Game Of Thrones – Temp. 05 – Ep. 01

Game Of Thrones – Temp. 05 – Ep. 01

COMPARTILHE!

TAXIANDO

 

O primeiro episódio-ep. da quinta temporada-temp. de Game Of Thrones – GoT foi como um avião taxiando na pista. Ficamos como passageiros ansiosos acompanhando cada cena como se a decolagem fosse ocorrer logo em seguida. Mas, ainda não foi. O ep. 01 ficou no esquenta das turbinas. Pudemos acompanhar como as peças foram reposicionadas neste tabuleiro.

A cena de abertura – primeiro flashback da serei – parece resumir as tormentas que Cersei Lanniester (Lena Headey) enfrentará na sua regência. Como a conversa com Jaime Lanniester (Nikolaj Coster-Waldau) deixou bem clara, a força de coerência do poder dos Lanniester era o patriarca Tywin (Charles Dance). Foi uma sequência breve, mas significativa.




Tiveram também breves aparições na série as duplas Sansa Stark (Sophie Tuerner) e Lorde Baelish (Aidan Gillen) e Brienne of Tarth (Gwendoline Christie) e Podrick (Daniel Portman). Podrick continua a tentar convencer Brienne de que ele lhe é útil. E as conversas entre Baelish e Sansa confirmam a guinada dela para o lado negro da força.

GAme Of Thrones_T05_E01_2

Outros núcleos foram mais ostensivos em expor os caminhos que esta temp. irá trilhar. Com os acontecimentos na Muralha, descobrimos a estratégia de Stannis Baratheon (Stephen Dillane) para conquistar o Trono. E também percebemos que a ajudinha que ele deu para a Patrulha da Noite no final da 4ª temp. não tinha nada de altruísmo. Se ele conseguir uma aliança com os selvagens, suas chances de conquistar o Norte se fortalecem. Promessas de batalhas sangrentas estão no ar.

Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) continua em sua educação sentimental sobre como governar. O dilema está em permitir a reabertura das arenas de gladiadores. As conversas, especialmente aquele com Daario Naharis (Michiel Huisman), foram mais uma demonstração das ambiguidades que o roteiro da série consegue produzir.




As aparições mais deliciosas ficaram sob a responsabilidade da dupla Lord Varys (Conleth Hill) e Tyrion Lannister (Peter Dinklage). Tyrion parece ter ligado a metralhadora giratória de ironias e foi responsável pelos melhores tiradas do ep. 01. De mais significativo, houve a proposta do Aranha deles se unirem à Daenerys.

GAme Of Thrones_T05_E01_3

Nos próximos domingos, essa aeronave promete sair do solo.

P.S.: Ponto dramático mais alto deste ep., foi a morte de Mance Rayder (Ciarán Hinds), o rei-para-lá-da-muralha. A dignidade de Ciarán Hinds deu para a morte de Mance foi emocionante.

Curta nossa ENTREVISTA com a Nina Dobrev:


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «