Mesmo para o fã de séries mais aficcionados e acostumados, lidar com um cancelamento não é fácil. Passamos meses, ou anos, acompanhando uma história e conhecendo os personagens, especulando o que vai acontecer com eles no futuro próximo e criando teorias, apenas para descobrirmos que nunca teremos as respostas. São muitos os motivos que levam uma emissora a não seguir em frente com alguma produção, mas as reações do público são quase sempre as mesmas: aquele sentimento de injustiça e uma enorme tristeza por, de uma certa forma, perder grandes amigos. 

Pensando nisso, e nos recentes cancelamentos anunciados pela Netflix, o CinePOP resolveu listar dez séries que deveriam ganhar uma segunda chance. Concorda com a gente?

AJ and the Queen

A série protagonizada por RuPaul estreou em 10 de janeiro na Netflix, e menos de 3 meses depois foi cancelada pela plataforma. A história gira em torno de Ruby Red (RuPaul), uma drag queen em uma fase complicada de sua vida. Ela decide viajar pelos EUA e, no caminho, acaba ganhando uma companhia: AJ (Izzy G.), uma garota órfã de 10 anos um tanto valentona. Juntas, elas transmitem uma mensagem de amor e aceitação à medida que aprendem a conviver juntas e buscam carinho, família e amizade.

10 filmes de terror no Amazon Prime Video para fugir dos problemas…

Aproveite para assistir:

10 Séries de Comédia para Maratonar nas Próximas Semanas

Anne with an E

Muito amada pelo seu público fiel,Anne with an E era produzida em parceria pela Netflix com a emissora canadense CBC. Com base na série literária infantil clássica ‘Anne de Green Gables’, o drama contou a história de uma jovem órfã (Amybeth McNulty) durante o Século 19, enquanto aprendia a levar a vida na Ilha de Prince Edward. A adaptação contou com três temporadas, e acabou sendo cancelada com a terceira sendo a última. Os fãs fizeram muitas campanhas nas redes sociais para que a série fosse resgatada, mas de nada adiantou por enquanto.

Enlightened

A ótima Enlightened contou a história de Amy Jellicoe (Laura Dern), uma mulher que, estressada com o ambiente de trabalho, um dia tem uma espécie de surto psicótico e, quando retorna, está completamente renovada espiritualmente. Ela decide “iluminar” a própria vida com novos hábitos e mais determinação, mas no caminho vai acabar criando um caos em todos os lugares. Infelizmente, a HBO cancelou a série logo após a primeira e única temporada, em 2013, e até hoje os fãs torcem por uma continuação.

Firefly

O western espacial protagonizado por Nathan Fillion e pela brasileira Morena Baccarin viveu apenas lá em 2002, mas deixou saudades. Ambientada no futuro, a série acompanhou uma equipe de contrabandistas a bordo da nave Serenity, enquanto viajam até lugares desconhecidos da galáxia vivendo aventuras e lutando contra facções criminosas. A série foi criada por Joss Whedon e durou apenas por uma temporada, e a baixa audiência se deu porque a emissora exibiu os episódios fora da ordem! Depois do cancelamento, até produziram um filme para encerrar a história, chamado Serenity, mas os fãs nunca se esqueceram. Devolve essa pra gente, vai…

Freaks and Geeks

Mais um clássico dos cancelamentos injustos, Freaks and Geeks foi a série criada por Paul Feig e tinha no elenco Linda Cardellini, Seth Rogen, James Franco e Jason Segel. Na história, conhecemos um colégio em que há dois grupos muito distintos: os ‘Freaks’, com Daniel e Lindsay, e os Geeks, com o irmão tímido de Lindsay. Quando esses dois grupos passam a andar juntos, a série questiona problemas cotidianos da adolescência e trata de temas como aceitação, bullying, drogas e bebidas. Ela chegou a vencer o Emmy e, em 2012, o produtor Judd Apatow contou que jamais superou o cancelamento, revelando também que os seus filmes subsequentes são espécies de continuação da trama.

Hannibal

Órfãos de Hannibal Lecter, uni-vos. Foram três temporadas da amada série adaptada por Bryan Fuller para a TV, até que a NBC decidiu não seguir em frente. Mads Mikkelsen viveu o protagonista, enquanto Hugh Dancy deu vida ao agente do FBI Will Graham. Quem aí também sente saudades?

Ninguém tá Olhando

A série nacional criada por Daniel Rezende para a Netflix teve uma vida curta e foi cancelada, supostamente, por baixa audiência. A trama, ambiciosa e divertida, acompanhava um Angelus (Victor Lamoglia) que não seguia muito bem as regras do Céu, questionava a existência divina e acabou se apaixonando enquanto influenciava também todos ao redor. O elenco também contou com Kéfera e Júlia Rabello. Apesar da boa recepção da crítica, pelo jeito ficaremos mesmo sem uma continuação desta comédia. 

Samantha!’

Semelhante ao caso de ‘Ninguém tá Olhando’, Samantha!’ durou por duas temporadas na Netflix, e também não teve um final exatamente feliz. Emanuelle Araújo deu vida à personagem-título, uma ex-estrela mirim casada com um jogador de futebol que acabou de sair da prisão (Douglas Silva). Ela tenta reencontrar a fama enquanto os dois buscam reestruturar o casamento, numa história com um DNA brasileiro calcado ali na programação da TV aberta da década de 1990, mas com uma mensagem universal sobre traumas e o preço da exposição pública.

Sorry for Your Loss

Uma gema escondida no catálogo do Facebook, a série durou duas temporadas e foi protagonizada por Elizabeth Olsen, Kelly Marie Tran e Jovan Adepo. Após a morte repentina do marido de Leigh (Olsen), ela volta a morar com a mãe (Janet McTeer) e a irmã (Tran) enquanto passa pelo processo de luto e cria uma amizade relutante com o cunhado, Danny (Adepo). Após a 2ª temporada, a série foi cancelada apesar da ótima repercussão da crítica.

Tuca & Bertie

A última lembrada da nossa lista é a séria animada Tuca & Bertie. Criada por Lisa Hanawalt, uma das produtoras de ‘BoJack Horseman’, a comédia dramática acompanhou duas amigas com estilos de vida completamente diferentes, lidando com o desafio de serem mulheres (aves) lidando com assédio no ambiente de trabalho e com a necessidade de terem vidas estáveis na casa dos 30 anos. 

15 Séries da Netflix Para Maratonar

15 Séries da Globoplay Para Você Maratonar

15 Séries da Amazon Prime Para Maratonar neste mês

10 reality shows insanos pra você que amou The Circle e Casamento às Cegas

Não deixe de assistir:

SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE