Você sabia? 'O Rei Leão' completa 24 anos e trazemos várias curiosidades da animação

Você sabia? 'O Rei Leão' completa 24 anos e trazemos várias curiosidades da animação

COMPARTILHE!

Há 24 anos, o mundo tinha contato, pela primeira vez, com uma das obras cinematográficas mais cultuadas e amadas de todos os tempos. 'O Rei Leão' surgia como um fenômeno no mundo das animações, conquistando uma estatueta do Oscar. Por muito tempo, 'O Rei Leão' foi a maior bilheteria de um filme animado, até ser ultrapassado por 'Frozen'. Em comemoração ao aniversário de lançamento do filme, o CinePOP separou cinco inspirações que transformaram a aventura de Simba no fenômeno que ele é até hoje. Confira!

 

Bambi:

Em entrevista ao Yahoo Movies, o co-diretor Rob Minkoff contou que um dos momentos mais memoráveis do filme, a morte de Mufasa, teve influência direta de um longa-metragem antigão, e igualmente clássico: Bambi.
Segundo ele, o assassinato da mãe de Bambi é um momento marcante porque não é mostrado, então você imagina como foi e fica triste por isso. Mas ele só funciona porque a mãe não é um personagem que aparece novamente na trama. Como Mufasa voltaria em forma de nuvens no céu, Rob e Roger Allens optaram por mostrar a morte do Pai de Simba para que aquele ciclo do personagem se encerrasse e ele pudesse começar um novo.




 

Parque do Serengeti:

Localizado na divisa da Tanzânia com o Quênia (ele é administrado pela Tanzânia), o Parque do Serengeti é um dos últimos lugares do mundo cuja natureza está praticamente intacta. São cerca de 40 mil km² de planícies, indo da constante vegetação rala até pântanos e áreas mais úmidas. De maio a junho, ocorre uma grande migração de Gnus.

A propósito, esse parque fica lotado de mamíferos de todos os tipos, no período de junho a setembro, por conta do fluxo migratório. O parque é tombado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e foi fonte de inspiração para os animadores do filme, que passaram várias semanas estudando a paisagem e o comportamento dos animais.

 

Leão de Verdade:

Ok, essa aqui não deve ser novidade para muita gente, mas a Disney costuma levar animais para até seus estúdios para que os desenhistas e os animadores possam estudar seu comportamento, sua musculatura e suas reações e/ou feições em certos momentos. Foi assim com a Rena Sven, de Frozen e o ursinho Koda, de Irmão Urso. Eles realmente levaram uma rena e um urso para os estúdios Disney.

Com O Rei Leão não foi diferente. Os executivos levaram um leão de verdade para que os animadores pudessem ver de perto como “funcionava” um exemplar do felino. Então, se você assiste ao filme e se pergunta como puderam fazer algo tão real, lembre-se que eles tiveram um exemplar vivo para estudo.

 

Kimba:

Essa aqui é polêmica, pois rende dor de cabeça à Disney até hoje. Kimba é um mangá dos anos 50 que conta a história de um leão branco que come insetos, é inimigo das hienas, enfrenta um leão com uma cicatriz no olho e ainda por cima tem o tio assumindo o poder após a morte dos pais do protagonista. Como se tudo isso não fosse o suficiente, a animação baseada no mangá, lançada em 1965, ainda tinha quadros muito parecidos com alguns de O Rei Leão, lançado em 1994.

Mas apesar de todas essas semelhanças, a história de Kimba envolve elementos completamente alheios ao universo de O Rei Leão, como a presença de humanos e até mesmo a interação do Leãozinho com tecnologia. A Disney diz que é tudo coincidência, mas os fãs do mangá e da animação não se convencem disso e não deixam a disputa judicial morrer. Esse parece ser um daqueles casos que nunca terá fim. Mas se querem minha opinião, o Mangá é ótimo, mas a animação não chega nem perto de O Rei Leão.

 

Hamlet:

Esse caso aqui é famosão. Já foi alvo de diversos estudos e Trabalhos de Conclusão de Curso. A trama de O Rei Leão é a mesma de Hamlet. Os roteiristas nunca esconderam a inspiração na Peça de Shakespeare. Inclusive, muitos críticos e estudiosos venderam/ trataram O Rei Leão como Shakespeare para crianças.
De forma bem resumida, o filho de um Rei assassinado pelo próprio irmão, se ergue da depressão para buscar a vingança contra seu maléfico e corrupto tio. Te lembra a história de alguém? Claro que a versão original aborda temas bem mais polêmicos, como incesto, política, corrupção e violência.

Fato é que a trama Shakespeariana casou de maneira perfeita com a saga de Simba e seus amigos, resultando em uma das animações mais aclamadas e amadas de todos os tempos!

A versão live-action:

Beyoncé ficará responsável pela inédita canção dos créditos finais, além de algumas canções clássicas que irão ser regravadas, como "Hakuna Matata" e "Circle of Life"Elton John e Beyoncé estão trabalhando juntos para regravar as músicas para o remake live-action. John compôs e cantou as músicas do clássico de 1994.

O elenco do live-action traz Beyoncé como Nala, Chiwetel Ejiofor será Scar, Seth Rogen viverá o Pumbaa, Billy Eichner será o Timon e Donald Glover o Simba.

O estúdio também anunciou Eric André como Azizi, Florence Kasumba como Shenzi, Keegan-Michael Key como Kamari, Id McCrary como o jovem Simba e Shahadi Wright Joseph como a jovem Nala.

O filme dirigido por Jon Favreau está em produção em Los Angeles. O lançamento está marcado para o dia 19 de Julho de 2019.

 





Inscreva-se em nosso canal e receba conteúdo exclusivo » https://goo.gl/mPcJ5c