15 Atores Marvel que Receberam Menos do que Você Imagina

15 Atores Marvel que Receberam Menos do que Você Imagina

COMPARTILHE!

Atualmente todos querem uma fatia de um universo cinematográfico compartilhado. Uma fórmula criada pela Marvel, que se mostrou extremamente bem sucedida. Mas não pense você que esta iniciativa foi fácil e veio de mão beijada. Exigiu muito planejamento, e a estratégia usada se mostrou eficiente, para dizer no mínimo. Hoje, tudo que a empresa toca parece virar ouro. Desde 2008, a Marvel foi colocando pedra a pedra no castelo que agora tem construído. Os rios de dinheiro não param de desembocar, entre sucessos moderados e verdadeiros fenômenos, mas nenhum fracasso ainda.

Com as verdadeiras fortunas que estas produções arrecadam, ainda mais se contarmos todo o merchandising licenciado (além dos ingressos dos filmes), era de se esperar que todos os envolvidos levassem para casa uma gorda fatia desse bolo. É claro que alguns, hoje, levam. Robert Downey Jr., por exemplo, chegou ao patamar dos US$40 milhões por filme. A musa Scarlett Johansson abocanha US$6 milhões por filme. A coisa não começa assim, no entanto. A Marvel trabalha num sistema onde a cada novo filme, ou contrato, o ator vai recebendo cada vez mais. Lembram-se de Downey Jr. no primeiro Homem de Ferro (2008)? O ator teve salário menor do que o colega de elenco Terrence Howard, o primeiro contratado da produção.

Além disso, a Marvel costuma fechar  outro tipo de acordo com seus astros, um que lhes garante uma porcentagem da arrecadação, caso o filme protagonizado por eles seja bem sucedido (a maioria é, mas a média é tirada pela estimativa de quanto o filme deverá render). Baseado na matéria do site The Richest, resolvemos trazer para vocês uma lista com os 15 atores Marvel que ganharam menos do que você imagina. Só para esclarecer mais um pouco, é claro que estes atores são ricos e o “pouco” que receberam seria o suficiente para trazer alegria a qualquer um de nós, meros mortais. O que está em jogo é seu salário em comparação a outros medalhões da casa. Vem com a gente.

15 | Zoe Saldana

     

Zoe Saldana interpreta a guerreira espacial Gamora no sucesso Guardiões da Galáxia (2014) e sua continuação (2017). A atriz vinha de sucessos consecutivos, vide Avatar e a franquia Star Trek. Mesmo assim, por ter entrado no projeto com uma popularidade relativamente baixa, e por ser mulher, foi a mais mal paga da equipe protagonista dos piratas espaciais desajustados. Saldana recebeu US$100 mil para viver Gamora. Com um acordo que lhe garantia 0.3% dos lucros, terminou com US$1.25 milhão. Quem sabe o salário da talentosa atriz não aumente em Vingadores: Infinity War (2018) e Guardiões da Galáxia 3.

14 | Anthony Mackie

O ator vive Sam Wilson, o Falcão, nos filmes da Marvel e já participou de quatro filmes do estúdio – dois a mais do que a colega Saldana. Sua primeira aparição, no entanto, foi em Capitão América: O Soldado Invernal, no mesmo ano de 2014, no qual Saldana estreava no MCU. Como seu personagem é mais utilizável (o chamado pau para toda obra – já que Gamora fica restrita aos filmes espaciais da casa), reapareceu logo no ano seguinte, em dois filmes: Vingadores: Era de Ultron e Homem-Formiga. Em 2016, teve uma de suas maiores participações em um filme da empresa, com Capitão América: Guerra Civil. Voltando para 2015, em Era de Ultron, o filme que menos tempo em cena teve, Mackie abocanhou US$280 mil, isso contando com o valor do acordo de porcentagem na bilheteria – o que faz pensar que seu salário inicial era menor do que US$100 mil.

13 | Karen Gillan

Karen Gillan é outra atriz que pertence ao específico universo espacial dos filmes da Marvel, leia-se Guardiões da Galáxia. A jovem atriz britânica que ganhou destaque com a série cult Dr. Who, vem galgando cada vez mais espaço em sua carreira. Este ano, Gillan esteve em O Círculo, suspense com Emma Watson e Tom Hanks, e poderá ser vista em dezembro como a protagonista feminina da reimaginação de Jumanji, ao lado de The Rock. Em 2014, Gillan deu “o” grande salto em seu currículo ao raspar a cabeça para viver a vilã / anti-heroína Nebulosa, meio-irmã de Gamora, com tendências vingativas. Para o papel, a atriz embolsou US$140 mil. Imaginamos que neste valor esteja computado a porcentagem de bilheteria, já que dificilmente ela teria um salário inicial maior que o da estrela Saldana. Seja como for, as coisas devem mudar em breve para a atriz, que participou de Volume 2 este ano, já está confirmada em Vingadores: Infinity War (2018) e certamente deverá dar as caras na eventual terceira parte de Guardiões.

12 | Lee Pace

Não é fácil ser vilão de quadrinhos no cinema. Antigamente, a coisa era ainda pior e poucos sobreviviam aos filmes de seus antagonistas – é só lembrar dos primeiros filmes do Batman, de Tim Burton, que tratou de eliminar o Coringa e o Pinguim. Ninguém saía vivo. Hoje, alguns vilões-estrela como Loki (Tom Hiddleston) e Nebulosa (Karen Gillan) conseguem roubar o show e garantir suas presenças nas continuações. A maioria, por outro lado, não. É o caso com o ator Lee Pace, que deu vida ao antagonista Ronan, o Acusador, do mesmo Guardiões da Galáxia (2014). Pace não é um ator de muita visibilidade, e o filme da Marvel foi um dos pontos altos de sua carreira, que provavelmente não voltará a ocorrer (esperamos estar enganados). A sorte grande rendeu ao ator, oriundo de séries de TV, a quantia de US$175 mil no banco. Como Ronan não dará as caras em nenhum outro filme do estúdio (provavelmente), há de se argumentar se Pace teve o melhor dos acordos por sua participação, já que era o grande vilão do filme.

11 | Gwyneth Paltrow

Paltrow talvez seja a atriz mais veterana da lista até agora. Com anos de carreira, a estrela se reinventou ao aceitar viver Pepper Potts, secretária / interesse amoroso do maior herói da casa, o Homem de Ferro. Embora o salário da moça não seja divulgado, a atriz não escondeu sua insatisfação devido à disparidade com o salário do astro Downey Jr.. A verdade é que nenhum ator, seja qual for o filme ou franquia, é tão valioso quanto o alter ego de Tony Stark. A atriz percebe isso, sabe a importância do colega, mas não nega o choque. Em entrevista, Paltrow soltou: “Sei que nenhum ator vale o que Robert vale, mas se eu dissesse a diferença entre nossos salários você também ficaria surpreso”. Paltrow viveu Potts nos três filmes da franquia Homem de Ferro (2008, 2010 e 2013) e no primeiro Vingadores (2012). Com certeza, o salário da atriz, somado a acordos, foi crescendo a cada novo projeto. Não existem planos de uma volta ao universo Marvel para ela por enquanto.

10 | Chadwick Boseman

O jovem e talentoso Chadwick Boseman tirou a sorte grande ao ser escolhido como um dos principais heróis da casa, o Pantera Negra. Ao contrário de outros heróis negros da Marvel, como o Máquina de Combate (Don Cheadle) e o citado Falcão (Anthony Mackie), o Pantera Negra é o protagonista de seu próprio universo e ganhará seu filme solo no ano que vem (o trailer para lá de insano já caiu na internet). A primeira aparição do personagem, no entanto, ocorreu em Capitão América: Guerra Civil (2016), aonde teve um papel significativo para a trama. Pelo trabalho, Boseman recebeu US$700 mil, o que consideramos que seja contando com o famoso acordo de bilheteria. Pelas contas, o ator deve ter recebido menos de US$200 mil como salário inicial. Em contrapartida, o ator deverá lucrar mais em próximos projetos, como o citado filme solo do Pantera Negra (2018), assim como sua aparição do terceiro Vingadores, também 2018. Alguém duvida que ano que vem será o divisor de águas na carreira do ator.

9 | Andrew Garfield

Com a inclusão de Garfield na lista, você pode perceber que não se trata apenas do universo cinematográfico Marvel, e sim de todos os filmes com o selo da editora. Quando Andrew Garfield foi selecionado para substituir Tobey Maguire como o maior herói da casa de ideias, o Homem-Aranha, ele deve ter achado que tirou a sorte grande. E não deixa de ser. No entanto, no que diz respeito ao aspecto financeiro da coisa (e quem sabe todo o resto), o tratamento não foi o mesmo. Para começar, Maguire embolsou US$4 milhões pelo primeiro filme, de 2002. Ao final da trilogia, com o desejo de um Homem-Aranha 4, o salário de Maguire seria de US$20 milhões, mais porcentagem de bilheteria.

Ou seja, Garfield devia estar nas nuvens, imaginando que ao menos uma parte dessa grana viria parar em suas mãos. Porém, O Espetacular Homem-Aranha foi a versão de baixo orçamento dos filmes de Raimi, e Garfield viu apenas US$500 mil verdinhas entrarem em seu bolso. Para a continuação, de 2014, presumimos que a quantia tenha duplicado, ainda mais levando em conta que o primeiro filme rendeu US$750 milhões em bilheteria. E poderia ter triplicado, se a série tivesse seguido, sem que puxassem o plugue precipitadamente. Quanta sofrência.

8 | Don Cheadle

Esse é um caso especial. O ator Don Cheadle interpreta o fiel escudeiro do piadista Tony Stark, James Rhodes, conhecido pela alcunha de Máquina de Combate, ou o Homem de Ferro cinza e prata. Pelo papel, Cheadle levou US$1 milhão para casa, em Homem de Ferro 2 (2010). Mas e quanto ao primeiro filme, você pergunta? O que acontece é que Cheadle não foi o intérprete do personagem em Homem de Ferro (2008), papel vivido por Terrence Howard. Na época, Howard, saído de uma indicação ao Oscar (por Ritmo de um Sonho) e com a popularidade em alta, abocanhou o massivo salário de US$4.5 milhões pelo papel, pagamento bem mais polpudo do que o do próprio astro da produção, Downey Jr. (que saía de um lugar ruim em sua carreira e vida pessoal).

O salário de Howard iria duplicar na continuação, era o que apontava seu acordo com a empresa, e o ator iria receber nada menos que US$8 milhões. A Marvel, percebendo a roubada na qual havia se metido, revolveu voltar atrás e diminuir consideravelmente a quantia proposta para Howard, reduzindo seu salário para US$1 milhão. O ator negou e caiu fora. Foi então que, prontamente, Cheadle vestiu seus sapatos e de muito bom grado aceitou o dinheiro para viver o mesmo personagem. Dinheiro este cuja tendência foi aumentar, tendo em vista o tipo de negociação da Marvel, e Cheadle interpretado o personagem em mais três filmes da casa: Homem de Ferro 3 (2013), Vingadores: Era de Ultron (2015) e Capitão América: Guerra Civil (2016). A participação do ator em Vingadores: Infinity War (2018) ainda não foi confirmada.

7 | Chris Pratt

Ninguém poderia imaginar que Chris Pratt, o jovem rechonchudo da série Parks and Recreation, se tornaria um dos maiores astros atuais de Hollywood. Com filmes como Jurassic World (2015), Sete Homens e um Destino (2016) e Passageiros (2016), Pratt conquistou o topo da cadeia alimentar no quesito celebridade de cinema, instantaneamente passando para o time A. O filme que deu o pontapé inicial nesta ascensão, porém, foi exatamente Guardiões da Galáxia (2014), da Marvel. Os produtores viram potencial no simpático gordinho e resolveram transformá-lo em um herói de ação – forma mantida até hoje pelo ator em sua carreira. O engraçadinho, metido a conquistador, vem sendo o modo operacional em todos os seus personagens, que igualmente surgiu ao viver o Senhor das Estrelas.

Para o papel, Pratt levou para casa US$1.5 milhões, incluindo a famosa porcentagem de bilheteria. Fazendo as contas, o ator recebeu algo em torno de US$300 – 400 mil pelo filme. Para termos uma ideia, foi quase a mesma quantia do colega de cena Dave Bautista, que interpreta o ingênuo Drax. Sabendo o exorbitante valor que Guardiões da Galáxia arrecadou em bilheteria, se tornando a terceira maior de seu respectivo ano (atrás somente de Transformers: A Era da Extinção e O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos), certamente o salário inicial de Pratt ao menos duplicou para a sequência, lançada este ano. Assim como outros integrantes desta lista, presentes no universo espacial da Marvel, o ator voltará em Infinity War e na eventual terceira parte das aventuras dos Guardiões.

6 | Paul Rudd

Ao contrário da maioria nesta lista, o ator Paul Rudd era um veterano da indústria, antes de protagonizar um filme da Marvel. Tudo bem que Rudd na maioria das vezes se contentava com papeis coadjuvantes em comédias, e mesmo nos que protagonizava, nunca teve um sucesso absoluto de público para chamar só de seu. Na maioria das vezes, seus filmes mais elogiados eram parte do cinema independente, sem muita visibilidade. Desta forma, Rudd, ao aceitar fazer parte do universo Marvel no cinema, adentrou pela primeira vez no time A de Hollywood.

O ator foi o escolhido para interpretar Scott Lang, nova versão do herói Homem-Formiga, nos quadrinhos um dos membros fundadores da maior equipe da casa: Os Vingadores. Rudd sabe usar seu carisma e cara de pau, e o filme se tornou um sucesso. Mesmo assim, a Marvel usou o mesmo tipo de contrato de costume, oferecendo a generosa quantia aos iniciantes. Portanto, em seu primeiro filme no estúdio, Rudd embolsou algo por volta de US$300 mil. Como Homem-Formiga arrecadou mais de US$500 milhões, o ator aumentou seu pagamento para US$1.5 milhão. Logo em seguida, deu as caras em Capitão América: Guerra Civil e já tem engatilhadas participações em Infinity War (2018) e Homem-Formiga e Vespa (2018) – o que deve aumentar exponencialmente seu salário.

5 | Jeremy Renner

Jeremy Renner já era um ator duas vezes indicado ao Oscar (Guerra ao Terror e Atração Perigosa) quando assinou contrato com a Marvel para viver Clint Barton, identidade do herói Gavião Arqueiro. O contrato do ator estipulava que ele deveria aparecer numa pontinha quase imperceptível, que só os fanboys dedicados identificaram, em Thor (2011), para depois finalmente ter uma presença de destaque em Os Vingadores (2012), um dos maiores sucessos da história do cinema. Foi então que Renner levou para casa US$1.5 milhão, incluindo a porcentagem da muito gorda bilheteria – ou seja, o salário inicial do ator foi algo em torno de US$500 mil. Renner é outro do time Marvel que já andou permeando diversos filmes como Vingadores: Era de Ultron (2015) e Capitão América: Guerra Civil (2016). O que significa também que seu pagamento evoluiu. Em breve, Gavião Arqueiro marcará presença em Infinity War, o filme mais ambicioso do estúdio, programado para 2018.

4 | Chris Evans

Um dos personagens mais importantes do universo cinematográfico Marvel, viu o ator Chris Evans selecionado para interpretá-lo. Trata-se do Capitão América, ao lado do Homem de Ferro, um dos pilares do MCU. Muitos anos e muitos atores passaram pelo projeto de levar o herói patriótico para as telonas, entre eles Brad Pitt e Matthew McConaughey. O jovem Chris Evans, que já havia interpretado outro personagem da casa, o Tocha Humana, em Quarteto Fantástico (2005) e sua continuação (2007), causou surpresa ao ser o eleito do estúdio.

Sua performance mais contida do que de costume, em especial se formos pensar nos filmes citados da FOX, mostrou que o ator possui uma abrangência de atuação maior do que imaginávamos. Evans entregou o Capitão América ideal: justo, otimista e ingênuo. O contraponto perfeito para a maioria de seus companheiros de equipe. A primeira participação do ator no MCU foi em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), no qual Evans levou US$300 mil. A cada filme o salário do ator foi escalando, e em Vingadores: Era de Ultron (2015), o ator embolsava US$7 milhões. Depois disso, Evans protagonizou Capitão América: Guerra Civil (2016). Este ano, será visto numa ponta em Homem-Aranha: De Volta ao Lar e ano que vem em Infinity War.

3 | Chris Hemsworth

Ao contrário de seu xará Chris Evans, que já havia participado de superproduções antes, Chris Hemsworth era um ilustre desconhecido quando foi selecionado para viver o Deus do Trovão, Thor, no filme solo do herói em 2011. Curiosamente, o ator disputou o papel com seu irmão mais novo, Liam, e acabou levando a melhor. Essa foi a primeira vez que o super-herói nórdico da Marvel protagonizou um filme. Anteriormente, Thor havia aparecido no filme feito para a TV A Volta do Incrível Hulk (1988), vivido pelo ator Eric Kramer, e com um figurino totalmente descaracterizado de sua contraparte nos quadrinhos.

Para o primeiro filme, Hemsworth papou o salário padrão para novatos no universo Marvel, e levou US$200 mil. Alguns filmes depois (Os Vingadores e Thor: O Mundo Sombrio), chegamos até Vingadores: Era de Ultron (2015), onde o cachê do ator chegou a US$5 milhões. Hemsworth não apareceu em Guerra Civil (2016), mas trabalhará dobrado a partir desse ano, quando em novembro aparecerá como protagonista enfrentando a Oscarizada Cate Blanchett em Thor: Ragnarok e logo depois enfrentará a Infinity War ao lado dos amigos em 2018.

2 | Mark Ruffalo

Mark Ruffalo é outro talentoso ator que a Marvel tratou de alistar em seu time vencedor. Assim como alguns outros que figuram nesta lista, o ator, embora extremamente talentoso, não pertence ao time A de Hollywood – ou não pertencia. A seu favor, porém, Ruffalo já tinha uma indicação ao Oscar (Minhas Mães e Meu Pai) ao ser contratado para o papel de Bruce Banner em Vingadores (2012). O alter ego do monstrengo verde Hulk já teve outros dois intérpretes no cinema, Eric Bana (2003) e Edward Norton (2008). Ruffalo foi o Hulk que deu certo e que você respeita. A Marvel com certeza respeita e resolveu mantê-lo em seus filmes. Ruffalo já foi o Hulk nos dois filmes dos Vingadores e este ano dará as caras em Thor: Ragnarok. Pelo primeiro Vingadores, sua estreia no papel, o ator recebeu um pouco menos de US$3 milhões, menos da metade de todos os seus companheiros de equipe. Conta também o fato de que o ator era o único estreante no filme, já que os colegas haviam aparecido em produções anteriores da Marvel.

1 | Tom Hiddleston

Todos podem achar que Tom Hiddleston tirou a sorte grande, ao abocanhar o papel do vilão mais carismático e elogiado do MCU. No entanto, o que poucos sabem é que o ator fez teste para o papel protagonista de Thor. É meio difícil pensar em Hiddleston como o Deus do Trovão, e o ator parece ter nascido para viver o dúbio Loki, meio irmão do herói. Seja como for, se tivesse conseguido interpretar Thor, Hiddleston estaria com a carteira mais feliz, já que seu vilão vinha com um contracheque menor. Se Hemsworth embolsou US$200 mil, Hiddleston provavelmente levou uma quantia significantemente inferior.

Além disso, enquanto seus colegas de elenco contavam milhões, o britânico teve que se contentar com US$160 mil em Os Vingadores (2012). Existem coisas que o dinheiro não compra. E algumas que podem fazer o dinheiro aumentar. O carisma de Hiddleston na pele do Deus da trapaça foi tanto, que muitos torcem por ele. O personagem cresceu e ganhou vida além do imaginado. O ator viveu Loki em Thor, Os Vingadores e Thor: O Mundo Sombrio (2013). Este ano, ele voltará em Thor: Ragnarok, e muitos estão mais ansiosos para vê-lo em cena do que o próprio protagonista. Se os produtores da Marvel levaram isto em conta, e com certeza levaram, o passe de Hiddleston aumentou vertiginosamente também.


'Valerian': Luc Besson critica os filmes de super-herói hollywoodianos



» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.