domingo, julho 14, 2024

‘Adão Negro’: The Rock VETOU cena pós-créditos com Shazam

O filme ‘Adão Negro‘ deveria ter uma cena pós-créditos com o Shazam de Zachary Levi, em vez do Superman de Henry Cavill.

O The Wrap relata que Dwayne ‘The Rock’ Johnson “vetou em particular” uma cena pós-créditos planejada em ‘Adão Negro‘, que teria mostrado o Shazam sendo recrutado para a Sociedade da Justiça.

Ao menos, essa ideia foi reaproveitada em ‘Shazam!: Fúria dos Deuses‘, com os agentes Emilia Harcourt (Jennifer Holland) e John Economos (Steve Agee) recrutando o herói para participar da Sociedade da Justiça durante uma das cenas pós-créditos do longa.

No entanto, o diretor do filme, David F. Sandberg, disse que a Sociedade da Justiça em si deveria aparecer na cena, mas tudo “desmoronou” alguns dias antes das filmagens .

Shazam! 2: Fúria dos Deuses‘ estreou na última quinta-feira e arrecadou apenas US$ 65,5 milhões em sua abertura mundial, uma quantia bem fraca para um filme de super-heróis deste calibre.

E parece que Dwayne Johnson se tornou o principal alvo das críticas em relação à baixa recepção da sequência.

Isso porque o público acredita que Johnson é diretamente responsável pela queda no interesse em torno da franquia depois do que fez com ‘Adão Negro‘.

Na época do lançamento de ‘Adão Negro‘, uma fonte da Warner Bros Discovery disse ao The Wrap que Johnson não é grande fã do Shazam e sente até um desprezo pelo personagem.

Por conta disso, boa parte do público afirma que Johnson tentou deixar o Shazam no escanteio ao tentar transformar o Adão Negro em um herói em vez de mostrá-lo como um vilão.

Confira as reações:

Não deixe de assistir:

Schwarzenegger inicialmente hesitou em assumir o papel de Exterminador porque interpretaria um vilão, mas optou por ter a mente aberta e esse se tornou seu papel mais icônico, enquanto o ego de Dwayne Johnson se recusou a deixar Adão Negro ser um cara mau e acabou afundando duas franquias.”

“Sabe o que é pior? Dwayne Johnson pode ser literalmente culpado por acabar com a franquia do ‘Shazam’. Ele gastou tanta energia focando em Adão Negro sendo o grande vilão da DC e se preocupando apenas em lutar contra o Superman que ele literalmente ignorou personagens importantes reais.”

“Meu eu de 9 anos diz que #ShazamFuriadosDeuses é melhor que #AdãoNegro. Gostei menos de cada filme do que dele, mas estou de acordo com o ranking. Dito isto, Dwayne Johnson realmente estragou os dois filmes por não querer ser um vilão de #Shazam primeiro, que é o que deveria ter acontecido o tempo todo.”

“Dwayne Johnson menosprezou a franquia do Shazam publicamente e esmagou qualquer esperança de ver Adão Negro e Shazam lutarem juntos. Seu posicionamento pode ter contribuído para os números deste fim de semana. Eu amo The Rock, mas com certeza isso não ajudou em nada a DC.”

Dwayne Johnson se recusando a jogar bola com Shazam meio que matou ambas as franquias. Muito frustrante. ‘Shazam 2′ poderia facilmente ter sido um filme de Adão Negro vs Shazam com Superman. E você teria visto todo o dinheiro na bilheteria.”

“Escalar Dwayne Johnson (como Adão Negro) foi uma ideia legal, mas o problema é que ele é grande demais para ficar em segundo plano. Ele queria lutar contra o Superman em vez do Shazam por um motivo. Ele fez um filme do Adão Negro em vez de estar em um filme do Shazam por um motivo. Ego.”

E aí, qual é a sua opinião sobre o assunto?

Confira nossas impressões:

Além do retorno de Zachary Levi no papel principal e da introdução de Helen Mirren, Lucy Liu e Rachel Zegler, o elenco conta com Adam Brody, Asher AngelJack Dylan Grazer.

Henry Gayden volta como roteirista, enquanto David F. Sandberg assume novamente a cadeira de direção. Peter Safran entra como produtor.

O filme original foi aclamado pelos críticos (alcançando 90% de aprovação no site Rotten Tomatoes), além de ter faturado mais de 365 milhões de dólares nas bilheterias mundiais.

Mais notícias...

Siga-nos!

2,000,000FãsCurtir
370,000SeguidoresSeguir
1,500,000SeguidoresSeguir
183,000SeguidoresSeguir
158,000InscritosInscrever

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MATÉRIAS

CRÍTICAS