Com a estreia recente de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, a Marvel dá sequência a um de seus grandes sucessos lá de 2016. Como de costume no mundo moderno do entretenimento, os estúdios apostam cada vez mais em produtos pré-estabelecidos, que criem algum tipo de elo com o público. E um dos artifícios que vem sendo utilizado desde os primórdios da sétima arte é a continuação de obras de sucesso. É a repetição do que gostamos e do que nos é familiar. Muitas vezes ansiamos por uma sequência durante anos, e até mesmo décadas – como é o caso com alguns dos itens que veremos abaixo. Doutor Estranho 2 é só mais uma, dentre tantas, das continuações que veremos ao longo deste 2022. Aqui, nesta nova matéria, separamos para você 13 (em homenagem a data) das que achamos mais interessantes e importantes neste ano. Confira abaixo.

Top Gun – Maverick

Se o filme original do Doutor Estranho, assim como o de grande parte dos itens desta lista são recentes, aqui temos a continuação mais demorada a sair do papel desta matéria. É bem verdade que grande parte dos jovens que irão correr aos cinemas para conferir esse novo blockbuster do astro Tom Cruise sequer eram nascidos quando Top Gun – Ases Indomáveis foi lançado há 36 anos, lá em 1986. Nada que as vídeo locadoras as plataformas de streaming não resolvam. De piloto jovem, rebelde e audacioso no primeiro filme, Maverick (Cruise) passou a ser um instrutor de meia idade, ainda bastante audacioso, que precisa lidar com o filho rebelde de seu melhor amigo – morto no original. A direção é de Joseph Kosinski (Oblivion) e o elenco conta ainda com Jennifer Connelly e Miles Teller. A estreia acontece no fim de maio, no dia 27.



Jurassic World – Domínio

Conclusão da trilogia derivada da franquia Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros. Tudo começou com o fenômeno de Steven Spielberg, de 1993, que mudaria para sempre os filmes de entretenimento pelo uso de efeitos especiais revolucionários de computador, que fizeram o mundo todo acreditar que os dinossauros haviam voltado à vida. O filme não pedia uma continuação necessariamente, mas o dinheiro falou mais alto e ela ocorreria não uma, mas duas vezes: em 1997 (dirigida pelo próprio Spielberg) e em 2001 com direção de Joe Johnston.  Quase 15 anos depois, os produtores tiveram a ideia de criar não um Jurassic Park 4, mas um derivado, intitulado Jurassic World, com um elenco inteiramente renovado (impulsionado por Chris Pratt e Bryce Dallas Howard) e novos realizadores. Depois de dois filmes, em 2015 e 2018, essa recente franquia chega agora ao seu terceiro (e ao que tudo indica, último) filme, com Jurassic World – Domínio, misturando o novo elenco com o clássico, com os retornos de Sam Neill, Laura Dern e Jeff Goldblum. O filme estreia no dia 10 de junho.

Aproveite para assistir:

Thor – Amor e Trovão

O Deus do Trovão, Thor (Chris Hemsworth), é o primeiro super-herói da Marvel Studios a ter quatro filmes solo protagonizados por ele nas telonas. As coisas começaram meio cambeleantes com os dois primeiros filmes, de 2011 e 2013, mas após a entrada do criativo Taika Waititi no comando do terceiro Thor (Ragnarok), tudo parece ter entrado nos eixos e o personagem superpoderoso encontrou seu tom – o segredo era não se levar muito a sério. Com bastante humor, essa é a nova proposta do personagem para todos os filmes da Marvel. E assim, obviamente, trouxeram Waititi de volta para o comando do quarto Thor. Mas não apenas isso, uma das grandes surpresas que serve como chamariz é a presença de Natalie Portman – que havia ficado de fora do terceiro – para um papel muito importante: a versão feminina de Thor. A estreia ocorre no dia 8 de julho.



Halloween Ends

Por falar em franquias antigas do cinema, o primeiro Halloween – A Noite do Terror é lá de 1978. O clássico do gênero, é claro, foi dirigido pelo mestre John Carpenter. Depois disso vieram nada menos do que 9 sequências, entre reboots e remakes. Até chegarmos ao ano de 2018, para mais um reboot – ou reinício – da franquia um novo Halloween, passado 40 anos depois do original, que esquece todas as continuações e leva em conta apenas o primeirão lá de 78. Esse filme, dirigido e escrito por David Gordon Green, chegou com a promessa de que seria uma trilogia – produzida pela Blumhouse. Tudo isso prometia colocar Halloween no nível de uma produção de qualidade. E deu certo, já que o Halloween (2018) foi sucesso de crítica e público. O segundo capítulo pode até ter dado uma bambeada, mas em 14 de outubro deste ano saberemos finalmente como a história do maníaco Michael Myers e a da heroína Laurie Strode irá terminar. Ou será que vai terminar mesmo?

Pantera Negra – Wakanda para Sempre



A Marvel Studios é definitivamente uma fábrica de sucessos. Porém, para um filme se tornar um dos maiores sucessos da empresa, precisa ser verdadeiramente “o” ponto fora da curva. É o caso com Pantera Negra, primeiro filme solo de um personagem B da editora, que se tornou uma aula em representatividade negra. Dirigido por Ryan Coogler, o filme do herói africano se tornou não apenas um fenômeno de bilheteria, ultrapassando a marca de US$1 bilhão, como também foi um absoluto sucesso de crítica e chegou até o Oscar com 7 indicações, incluindo melhor filme, e 3 vitórias. Agora, quatro anos depois de tamanha importância, finalmente chegará a tão aguardada sequência – que precisa enfrentar seu maior desafio: a ausência do protagonista Chadwick Boseman (falecido em 2020 devido a um câncer). Todos afirmam que ele não será substituído ou recriado digitalmente. Veremos qual mágica irão realizar. O filme estreia no dia 11 de novembro.

Creed III

Por falar em Pantera Negra, o astro Michael B. Jordan viveu o antagonista Killmonger no filme original. Antes disso, no entanto, protagonizou o derivado da franquia Rocky, como Adonis, o filho de Apollo (Carl Weathers), em Creed – Nascido para Lutar, de 2015. O filme, também dirigido por Ryan Coogler, rendeu uma indicação ao Oscar para o veterano Sylvester Stallone. Ambos Stallone e Jordan retornaram para a sequência Creed II, mas sem Coogler na direção (apenas como produtor), para enfrentarem o maior adversário do lutador: Ivan Drago (Dolph Lundgren) e seu filho. E é novamente como produtor que Coogler estará nesse Creed III. A surpresa, no entanto, é que além de protagonizar, Michael B. Jordan estreia na direção de um longa-metragem no comando do filme. Tessa Thompson também retorna e dessa vez o lutador rival será vivido pelo talentoso Jonathan Majors. A estreia é no dia 23 de novembro, onde deverá enfrentar a concorrência do “colega” Pantera Negra 2.

Avatar – O Caminho das Águas



O mundo é mesmo cíclico. E o mundo do cinema segue pelo mesmo caminho. Em 2009, há 13 anos, o mundo do entretenimento parou com o lançamento de Avatar, um verdadeiro marco para a indústria de Hollywood. Importantíssimo para o mercado devido a uma parte técnica revolucionária, a superprodução de James Cameron elevou o jogo em matéria de efeitos visuais e em relação ao uso da tecnologia 3D. Não dá para acreditar que se passaram 13 anos, o tempo de formação de um adolescente, que não teve o prazer de estar vivo e presenciar o que foi o filme original numa sala de cinema. Bem, como dito no início, o tempo é cíclico, assim, Cameron se certificou que os adolescentes poderão sim assistir e saber o que significa um filme Avatar nas telonas. Isso porque o diretor irá lançar a continuação Avatar: O Caminho das Águas no dia 16 de dezembro, prometendo quebrar novos recordes e explodir todas as mentes.

Shazam! Fúria dos Deuses

Os responsáveis na Warner/DC pelos lançamentos do herói Shazam realmente não sabem escolher as datas. Isso porque o primeiro filme do menino que recebe poderes dos Deuses estreou no início de abril de 2019, ficando espremido entre dois rolos compressores da concorrência: Capitã Marvel e Vingadores Ultimato. Mas tudo bem, Shazam mostrou que era valente e se saiu bem, permanecendo por duas semanas no topo das bilheterias e se mostrando um sucesso. Muitos afirmam que poderia ter ido bem melhor, caso saísse desse lugar apertado. Seja como for, os responsáveis parecem que não aprenderam (ou talvez sim) e agendaram a data de dezembro para o segundo Shazam, onde o herói cômico irá bater de frente com a muralha chamada Avatar 2. Bem, tudo pode acontecer.  Veremos o resultado deste duelo de gigantes no dia 21 de dezembro, quando Fúria dos Deuses estreia.

Nos Streamings:

Resgate 2



Foi há exatos dois anos, em 2020, que o ator Chris Hemsworth (olha ele de novo aqui na lista) lançava sua primeira parceria com o colosso Netflix. O thriller de ação Resgate foi um enorme sucesso – ao ponto de ser considerado um dos filmes mais assistidos de todos os tempos na plataforma. Assim, a empresa não perdeu tempo e além de escalar Hemsworth para outro projeto (Spiderhead – que será lançado ainda este ano), tratou de tirar do papel a sequência de Resgate, novamente escrito pelos irmãos Anthony e Joe Russo – que trabalharam com o ator nos dois últimos filmes da franquia Vingadores. A trama ainda não foi divulgada, o trailer também não, e sequer a data de estreia. O que sabemos é que deste ano não passa.

Enola Holmes 2

Aqui temos um caso parecido com o item acima. Enola Holmes também foi lançado em 2020 durante a pandemia e também irá ganhar uma continuação este ano. O filme igualmente ainda não revelou nada sobre sua trama ou qualquer prévia – nem mesmo a data de estreia, mas será lançado em algum dos meses restantes de 2022. Quem estrela é a prata da casa, a menina Millie Bobby Brown, que fez enorme fama graças ao sucesso de Stranger Things, onde vive a graciosa Eleven. Agora, maiorzinha, ela segue pelas desventuras da irmã mais jovem do grande detetive Sherlock Holmes (no filme interpretado por Henry Cavill), igualmente apta a desvendar qualquer grande mistério.

Entre Facas e Segredos 2

Definitivamente essa foi a maior surpresa quando a Netflix divulgou seu acervo de 2022 com os principais lançamentos de sua programação – algo semelhante com o que a Globo fazia nos anos 90 e nos deixava loucos querendo conferir todos os filmes. Isso porque ao contrário dos itens acima, o primeiro Entre Facas e Segredos não era uma produção da Netflix. Ao contrário, o filme foi lançado nos cinemas, onde fez enorme sucesso, chegando até a proeza de ser indicado ao Oscar de melhor roteiro. Agora, o cineasta Rian Johnson segue com sua própria versão de Agatha Christie (ouso dizer, melhor que os originais confeccionados por Kenneth Branagh), moderna, arrojada, incorreta e atualíssima. Um novo round de mistérios, desta vez nas telinhas, para o detetive Benoit Blanc (Daniel Craig). A data ainda não foi divulgada, mas deve estrear no fim do ano.



Desencantada

Agora, pulando de um streaming para outro, temos como os dois últimos itens da lista, lançamentos exclusivos da Disney Plus. Se vai aos cinemas também, ainda não foi divulgado – mas esperamos que sim. O primeiro deles é Desencantada, continuação aguardada do infantil Encantada, de 2007, que fez a carreira da musa Amy Adams, a transformando numa estrela do primeiro time. O filme era uma grande brincadeira com os clássicos do estúdio Disney e seus contos de fadas com princesas, castelos, bruxas, príncipes e dragões. Uma subversão que mostra o que acontece quando uma princesa sai de seu mundo de faz de contas e vem parar no mundo real, em Nova York. A sequência, sem data divulgada ainda, mostrará como Giselle (Adams) passou todos esses anos se adaptando ao nosso mundo de carne e osso.

Abracadabra 2

Finalizando, mas não menos importante, outra produção cult da Disney, que por anos fez os fãs implorarem por uma continuação. Ela finalmente saiu do papel e será lançada em 2022, sem data definida, espera-se que para o dia das bruxas (e o que mais?). Abracadabra é um filme infantil de 1993, sobre três irmãs bruxas (Bette Midler, Sarah Jessica Parker e Kathy Najimi) que ressurgem dos tempos antigos na década de 90, tocando o terror a fim de concluírem um feitiço. Zumbis, jovens transformados em gatos e todo o tipo de terror de mentirinha garantiram ao longa se tornar uma das pedidas favoritas do grande público para a data do halloween. Por anos cogitou-se um remake, mas a estrela Bette Midler se pronunciou constantemente contra, e finalmente foi atendida com uma merecida continuação. Os fãs também agradeceram.



Não deixe de assistir: