

A Arte da Fuga

Escape

Nesse drama produzido por Francis Ford Coppola, de 1982, Griffin O´Neal (A Noite das Brincadeiras Mortais) interpreta um menino com um dom incomum: ele é um grande artista da fuga, como Houdini. Logo que percebe seu dom, um golpista perturbado mentalmente, vivido pelo falecido Raul Julia (Street Fighter – A Última Batalha), recruta o menino para ajudá-lo em roubos e trapaças.

Scoop – O Grande Furo

Scoop

Aqui, o icônico Woody Allen vive um ilusionista de fracassado, da terceira idade. Um belo dia, ao apresentar-se ao lado de sua amiga, vivida por Scarlett Johansson (com idade de ser sua filha ou neta, e não amiga), a jovem recebe a visita de um fantasma de um jornalista assassinado que lhe dá m furo de reportagem sobre a identidade de um possível serial killer de Londres. Johansson então começa a investigar o caso ao lado de Allen, e todas as pistas levam ao playboy vivido por Hugh Jackman.

O Ilusionista

Ilusionist

De anos em anos ganhamos os chamados filmes gêmeos, produções que levam para o grande público um tema muito similar. Esse ano foram os terroristas na Casa Branca. Mas em 2006, o assunto eram ilusionistas do século XIX. No mesmo ano em que ganhamos o thriller de Christopher NolanO Grande TruqueEdward Norton (Moonrise Kingdom) encabeçava o thriller romântico O Ilusionista. Na trama, Norton vive um famoso artista performático que cria apresentações elaboradas a fim de reconquistar seu verdadeiro amor de infância, vivida por Jessica Biel (O Vingador do Futuro), hoje prometida para um cruel nobre. Paul Giamatti (Rock of Ages: O Filme) completa o elenco.

Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema!


Não esqueça de CURTIR nossa MATÉRIA ESPECIAL: