Próximo ‘Caça-Fantasmas’ se passará em outros países, diz produtor

Próximo ‘Caça-Fantasmas’ se passará em outros países, diz produtor

COMPARTILHE!

O diretor das versões originais de ‘Caça-Fantasmas’ e produtor do reboot, Ivan Reitman, voltou a falar sobre os rumos futuros da saga, que não está acabada.

Em uma entrevista recente, ele pontuou que a trama não precisa se passar única e exclusivamente em Nova York, alegando que novos países podem ser explorados, aumentando também o alcance da narrativa.

Segundo Reitman:

“O que temos feito ultimamente é pensar nos direitos da franquia, porque ela não precisa se passar apenas no eixo de Nova York, pode também se expandir para outras partes do mundo. Honestamente, acho que seria bem divertido ver fantasmas coreanos ou chineses. Além disso, as tradições existentes ao redor do mundo sempre contam com histórias obscuras, que causam medo nas pessoas. Ter uma divisão dos ‘Caça-Fantasmas’ que se conecte com o escritório sede em Nova York seria bem legal”.

Participe do nosso grupo ESPECIAL no Facebook » https://goo.gl/BBFEmQ

     

Vale lembrar que recentemente Reitman também comentou sobre as possibilidades para o futuro da saga:

“Nós pulamos direto na animação (depois do último filme) e nós também estamos desenvolvendo versões live action. Eu quero trazer todas essas histórias juntas como um universo que faça sentido por si só. Parte do meu trabalho agora é fazer isso”.

O produtor também falou sobre a expectativa de lançamento da animação. A ideia é que o filme seja lançado entre 2019 e 2020, embora nada tenha sido confirmado:

“Depende de quanto tempo demoraremos para reunir tudo isso junto. É difícil fazer uma animação”.

Elenco novo e antigo de ‘Caça-Fantasmas’ se reunirá em evento épico

 

cacafantasmas3_7


Crítica | A Babá - Netflix lança comédia de terror sobre culto satânico


» Siga o CinePOP no Facebook e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema! «

[AVISO] Os comentários passam por uma aprovação e podem demorar até 24 horas para serem disponibilizados no site. Comentários com conteúdo ofensivo serão deletados, e o usuário pode ser banido. Respeita a opinião alheia e comporte-se.