Depois que Johhny Depp foi acusado de abuso doméstico pela ex-esposa, Amber Heard, o astro perdeu várias oportunidades de trabalho, como futuros filmes da franquia ‘Piratas do Caribe‘ e seu papel como Grindelwald em ‘Animais Fantásticos 3

Mas, assim como Depp, Heard relata que a exposição do caso trouxe repercussões negativas para sua imagem e para sua carreira de atriz.

Durante o julgamento do processo, o exemplo de Aquaman 2‘ foi citado repetidamente pela equipe de Heard, já que seu papel como Mera foi drasticamente reduzido na sequência por conta das polêmicas.

Em seu depoimento (via Comic Book), a estrela disse:


“Eu lutei muito para ficar no filme. Eles não queriam me incluir, até que decidiram me trazer em uma versão muito reduzida desse papel. Recebi um roteiro, depois novas versões do roteiro, que descartavam cenas de ação com Mera e sua interação com outros personagens. Sem dar spoilers, haveria dois personagens lutando um com o outro. Eles basicamente descartaram grande parte da minha presença no filme.”

Aproveite para assistir:



Além disso, a agente de Amber Heard, Jessica Kovacevic, apresentou um depoimento pré-gravado ao tribunal, detalhando como era a carreira da atriz antes e depois de seu desentendimento com Depp.

Kovacevic alega que Heard quase foi substituída de Aquaman 2’ sem motivos, e recebeu apenas US$ 2 milhões pelo trabalho.

Nos bastidores, rumores apontaram que a Warner Bros queria demiti-la por ‘falta de química’ com o astro Jason Momoa.


No entanto, a agente afirma que não havia motivos concretos para su demissão, alegando que sua imagem foi machada pela acusações de Depp, que também a processou por difamação.

Kovacevic também disse que Heard vem sendo boicotda em Hollywood desde que atuou em ‘Aquaman, pois só foi convidada para atuar em um filme independente (‘In the Fire’) ao longo dos últimos três anos.

Segundo a agente, Heard deveria estrelar um filme da Amazon com Gael Garcia Bernal, mas foi retirada do projeto sem aviso prévio.

“A verdade é que ninguém diz em voz alta: ‘Estamos demitindo ela por causa da má repercussão de sua imagem na mídia’. Porque ela não fez nada de errado. Tudo [o que dizem] sobre ela é boato. Podem dizer o que for, mas não há outra razão para demitirem ela”, disse Kovacevic (via Variety).

E não é só a Warner que está tentando afastar Heard do papel de Mera, já que que o abaixo-assinado pedindo a demissão da atriz já ultrapassou 4 milhões de assinaturas.


Em parte do texto, o criador do documento diz o seguinte:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. No processo, Johnny descreve vários incidentes que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa, incluindo socos que levou no rosto e uma vez em que ela quebrou seu dedo com uma garrafa de vodka. Inclusive, o dedo foi recolocado no lugar cirurgicamente. Ele vai carregar essas cicatrizes para o resto da vida.”

Lembrando que ‘Aquaman e o Reino Perdido‘ foi adiado de dezembro deste ano para 17 de março de 2023.


 


 

Não deixe de assistir: