De acordo com o New York Post, Amber Heard demitiu sua equipe de relações públicas, a Precision Strategies, dias antes de seu depoimento na batalha judicial em andamento com seu ex-marido Johnny Depp.

Ao que parece, o motivo foi a repercussão negativa da imagem da atriz ao longo do julgamento por difamação, já que fontes disseram que “sua história não sendo contada de forma eficaz”.

Nas últimas duas semanas, os depoimentos de inocência de Depp no tribunal da Virgínia foram confirmados por diversas autoridades, enquanto Heard foi desmentida quanto aos supostos abusos físicos que havia sofrido do ex-marido.

Inclusive, áudios vazados comprovaram que Heard o agrediu.


Em uma nova cartada, Heard contratou a Shane Communications para representá-la, firma liderada pelo veterano de relações públicas David Shane.

Aproveite para assistir:



A Shane Communications é a mesma empresa que representava o The Management Group, equipe que era responsável pela carreira de Depp.

Em 2017, a equipe processou o ator afirmando que ele lhes devia milhões. No entanto, Depp reverteu o processo, alegando fraude e cobrou US$ 25 milhões de indenização.

Para quem não sabe, Depp e Heard estão travados em batalhas legais por vários anos depois que Heard se divorciou e obteve uma ordem de restrição temporária contra ele em maio de 2016.


Além disso, ela escreveu um artigo dizendo que foi vítima de violência doméstica e sexual e como a exposição impactou negativamente sua carreira.

Por conta disso, Depp a processou por difamação e cobra US$ 50 milhões, justificando que as mentiras de Heard resultaram na perda de diversos papéis em sua carreira, como Grindewald, vilão de ‘Animais Fantásticos’.

Atualmente, o julgamento do processo de difamação contra Heard está sendo transmitido pela TV Tribunal dos EUA.

Como Depp foi demitido da franquia ‘Animais Fantásticos‘, os fãs do astro estão exigindo que Heard seja demitida da sequência de Aquaman‘.

Um deles até criou um abaixo-assinado pedindo que Heard seja substituída como intérprete de Mera em ‘Aquaman 2′.


Até o momento, o documento publicado no Change.org já ultrapassou 3 milhões de assinaturas.

Em parte do texto, o criador do documento diz o seguinte:

Amber Heard foi exposta como agressora doméstica por Johnny Depp. No processo, Johnny descreve vários incidentes que ele sofreu nas mãos de sua (então) esposa, incluindo socos que levou no rosto e uma vez em que ela quebrou seu dedo com uma garrafa de vodka. Inclusive, o dedo foi recolocado no lugar cirurgicamente. Ele vai carregar essas cicatrizes para o resto da vida.”

Mas parece que os protestos não surtiram efeito…

Na CinemaCon, foi confirmado que Heard continua presente na franquia ‘Aquaman‘.


Confira:

“O diretor James Wan traz uma prévia de ‘Aquaman e o Reino Perdido’ para o público da Cinemacon.”

Amber Heard aparece por cerca de 0,5 segundo nas filmagens de ‘Aquaman e Reino Perdido’ que a Warner Bros provocou em seu painel #CinemaCon.”


Lembrando que ‘Aquaman e o Reino Perdido‘ foi adiado de dezembro deste ano para 17 de março de 2023.

Quando um antigo poder é libertado, Aquaman deve forjar uma perigosa aliança com um aliado improvável para proteger Atlântida – e todo o mundo – de uma devastação irreversível.‎ 

Além de Momoa e Heard, o elenco conta com o retorno de Dolph Lundgreen Temuera MorrisonJani ZhaoIndya MooreVincent Regan foram as novas adições ao time.

James Wan retorna como diretor.


Lançado em 2018, ‘Aquaman‘ arrecadou US$ 1,148 bilhão pelo mundo, tornando-se um dos maiores sucessos financeiros da DC em parceria com a Warner Bros.


 

 

Não deixe de assistir: